681818171876702
Loading...

Uma farsa chamada Chico Xavier

por Johnny T. Bernardo


Natural de Pedro Leopoldo, Minas Gerais, Francisco Cândido Chavier (1910 – 2002), conhecido como “Chico Xavier”, começou a exercer a função de médium espírita psicógrafo aos 17 anos de idade. É autor de mais de 400 livros psicografados, além de inúmeros bilhetes e breves mensagens. A Federação Espírita Brasileira (FEB) apresentou pessoalmente Chico Xavier, com seus livros, por diversas cidades dos Estados Unidos, Inglaterra, França, Itália e Portugal. Uma das mais destacadas consequências práticas dessas viagens foi a fundação do “Christian Spirit Center”, em Ellon College, Carolina do Norte (EUA).

A Trajetória de um louco

Marcel Souto maior relata que quando começou a ter as primeiras visões, ainda criança, Chico passou a ser chamado de louco pelo próprio pai e por moradores de Pedro Leopoldo. Só sua mãe o entendia, mas morreu cedo, quando Chico tinha apenas 5 anos. Logo depois da morte, ele começou a ver – e ouvir – o espírito da mãe no quintal da madrinha. Era com ela ( o espírito) que Chico desabafava. [1]

O próprio Chico confessou mais tarde com relação a sua iniciação mediúnica:

“Meu pai queria me internar em um sanatório para enfermos mentais (...) Devia ter suas razões; naquela época me visitavam também entidades estranhas perturbadoras”. [2]

Que entidades estranhas eram essas que visitavam Chico Xavier? Certamente eram os mesmos demônios que o acompanharam durante toda sua vida, e através dos quais ele foi iniciado no espiritismo. Os espíritos que Chico supostamente dizia ver e ouvir, eram na verdade demônios que assumiam a forma de pessoas mortas. Não é de estranhar, pois o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz (2 Cor. 11.14).




O Cruzeiro

Foto Jean Manzon - O Cruzeiro 
Quando começou a ganhar fama nacional, lá pelos anos de 1940, Chico Xavier foi procurado por um dos repórteres mais implacáveis da época, David Nasser, da revista “O Cruzeiro”. Cansado de ser alvo da desconfiança e da curiosidade dos repórteres, Chico tentou escapar a todo custo, mas foi vencido por um artifício usado por Nasser. O repórter enrolou a língua, começou a falar um francês arrastado e, com a ajuda de seu fotógrafo estrangeiro, Jean Manzon, convenceu Chico de que eles tinham vindo de muito longe, de Paris, só para entrevistá-lo.

Chico decidiu então dar a primeira entrevista internacional de sua vida e foi além. Reclamou do assédio da imprensa e dos visitantes, e pousou para fotos nas situações mais extravagantes. Até dentro de uma banheira ele apareceu em fotos de página inteira na revista “O Cruzeiro”.

Quando a edição chegou às suas mãos, Chico desabou. No meio da crise e do choro, viu seu guia, Emanuel, surgir no quarto:

- Por que você está chorando?
- Por quê? É muita humilhação, um vexame..
Emanuel encerrou a choradeira com um trocadilho:
- Jesus foi para a cruz. Você foi só para Cruzeiro. [3]

Matéria de O Cruzeiro dos anos 40.
Chico foi uma fraude do começo ao fim. Ser entrevistado por um repórter francês seria uma oportunidade unica. A França é o berço do espiritismo moderno, onde Allan Kardec publicou seus primeiros escritos e a partir de onde o espiritismo se alastrou pelo mundo. Ter uma entrevista publicada em Paris seria bom para sua imagem: ele deixaria de ser alvo de críticas no Brasil, e seria reconhecido como médium e santo. Mas no lugar da honra, veio a desonra. O Brasil foi inundado por uma edição da revista “O Cruzeiro”, que trazia estampada na capa uma foto de Chico Xavier dentro de uma banheira numa posição extravagante. Para quem não sabe, Chico Xavier era homossexual e adorava posar para fotos. Uma atitude estranha para alguém que dizia ser “iluminado pelas forças lá do alto”.

Um bilhete para o além

Marcel Souto Maior nos relata algo inusitado.

“Em 1996, Chico pendurou na porta do quarto um bilhete endereçado aos espíritos.O texto, escrito com letra miúda e trêmula, avisava: naquela noite ele dormia no quarto ao lado, por causa de uma obra na caixa d' água sobre o quarto. Se algum amigo espiritual quisesse fazer uma visita, deveria ficar à vontade. Chico teria muito prazer em recebê-lo no endereço provisório. Amanhã já voltarei ao meu próprio aposento”, comunicou no bilhete, antes de se despedir. [4]

Como diz o pastor Natanael Rinald: quem entende semelhante barafunda? Chico Xavier poderia ser animador de palco, não fosse um médium confuso. Mesmo supondo que um espírito poderia se comunicar com ele, o que aconteceria se um espírito vindo da Europa se deparasse com um bilhete escrito em português? E se fosse um japonês, um árabe ou um africano? Teria Chico um espírito tradutor a sua disposição? Um bilíngue?

A paranóia emocional de Chico chegou a um ponto tão alto que ele não sabia mais distinguir vivos de mortos.

“Na mesma época, uma senhora se aproximou de Chico no Grupo Espírita da Prece e foi cumprimentada por ele com uma pergunta preocupante:

- Desculpe, mas a senhora está viva ou morta?
- Viva, Chico.
- Graças a Deus. Suspirou Chico.

Era comum Chico confundir vivos e mortos e cumprimentar o invisível. [5]

O Médium é desmascarado

Como acontece com todos os falsos profetas, Chico Xavier não passou na análise crítica e cientifica e tornou-se desacreditado do ponto de vista religioso, científico e filosófico. Nada do que ele dizia ver e ouvir foi realmente comprovado, e suas alegações de “humildade”, “despreendimento”, “analfabetismo” e “pobreza” sabe-se não corresponder com a verdade.

Antes que qualquer especialista denunciasse Chico como impostor, ele foi denunciado por Amauri Pena, sobrinho e auxiliar do médium. Ele disse, em entrevista ao Diário de Minas, que “tudo o que ele psicografou foi criado por sua própria imaginação, sem que precisasse de interferência de almas do outro mundo. Resolvi contar toda a verdade por uma questão de consciência. Não denuncio meu tio como homem, mas como médium”. [6]

A resposta veio logo em seguida. Amauri Pena foi ridicularizado e denunciado pelo próprio pai como “alcoólatra” e “doente de alma”. Chico Xavier usou todos os recursos e influência que tinha para calar o sobrinho, alegando não ter qualquer relação com ele e que Pena nunca participou de nenhuma reunião ao lado dele. Mais uma vez o médium faltou com a verdade. Todos sabem que Amauri Pena era auxiliar e homem forte de Chico, sendo na época o indicado para substitui-lo futuramente no trabalho de psicografia.

Mal acabou de se recuperar, o médium sofreu um novo revés. A pedido do repórter Hamilton Ribeiro, Chico Xavier “psicografou” uma mensagem do “espírito” da mãe do sr. João Guignone, presidente da Federação Espírita do Paraná. Acontece que tudo não passou de uma artimanha de Ribeiro – a senhora “comunicante” estava viva em Curitiba. Ribeiro continua:

“Agora vou ler a receita psicografada do pedido que fiz hoje em nome de Pedro de Alcântara Gonçalves, Alameda Barão de Limeira, 1327, ap. 82, São Paulo (...)" Na letra inconfundível de Chico, lá esta: Junto dos amigos espirituais que lhe prestam auxílio, buscaremos cooperar espiritualmente ao seu favor. O que pensar disso? "Nem a pessoa com aquele nome, nem mesmo o endereço existem. Eu os inventei”. [7]


Referências Bibliográficas

1. As lições de Chico Xavier, Marcel Souto Maior, p. 10, editora Planeta
2. Jornal O Estado de São Paulo, 1986
3. As lições de Chico Xavier, Marcel Souto Maior, p. 21, editora Planeta
4. Ibidem, p. 24
5. Id. Ibidem, p.24
6. Diário de Minas, 20/1/1971
7. Revista Realidade, nov. 1971


Johnny T. Bernardo é colaborador no Genizah

religião 1056050673838047987

Postar um comentário

  1. Danilo recomendo o site científico que denuncia as farsas do Chico:

    psicografia de chico xavier colocada a prova:

    http://www.ceticismoaberto.com/fortianismo/5974/psicografia-de-chico-xavier-colocada-prova

    chico xavier e a fraude de otlia diogo a irmâ josefa:

    http://www.ceticismoaberto.com/paranormal/3417/chico-xavier-e-a-fraude-de-otlia-diogo-a-irm-josefa

    a biblioteca de chico xavier

    http://www.ceticismoaberto.com/fortianismo/1721/a-biblioteca-de-chico-xavier

    E tbm esse ótimo site científico que analisa as obras psicografadas de méduns conhecidos e desconhecidos:

    http://obraspsicografadas.haaan.com/

    ResponderExcluir
  2. é super importante artigos como esse para que possa elucidar e criar opiniões

    ResponderExcluir
  3. Texto muito bom ... Achei o texto nesse link: http://www.imagick.org.br/pagmag/turma2/xavier5.html

    A melhor foi:
    "Chico recebe certa manhã, em sua casa, um amigo espírita de São Paulo. Em dado momento, após a oração, "as mãos do médium", orientadas por amigos espirituais, procuram um lápis com ponta nova, para escrever. O modo de segurar o lápis era diferente, qual se fosse tomado por uma criança de sete anos. As frases começaram a ser grafadas: "Meu filho. Deus guarde os nossos corações..." Finda a mensagem, o amigo ficou emocionado: era sua mãe escrevendo. Aí ele se lembrou:

    - Quando mamãe partiu, Chico, ela era analfabeta...

    - Realmente, ela me disse - retruca o médium. - Mas me disse também que está fazendo agora um curso de alfabetização no plano espiritual."

    Impossível alguem acreditar, parece piada ...

    ResponderExcluir
  4. Para derrubar essa farsa satanica que sempre foi o espiritismo, não precisa nem usar a Palavra de Deus ( apesar de ser a Biblia melhor e maior fonte da verdade contra esa farsa ).

    Vamos usar a logica e a matematica para denunciar essa mentira, vejamos:

    No ano de 1880 a população mundial era menos de 1 Bilhão de pessoas.

    No ano de 2010 a população mindial era de quase sete Bilhaoes de pessoas, pois bem,

    Se na doutrina espirita a pessoa tem que voltar na terra para reencarnar , entao de onde vieram as mais de cinco bilhoes de almas se a reencarnação é um proceso de ida e volta dos mesmos espiritos ?

    E mais, a popualçaõ mundial nao para de crescer.

    O povo continua cego e manipulado, principalmente pela familia Marinho e suas "organizações " Globo que sempre deram apoio, grana e credito para essa farsa maligna do espiritismo.

    Pastor Caleb.

    ResponderExcluir
  5. Amor incomensurável.


    Ainda se ouve sua voz
    que suavemente
    ecoou tão lívida
    e flutuou tão cansada,
    mas seguiu sua jornada
    falou de amor
    até mesmo de luz.
    .
    Porém,
    o que é mais importante
    sua voz não falou
    a verdade ocultou
    o perdão há somente na cruz.
    .
    Que Jesus sempre foi Deus
    mas viveu como homem
    que amou como servo
    e morreu como a peste
    como pior cafajeste
    maculou suas vestes
    com nosso fétido pecado.
    .
    Lá estava meu amado
    tão sujo e humilhado
    cabisbaixo e calado
    coração transpassado
    era Deus mas foi roubado
    seu orgulho despojado.
    .
    Seu sangue derramado
    veio mudar minha história
    pois levou todo pecado
    esqueceu meu passado.
    .
    Hoje eu ando mergulhado
    nesta luz que é Jesus
    era minha aquela cruz!
    .
    Ele veio uma só vez
    de uma só vez ele pagou
    por todos os nossos pecados
    ele nos perdoou...
    .
    E o fez por amor
    e não quer nada em troca
    só levar-nos contigo
    para o seu infinito abrigo
    para com ele viver.
    .
    Cristo levou sobre si
    todas as nossas dores
    o castigo que nos dá a paz
    estava sobre ele,
    por suas chagas fomos sarados
    por seu amor fomos perdoados
    neste sangue fomos lavados
    sangue de um Santo imaculado.

    .
    Ele é o pão da vida!
    maravilhoso conselheiro
    Deus forte pai da eternidade
    ele é o único caminho, a verdade
    somente ele é perfeito
    nele esta toda idoneidade,
    .
    pois nos resgatou da maldição
    se fazendo maldição em nosso lugar
    e tudo fez apenas por amar!
    .
    Hoje é vida em nossas vidas
    emanando aqui na terra
    pela graça fomos salvos
    pela Fé nos somos alvos
    do seu incomensurável amor.

    ResponderExcluir
  6. ONDE VOCE TEM PROVA DE CHICO XAVIER ERA HOMOSEXUAL, PELO QUE SE SABE ELE ABANDONOU TODOS OS DESEJOS DA TERRA PARA VIVER EN FUNÇÃO DOS OUTROS?

    ResponderExcluir
  7. o gênero desse filme devia ser: COMÉDIA

    ResponderExcluir
  8. Pois é, quem tem boca fala o que quer. O "Povo de Deus" perde mais tempo tentando massacrar alguem ja morto, do que tentando ajudar quem ainda esta vivo.
    Porque tanta ansiedade em provar alguma coisa?Pra que tanta repulsa pelo que se quer podem provar ser verdade ou que desconhecem totalmente?
    Não da pra entender, tanto se fala na igreja sobre o julgamento hipocrita e no entanto ele é praticado amplamente todos os dias.
    Então atirem suas pedras, matem o fariseu e provem que são cruzados de verdade.

    PAZ

    ResponderExcluir
  9. Oôoo, chacal (nome bem sugestivo, não acha??) presta atenção... Quer dizer que a Globo e Cia podem fazer o "comercial" do ôme (é por que nem homem ele era) a vontade. Podem mentir, adulterar, florear, espiritualizar, enfim podem fazer "o diabo", mas os outros tem de engulir calados e compactuar com essa bagaça? Faça-me o favor... Vá defender os frascos e comprimidos (principalmente os de tarja preta) pois acho que faz uso deles. Numa democracia, ô meu, (não sou paulista, é só pra descontrair) todos tem o direito de falar o que pensam, quando pensam e raciocinam com os fatos numa espécie de balança, você sabia disso? Ah, ele morreu? Que pena, podia ser desmascarado mais vezes. Uma certa ocasião ele, (o chico) começou a dizer que tinha recebido uma espécie de dádiva (uma coisa parecida com o que alguns crentes cabeça oca chamam de "nova unção") que consistia em exalar perfume durante varias vezes ao dia...
    Em determinado instante, um incrédulo (kkkk) o agarrou e quando desabotoou sua camisa e a abriu, havia uma espécie de bolsa em baixo do seu sovaco, que quando apertada em um gesto imperceptível soltava o perfume nela contido. Mais uma vez desmascarado e com cara de tacho.

    ResponderExcluir
  10. Da dó de vcs seguem o livro oficial do catolicismo, brigam com os espiritas e amor que é bom nada...misericordia, Jesus veio para os doentes humilhar, ridicularizar e ofender nao é de Deus ....orem mais irmãos, o posiocionamento de alguem que tem Jesus no coração é o AMOR...

    ResponderExcluir
  11. ..."O "Povo de Deus" perde mais tempo tentando massacrar alguem ja morto, do que tentando ajudar quem ainda esta vivo".

    Ô Chacal, não sei se você é espírita para ter escrito isso, mas se vc se for espírita deveria crer que Chico Xavier não está morto, está vivo, ou esperando sua vez de reencarnar.Os rapazes da Genizah não estão denegrindo a imagem de quem está morto, mas levantaram uma questão bem fundamentada com excelentes referências sobre alguém que vivo ou morto tentava ajudar os vivos evocando o morto e não perdia tempo e que mesmo morto hoje arrebata milhões de almas incautas para o berço maligno disfarçado de anjo de luz.
    Vou contar a história de um Galileu chamado Jesus Cristo que mesmo morto, ao 3º dia ressuscitou e hoje, vivo está à direita do pai. só que com uma condição: ele deixou o que estava morrendo em outro patamar.
    Na cruz, o jovem ladrão ao olhar para Jesus diz:
    - Senhor quando estiveres no paraiso lembras de mim.
    No que Jesus respondeu:
    - Na próxima reencarnação meu filho, estarás comigo na paraiso.
    Moral da história, reencarnação, espiritismo, mediunidade, necromancia, espiritualismo, consulta aos mortos, feitiçaria, magia é para os seguidores desta falsa história que acabei de contar.

    Paulo César Cândido

    ResponderExcluir
  12. Gente! Q absurdo! Vamos ocupar nosso tempo pra falar de algo mais interessante! Q lavagem cerebral é essa q fazem com vcs quando se tornam "salvos"???? Chacal, faço minhas tuas palavras!

    ResponderExcluir
  13. Gilson é o perfeito exemplo do meio evangélico de hoje, sempre esta certo e sua palavra vale peso de ouro.
    Eu lamento profundamente que entre tantos bons evangélicos, ainda existam pessoas com a mente tão fechada.
    Você me atacou aqui por causa de um pseudonimo que uso, só para esclarecer (não que isso fara diferença na minha vida, até porque sua aprovação não me diz nada) eu uso esse nome porque gostei do Livro O dia do Chacal (ja leu?)
    Gostaria de saber se você pode provar o que você disse Gilson, sobre esse lance do perfume. Tem a documentação do caso, ou é apenas uma fantasia sua?
    Vou citar alguns exemplos no meio da santa unção e quero que me digam quem tem pior indole: Bispo Macedo, Bispo Hernandes, Silas Malafaia, Cerullo, MIke Murdock, Bispo Rodovalho, R.R Soares...o mais engraçado é que a Hipocrisia é tanta que conseguem enxergar problemas em outros, mesmo com os olhos cheios de "traves".
    Paulo cesar e Gilson, continuem assim que vocês são a minha referencia de exemplo de evangélico.

    ResponderExcluir
  14. Da dó de vcs seguem o livro oficial do catolicismo, brigam com os espiritas e amor que é bom nada...misericordia, Jesus veio para os doentes humilhar, ridicularizar e ofender nao é de Deus ....orem mais irmãos, o posiocionamento de alguem que tem Jesus no coração é o AMOR...


    Anonimo: Amém a isso!

    ResponderExcluir
  15. Johnny T. Bernardo

    No epsodio dos reporters da Revista cruzeiro esqueceu de mencionar que Chico Xavier lhes havia entregado um livro logo no começo, e que ele dedicarara a ambos com seus nomes verdadeiros, e aquilo os deixou perplexos.
    As fontes citadas por você se igualam as revistas da Inquisição espanhola, onde muito se fala e pouco se prova. O Sobrinho do Chico estava querendo lucrar nas costas do tio, que o repreendeu e o proibiu de cobrar ingresso para as pessoas falarem com chico.
    Mas gostaria de ver a documentação que você pesquisou, os links se possivel, porque pelos nomes mencionados pouco se acha e onde se acha não são criveis de fidelidade.
    Mas vamos continuar caçando bruxas e chamando de demonios tudo aquilo que não entendemos, assim se fez com Galileu, com Lutero, e tantos outros que contrariaram todos com suas "ideias libidionosas"....

    ResponderExcluir
  16. Sou cristã, mas tô mais de acordo com a opinião do Chacal aí. Achei esse texto bem idiota, usando de tanto desrespeito com os espíritas quanto vejo ateus falando desse nosso mundinho "cóspel".
    Haja preconceito.

    ResponderExcluir
  17. Bem, acho que todos possuem o direito de dizer seu ponto de vista. Mas não se trata de ser ou não ser espírita, católico ou evangélico. Não creio ser o caminho um embate que só suscita intolerâncias e cismas. Posso estar errado, mas é nisso que tenho crido: devemos ensinar nossos jovens apenas a brilhar. Ascender nossa luz já devia ser o bastante para que as trevas recuassem. Um cômodo, por mais escuro que esteja, não pode resistir ao ascender de um simples fósforo. As trevas sempre recuam em virtude da luz. Mas como vivemos num tempo que podemos nomear como "protestantismo cultural", no qual não se tem certeza de que as verdades cristãs estruturam a vida das pessoas de fato, apesar de pertencerem a denominações evangélicas, somos ainda assaltados por questões dessa natureza e acabamos por falar pouco daquilo que ilumina a vida das pessoas até que essas vidas e as nossas cheguem a ser dia perfeito. Mas enquanto não, um pouco de auto-crítica já é bem melhor. Fiquem na paz!

    ResponderExcluir
  18. Gostei muito do artigo. Chico Xavier foi e continua sendo a maior enganação assim como Alan Kardec.
    Gostaria que fizessem a correção do texto, pois tem uma palavra usada(ou digitada) de forma errada:
    POUSAR sendo que o correto (no caso do texto) seria POSAR.
    POUSAR significa aterrisar
    POSAR significa fazer pose para fotosou pintura.

    ResponderExcluir
  19. OK, quem acha (achismo) que o chico xavier está numa boa (ou bom lugar) e quer passar a eternidade em compania dele, levanta a mão? Ah, ninguém quer arriscar? Tentar a "sorte"? (se é que isso existe). Não se acanhem, fiquem à vontade, afinal não é tudo "maravilhoso" e sem nenhuma dúvida de que o que ele fez aqui entre nós foi de extrema valia para muita gente? Me engana que eu gosto!

    ResponderExcluir
  20. Fico imaginando o tamanho da lavagem cerebral que se realiza contra certas coisas e também contra o espiritismo ou pessoas ligadas ao espiritismo como Chico Xavier. A Doutrina Espirita não tem dono e nem fundador. Ela é Universal. A comunicação com espíritos é histórica e as experiencias mediunicas acontecem em todo o Planeta. O espiritismo apenas codificou os acontecimentos e milhões de pessoas em todo mundo e milhares de livros em vários países são escritos relatando tais experiencias, inclusive com inúmeros estudiosos publicando trabalhos de comprovação da reencarnação.Como o ser humano é falivel e estamos todos em evolução, teremos em todos os lugares os equivocos que ocorrem pelas pessoas, mas não dos conceitos básicos. São milhares de médiuns espalhados pelo mundo atestando e Chico foi apenas mais um, apesar de ter se destacado pelo amor e o trabalho. Cuidado com as interpretações que manipulam os acontecimentos. O Poder, dinheiro sexo e afins comandam a humanidade em seus valores menos dignos e Chico superou todos eles, focando sua vida na caridade e amor

    ResponderExcluir
  21. Gente, se os espiritos com os quais os mediuns têm contato sao todos demonios disfarçados, por que as mensagens da doutrina sao todas sobre respeito e amor ao próximo? Muito me admira que uma pessoa tenha coragem de gritar a plenos pulmoes que alguem, por não seguir o mesmo credo que ela, está fadada ao inferno. Como assim? foi Deus, que se materializou na sua frente, e te disse isso? e de bônus, ainda explicou todo o sentido da vida? ou foi uma pessoa, tão comum quanto qualquer outra, com um pedaço de papel embaixo do braço, agindo como se fosse a dona da verdade, que te ensinou desse modo? penso que o que realmente importa é o modo como se age com o próximo. todas as pessoas mentalmente sãs sabem o que significa "ser bom", e o credo na qual ela acredita não interfere nisso. budismo, catolicismo, aglicanismo... o que for! no fim, vale o modo como você age com o próximo e consigo mesmo, e não o que se ouve e se declama debaixo de um teto "sagrado". PENSEM meus amigos, e saiam da ignorancia. Até onde se sabe, ninguem aqui na terra recebeu da mão de Deus o direito de julgar NINGUÉM. Sermos pessoas melhores e ajudarmos ao próximo é tudo o que devemos levar de qualquer religiao. o resto é apenas pretexto pra incitar o ódio e a discórdia, criar guerras e trazer sofrimento, como vem acontecendo ha tanto tempo. PAZ!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  22. Já li textos de muito boa qualidade neste site dos quais destaco os do pastor Carlos Moreira. Para quebrar essa sequência, eis que me deparo com esse amontoado de tolices, fruto da desinformação e do preconceito de pessoas que não tendo conteúdo pra se igualar a outros articulistas, parte para o sensacionalismo delirante. A maioria dos fatos narrados acima não se sustenta à menor brisa que sopre em nome da verdade e da boa lógica como tão bem dissertaram o Chacal e os dois últimos comentadores daqui (Augusto e Reinaldo). Não sou católica, evangélica ou espírita e nem tenho procuração para defender ninguém. Nunca me pronunciei aqui, mas dessa vez me senti incomodada com o nível e a forma de exposição das ideias do autor. Lamentável!
    Ah!! Quase ia esquecendo. Quem "pousa" é passarinho e avião. Pessoas costumam "posar" para fotos.
    Fátima Viana

    ResponderExcluir
  23. NÃO ME SURPREENDO MAIS COM CRENTE QUE DEFENDEM ESSA DOUTRÍNA DO INFERNO, FALAM DO AMOR QUE TEMOS QUE AMAR O PRÓXIMO ETC.....

    MAS ESQUECEM QUE EXISTEM PESSOAS QUE ESTÃO MORRENDO SEM A SALVAÇÃO DE CRISTO

    PQ NINGUÉM PREGA A PALAVRA DE DEUS
    NINGUÉM FALA A VERDADE PREFEREM SER MAIS
    AMIGOS DO HOMEM DO QUE AMIGOS DE DEUS

    COMO DISSE UMA CERTA PASTORA QUE TOMOU UMA SARRAFADA DE UM PADRE NO PROGRAMA DO FAUSTÃO

    CADA UM TEM A SUA LUZ!!

    ENTÃO FIQUEM AÍ DEFENDENDO ESSA LUZ DO INFERNO

    A SÃ DOUTRÍNA DA COEIRA NOS OUTROS

    ResponderExcluir
  24. SABE POR Q A DOUTRINA ESPIRITA É TAO CARIDOSA E BONDOSA, PRAQ MUITOS ACREDITEM Q ISSO É SUFICIENTE PRA AGRADAR A DEUS E DAI NAO PRECISAM SE ENTREGAR A JESUS E VIVEM COMO SE NAO DEPENDESEM DO SACRIFICIO DE JESUS PRA SEREM SALVOS, SEGUNDO ESSA DOUTRINA, TODOS TEMOS VIDAS PASSADAS SÓ Q A POPULAÇAO AUMENTA E MUITO, A CONTA NAO FECHA, É ENGODO, NAO É DE SE ADMIRAR Q O PROPRIO SATANAS SE TRANS FORMA EM ANJO DE LUZ PRA ENGANAR SE POSSIVEL ATE OS ESCOLHIDOS

    ResponderExcluir
  25. Ser cristão (verdadeiro) só tem vantagens se comprado com ser espírita:
    Se o espiritismo estiver correto (que eu creio que não está), eu, como cristão também terei outras chances (reencarnações).
    Se estivermos certos, iremos para o céu e os espíritas irão para o inferno, sem outra chance.
    Parece que até pensando pequeno, desta forma, ser cristão é mais jogo do que ser espírita. rsrsrsrs
    Sugestão: leiam a Palavra de Deus e peçam discernimento a Ele, que todos entenderão tranquilamente o Seu Plano para a salvação dos homens.
    Deus os abençoe.

    ResponderExcluir
  26. Gente o que é isso?
    O cristianismo protestante não prega uma mensagem radical, está acontecendo aqui uma grande confusão. A mensagem não foi passada com o devido cuidado.
    Pessoal como cristão eu tenho por obrigação deixar bem claro que não condeno ninguém, isso porque não estou na posição de juiz, pelo contrário, eu sou réu.
    Agora uma coisa deve ser dita: Está sim nos deveres do cristianismo as obras de bondade e misericórdia.
    Mas isso não justifica o cristão diante de Deus, não é o fato de ser uma boa pessoa, cuidar dos feridos, alimentar os famintos e chorar com os que choram que me justificará diante de Deus (essas são justificativas de homens). Somente o sangue de Jesus é que me dá condições de estar com Deus, e a bíblia é bem clara quanto á isso. Independênte do que eu fizer: "Todos nós nos tornamos impuros, todas as nossas boas ações são como trapos sujos. Somos como folhas secas; e os nossos pecados, como uma ventania, nos carregam para longe." - Isaías 64.6

    E em I João 1.7-10:"1.7 Porém, se vivemos na luz, como Deus está na luz, então estamos unidos uns com os outros, e o sangue de Jesus, o seu Filho, nos limpa de todo pecado. 1.8 Se dizemos que não temos pecados, estamos nos enganando, e não há verdade em nós. 1.9 Mas, se confessarmos os nossos pecados a Deus, ele cumprirá a sua promessa e fará o que é correto: ele perdoará os nossos pecados e nos limpará de toda maldade. 1.10 Se dizemos que não temos cometido pecados, fazemos de Deus um mentiroso, e a sua mensagem não está em nós.".

    Concluindo: A bíblia diz que Jesus é a luz do mundo, e o que o versículo 7 diz é que se andarmos em Jesus então estaremos unidos e Ele (Jesus, através do sangue que foi derramado) nos purifica de todo pecado. Essa é a justificação que me dá o acesso ao Céu. E em Hebreus 9.27-28. Está escrito:"9.27 Cada pessoa tem de morrer uma vez só e depois ser julgada por Deus. 9.28 Assim também Cristo foi oferecido uma só vez em sacrifício, para tirar os pecados de muitas pessoas. Depois ele aparecerá pela segunda vez, não para tirar pecados, mas para salvar as pessoas que estão esperando por ele." É nisso que o cristianismo acredita e isso eu não posso negar. Se você negar o que foi dito com base na bíblia, então você simplesmente não acredita na redenção em Jesus. E se você não acredita eu não tenho o que fazer, mas não posso abraçar outras idéias como se fossem a verdade que salva. Não existem várias verdades, a verdade é uma. Assim como 2+2=4. Quem julgará certo ou errado não sou eu. Acredite! Justificação não está nas minhas obras, mas em Jesus! Isso não me isenta do: "A fé sem obras é morta" - eu tenho que mostrar no que acredito com a minha vida!
    Espero que tenha ajudado em algo.
    Fiquem na Paz do Senhor!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  27. Gostaria de saber o que levou esse ser que escreveu o artigo a macular a imagem desse homem que é tido como um santo. Ah, desculpem-me, crentada, mas não existem santos, não é mesmo? Santidade é uma invencionisse da igreja católica e foi criada para satisfazer a necessidade dos pagãos de continuarem sua idolatria por imagens. Estou certa? E quem é idólatra vai queimar no fogo do inferno. Correto?
    Decerto até a Madre Teresa de Calcutá deve estar queimando no mármore do inferno, porque, apesar de tentar curar as chagas dos leprosos e prestar assistência a milhares de enfermos, ela deveria ter lá seu santinho preferido, não é mesmo?
    Quer dizer então que Chico Xavier é paranóico?
    Gostaria então que me explicassem como pode um paranóico escrever 451 livros e vender mais de 50 milhões de exemplares.
    O povo brasileiro deve mesmo estar perdido, deixando-se levar pelas "artimanhas do capeta".
    Então o Chico Xavier é um farsante? Se fosse mesmo um farsante, ele reivindicaria a autoria de se suas obras para si. No entanto, negou-se a receber qualquer renda advinda da venda de suas obras, alegando que não eram de sua autoria, e destinou-a a atividades assistenciais.
    Ele era uma farsa por admitir que não era o autor das obras?
    Agora, gostaria que o autor deste artigo esclarecesse de onde partiu a afirmação de que Chico Xavier era homossexual. Com base em que fatos ele faz essa afirmação? Creio que a difamação de qualquer pessoa é passível de processo. Ou ele, covardemente, escreve esse absurdo sabendo que o pobre coitado não pode se defender, pois está morto.
    Enfim, se ele era ou não homossexual, o problema era dele, e de mais ninguém. O que ele fazia com seu próprio corpo não diz respeito a ninguém.
    Agora,farsante é aquele que faz acusações mentirosas para insuflar o sentimento homofóbico em seus leitores, sentimento esse que está arraigado em muitos que se dizem cristãos e que não seguem em nada os princípios propalados por Cristo. São os que mais julgam seus semelhantes.
    Fique sabendo, senhor Johny, que se homofobia ainda não foi caracterizado como crime, logo o será. Portanto, mais um motivo para gerar um processo criminal.
    Farsante é aquele que fica me infernizando mandando e-mail em meu endereço eletrônico, o qual eu nunca forneci, para que eu compre seus produtos, seu lixo, alegando que é para minha elevação espiritual, quando na verdade está visando o lucro da venda. Foi assim que fui obrigada a entrar neste site para encontrar os absurdos que li neste artigo.
    Se Chico Xavier estava certo ou não, eu não sei, só saberei quando morrer. Mas, pelo menos, de uma coisa estou certa, vou morrer tranquila por saber que nunca precisei acusar ninguém injustamente só para vender meu produto.

    ResponderExcluir
  28. Gosto de conhecer “o outro lado” das questões, e até acho que o seu texto traz aspectos para serem considerados. Mas tem um lado, talvez o mais importante, que deixou de ser analisado, que é o da obra. Aliás, das muitas obras. Mais de 400 livros, como vc mesmo atesta – provavelmente uma das maiores produções da história da literatura mundial, se não a maior. Embora parte considerável dessa obra seja composta por romances do tipo água com açúcar, há também livros científicos escritos em linguagem eminentemente técnica, indevassável para leigos; livros de história publicados em plena ditadura militar com assuntos que eram proibidos naquele momento histórico (e, portanto, de pouco acesso para pesquisa); sem contar obras “novas” de autores de técnica literária difícil de ser copiada, como a do poeta Augusto dos Anjos. No caso da de Humberto de Campos, houve até o reconhecimento público do estilo do escritor pela família dele. Esquecendo um pouco a parte do conteúdo, há exemplos ainda mais complicados, como o de textos inteiros escritos de forma espelhada; ou escritos em vários outros idiomas, incluindo línguas mortas; e até um livro inteiro escrito simultaneamente em duas cidades, em parceria com outro médium – um escrevendo capítulos pares e o outro os ímpares, sem que um lesse o capítulo do outro. E como se não bastasse tudo isso, há centenas de gravações comprovando que ele escrevia tudo de olhos fechados e de forma impressionantemente rápida. Que explicações vc dá para isso?
    Roger

    P.S. – Não encontrei em seu blog onde fazer o comentário. Espero que vc publique o meu.

    ResponderExcluir
  29. NÃO CREAIS A TODO ESPÌRITO, MAS PROVAI SE OS ESPÍRITOS ESTÃO A SERVIÇO DE DEUS ( I JOÃO 4. 1)

    Deus criou todos os seres espirituais simples e sem saber. A cada um deu determinada missão, com o fim de esclarecê-los e os fazer chegar progressivamente à perfeição. O CRIADOR JAMAIS PAROU DE CRIAR E RECRIAR (João 5. 17). A vida humana (encarnação física) é um grande educandário onde as ALMAS aprendem a conviver na vida social de relação, que lhes facultará a grande viagem para a entrada nos planos celestiais.
    Todas as coisas que há nos Céus e na Terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam potestades foram CRIADAS UNICAMENTE POR DEUS. Paulo (Coloss 1. 16). Assim segundo a própria Bíblia, existem: espíritos imundos, espíritos maus (demônios), espíritos bons (anjos) e Espírito santo (espíritos puros). Todos os seres foram criados por Deus, até mesmo SATAN legião dos espíritos mais pertinentes no mal, Livro de JÒ 2. 1 a 13 e Lucas 8. 30 a 31)
    E para que tenhamos a visão de DISCERNIR OS ESPÍIRITOS conhecê-los segundo o Evangelho (I Cor 12. 10), convém enquadrá-los na escala dos valores morais e intelectuais.
    O ESPIRITO do ERRO existe, por que todos têm o livro arbítrio de fazer o BEM, ou o MAL. Os espíritos maus podem se infiltrar em todas as camadas sociais, são atraídos pelas atitudes, e até as IGREJAS podem sentir essa influência maléfica, vejam advertências no APOCALIPSE capítulos 2 a 3. IGREJAS que não dão exemplos do bem, do amor, da paz e caridade cristã, Apocalipse 2. 4. Porque seus dirigentes pensam que conseguem o reino celeste apenas com rituais exteriores e pagamentos de contribuições monetárias (Mt cap 23).
    TEMOS TAMBÉM Q TER CUIDADOS COM OS MISSIONÁRIOS, APÓSTOLOS, PASTORES, SACERDOTES Q VESTEM O MANTO DO CORDEIRO, MAS POR DENTRO SÃO LOBOS DEVORADORES, Apocalipse 13. 11 a 18.
    O DIABO SÃO ESSES HOMENS HIPÓCRITAS Q ATRIBUEM AO CRIADOR DEFEITOS DA CRIATURA.
    CHICO XAVIER FOI e É UMA VOZ Q REVELOU AOS HOMENS O CONHECIMENTO DOS PLANOS ESPIRITUAIS (AS MORADAS NA CASA DO PAI), QUE DEUS EM SEU INIFINITO SABER ORGANIZOU PARA A GRANDEZA DA VIDA UNIVERSAL.
    E ASSIM COMO UM ANALFABETO PEDE A UM ALFABETIZADO QUE LHE ESCREVA UM BILHETE, A BÍBLIA ORIENTA PARA NOSSO ESCLARECIMENTO: OS ESPÍRITOS DOS PROFETAS ESTÃO SUJEITOS AOS PROFETAS ( I COR 14. 32).
    E nem mesmo JESUS ficou livre da cegueira de RELIGIOSOS IGNORANTES, sendo qualificado por esses FANÁTICOS, como: O PRÍNCIPE DOS DEMÔNIOS – BELZEBU (Mateus 12. 22 a 32).
    CÉUS: Abrahão Ribeiro, abhceus@gmail.com
    http://vozqclamabr.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  30. Queridos,
    Temos que deixar de usar tapa-olhos como jumentos e nos permitir enxergar um pouco mais do que estamos acostumados.
    Caetano já falou em sua música: "Narciso acha feio o que não é espelho"...
    Isso podemos aplicar a todas as formas de INTOLERÂNCIA RELIGIOSA!!!!
    Se ele era homossexual... e dai??? Quantos pastores, levitas, profetas e demais o são (mesmo que no anonimato) e continuam sendo bênção dentro das Igrejas, impondo mãos, aconselhando, pastoreando e tudo mais????
    Deixemos de ser hipócritas e egoístas, de olhar somente com uma lente. Precisamos ter um olhar mais amplo e despido de preconceitos religiosos.
    Em vez de usar um jornal que poderia levar a palavra libertadora de Jesus Cristo, aquele que veio em CARNE e que é o Filho de Deus (falo isso pra não pensarem que venho em nome de outra pessoa), vocês estão usando o jornal para denegrir a imagem de alguém que nunca quis fazer mal as pessoas. Uma pessoa que deixou tudo o que poderia ser, para seguir a um ideal de vida.
    Se dizer servo de Deus, mesmo que espírita, só por ter desejos homossexuais (que é algo extremamente comum dentro da igreja) não pode, mas termos maçons em cima do púpito podemos né?
    Olhemos para a árvore que está nos nossos olhos para podermos tirar a folhinha do olho de nosso irmão.
    Cristiano Cruz.

    ResponderExcluir
  31. SALVOS QUE SE DIZEM EVANGÉLICOS E QUE FREQUENTAM O BLOG GENIZAH!!!!

    VÓS NÃO SABEIS DE QUE ESPÍRITO SOIS! (Lucas 9. 55) SE PROPAGAS AS INFLUÊNCIAS INTRIGANTES DO MAL E DAS TREVAS DA RAZÃO; OU, SE SEGUES O ESPÍRITO DE TOLERANCIA EVANGÉLICA TAO BEM EXEMPLIFICADO PELO MESTRE DIVINO E SEUS CONTINUADORES, NA GIGANTESCA OBRA DE RENOVAÇÃO MORAL CRISTÃ, NA QUAL ENFATIZA: FAZEI TODAS AS COISAS COM DECÊNCIA E ORDEM ( I COR 14. 40); A CARIDADE CRISTÂ NAO SE PORTA COM INDECÊNCIA. NÃO BUSCA SEUS INTERESSES, NÃO SE IRRITA, E NEM SUSPEITA MAL (I COR 13. 3) FALA O QUE CONVEM À SÃ DOUTRINA... EM TUDO TE DÁ POR EXEMPLO DE BOAS OBRAS, NA DOUTRINA, MOSTRA INCORRUPÇÃO, GRAVIDADE, SINCERIDADE (TITO 2. 2 a 7).

    TENHO CERTEZA QUE NÃO APRENDESTES ASSIM COM CRISTO (EFESIOS 4.20)

    QUE EVANGELIZAÇAO É ESSA QUE PROFESSAIS? QUE UTILIZA OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PARA MENOSCABAR COM BAIXO CALÃO CRENÇAS RELIGIOSAS DA COMUNIDADE?
    POR ACASO, POR SE CONSIDERAREM SALVOS, ESTAIS ACIMA DA CIVILIDADE?

    NO ESTATUTO CIVIL PRECONCEITO RELIGIOSO É CRIME!!!!
    E RECOMENDA O EVANGELHO: DEVEMOS RESPEITAR A LEI CÍVEL (Romanos 13. 1 a 7)

    ORIENTOU JESUS: SE A VOSSA JUSTIÇA NÃO EXCEDER A DOS ESCRIBAS E DOS FARISEUS, JAMAIS ENTRAREIS NO REINO DOS CEUS ( Mateus 5. 20)
    QUAIS ERAM AS ATITUDES DOS ESCRIBAS E FARISEUS?, PRECONCEITUOSOS, INVEJOSOS, MALEDICENTES, RANCOROSOS, IMPUROS NA MORAL SOCIAL... JESUS CRITICOU, SIM, O MODO COMO ELES CONDUZIAM OS VALOFES DA RELIGIÃO E CHAMOU-OS DE: HIPÓCRITAS!!!!!

    COM JESUS A MORAL É PURA, NÃO ADIANTA CHAMAR SENHOR! SENHOR! E NÃO FAZER O QUE ELE ORIENTA ( Lucas 6. 46), E O QUE ELE ORIENTA E ISTO: AMAI OS VOSSOS ADVERSARIOS, FAZEI O BEM AOS QUE VOS ABORRECEM, ORAI PELOS QUE VOS CALUNIAM (Mateus 5. 37 a 48); FAZEI O BEM E NÃO O MAL (Romanos 12. 21); PARA QUE VOS TORNEIS FILHO DO ALTÍSSIMO (Mt 5. 16)

    AQUELES QUE COMEM... BEBEM DO EVANGELHO... PARA ESTES MAIS RIGOR NO JUÍZO, SEGUNDO JESUS ( Lucas 13. 24 a 27 )

    OS ULTIMOS SERAO OS PRIMEIROS E OS QUE SE JULGAM PRIMEIROS SERAO OS ULTIMOS (Mateus 20. 16)

    FINALIZANDO: VAMOS CRITICAR COM DECENCIA, COM ORDEM, RESPEITO E TOLERANCIA. SE A PESSOA TEM EDUCAÇÃO CRISTÃ, CULTURA EVANGÉLICA... ENSINOU JESUS: NÃO LANCE SUAS PÉROLAS EM CHIQUEIROS DE PORCOS (Mateus 7. 6)

    ABRAHÃO RIBEIRO
    abhceus@gmail.com

    ResponderExcluir
  32. Ah! Então vcs são evangélicos! Metade da barbárie se explica. Acontece que, embora não seja regra, uma das principais características dos evangélicos é se acharem melhores que outros que não o são e agredirem todos aqueles que discordam de seu ponto de vista. Como esse artigo, o tema "Intolerância Evangélica" daria um debate, no mínimo, interessante.

    No mais, sirvo-me de palavras de outrem (CRAIG, no site Ceticismo Aberto, artigo sobre a Fraude de Chico Xavier) que tão bem expressam minha opinião.

    ----
    "Há milhões, muitos milhões mesmo de pesquisadores no campo religioso, espírita, filosófico, místico, etc., que escavam a vida toda para achar migalhas da verdade. E se enriquecem cada vez mais com o conhecimento. E embora nunca desistam, usam o batido mas verdadeiro lema “somente sei que nada sei!”

    E você nos traz assim, de repente, com uma síntese impressionante a afirmação taxativa e acusatória de toda uma doutrina de mais de 150 anos de atividade, sobre 2000 anos de cristianismo.

    É algo realmente sensacional. E ainda no bojo de suas bombásticas e inusitadas declarações, engata o Chico como o maior fraudador da história. Fantástico!

    Será que daria para você nos mostrar como chegou a essa conclusão definitiva.

    Imagino que se resolvesse escrever teríamos, pelo menos, no mínimo, a grosso modo,somente como introdução, umas 2.000 laudas. Depois, outras e mais outras. Afinal 20 anos de pesquisa é coisa pra dedéu! Nossa!"

    ResponderExcluir
  33. Estou me perguntando neste momento como cheguei a esse blog,..e a tanta informação fútil. Um texto carregado de preconceito e ignorância, onde se baseia em mais informações cheias de mentiras e interpretações próprias.
    Sou cristã, e admiro Chico Xavier pela sua conduta perante aos necessitados,..cansei de admirar pastores que cobram pra ungir sua casa, ou um grupo gospel que cobra 50 reais o DVD High Definition, ou igrejas que te querem lá dentro pro puro prazer e existir outra vida para ser julgada...
    Chico xavier pode ter sido muita coisa do q foi dito, mas hipócrita, ele nunca foi, e Menos ainda preconceituoso. Enquanto você tá ai preocupado em escrever no seu blog medíocre, você pudia falar ou se inspirar no q ele fez de bom, e não difamá-lo como se ele fosse 100% do inferno, sem nenhuma obra a ser aproveitada...
    Vá ler a bíblia pedindo dicernimento do que se lê, pq pela sua ignorância, daqui a pouco você cria outra religião, pq até em Cristo você achará defeitos..
    #prontofalei

    ResponderExcluir
  34. O que eu não consigo entender é como alguem q diz acreditar no poder d Deus e em sua Soberania pode dar tanto credito ao "diabo".Sinceramente não entendo essa fé q ao mesmo tento q exalta a Deus duvida de seu poder...A biblia diz q Deus é ÚNICO e seu poder é infinito...Portanto gostaria de pedir humildemente uma explicação para o "poder " q muitos creditam ao diabo.Sinceramente n entendo se Jesus DERROTOU o diabo,levou sobre si nossos pecados, como é possivel q o "'diabo" 'ainda' tenha poder sobre as pessoas....Acredito em Deus d todo meu coraçao, por isso nao posso crer q exista um Deus Bom e um "deus mal= diabo". Acreditar q exista um "ser" capaz de destruir a criaçao d Deus é acreditar q exista alguem com mais poder q Deus e que possa derrotá-Lo e isso pra quem se diz fiel a Deus é inconcebível...

    ResponderExcluir
  35. Com relaçao ao Chico, independente d qualquer coisa ele procurou seguir os ensinamentos do Cristo à risca portanto tanto faz se ele era ou deixava de ser homossexual(algo q nunk tinha ouvido flr)
    "Uma atitude estranha para alguém que dizia ser “iluminado pelas forças lá do alto”."(todos nós somos iluminados pelas forças do alto queridos porque estamos sob a guarda constante de Deus e Jesus,diante disso deveriamos ver quais são as atitudes q NÓS cometemos q possam parecer estranhas para Deus,não acha?)
    Talvez valha a pena citar q TODA a renda dos livros de Chico foi doado à caridade.Porque ao inves d criticas a quem qr q seja independent de religiao ou qlqr coisa,este espaço n é usado para mostrar as boas obras q sao praticadas por quem qr q seja,ate mesmo para desmistificar a ideia q muitos têm d q os evangelicos se acham melhores q os outros e q se consideram os unicos herdeiros do reino de Deus?
    Chico ,assim como o Pastor Marcio Valadão,Madre Tereza,Gandhi e varios outros procurou ajudar milhares de pessoas dentro de suas possibilidades.Será que pra Jesus importam as obras ou a religiao de quem as praticou?Sera q Jesus q sempre pregou o"Amor ao proximo como a ti mesmo" e q nunca fez distinçao de pessoas renegaria este ou aqle d acordo com sua religiao?Se a religiao fosse mais importante do que as obras realizadas, a "religiao"q deveriamos seguir nao estaria explicita na Biblia?Nao podemos nos esquecer q as religioes foram criadas pelo homem e como tal apresenta suas falhas,talvez por isso ao invés de religiao oq mais é citado na Biblia são a Fé em Deus e o Amor ao proximo,portanto acho q é isso q devemos seguir,nao?! Independente da religiao TODOS SOMOS IRMÃOS E TODOS FOMOS CRIADOS POR DEUS quer as pessoas aceitem ou não.
    Com relaçao ao trecho q diz q seu pai pensou em interná-lo nao vejo nd demais,pois aquilo q as pessoas nao conhecem ou nao entendem traz MEDO,nada mais natural q seu pai na condiçao de nao conhecedor dos fenomenos q ocorriam com seu filho pensasse q ele estava louco e q portanto a melhor forma d ajuda-lo seria internando-o.

    Antes d iniciar este comentario li os pronunciamentos dos irmãos acima e o que mais m imprescionou foi o fato de se atribuirem as comunicaçoes com os espiritos ao Diabo.Entao quer dizer q o diabo tem poder para se comunicar com as pessoas, mas o mesmo não é possivel a um ser iluminado?Mais uma vez se credita poder ao mal e desacredita no poder do Bem...Partindo do ponto de vista q NADA acontece sem a permissão de Deus,porque Nosso Pai d Amor permitiria q apenas o mal entrasse em contato conosco?Se é possivel ao "diabo" influenciar e se comunicar com as pessoas porque nao seria permitido tambem q seres celestes fizem o mesmo no intuito de nos auxiliar no caminho do Bem e do Amor?Existe uma lei chamada livre-arbitrio. Essa lei nos da o direito de DECIDIR acreditar e seguir oq quisermos. A melhor forma d decidir é conhecendo,refletindo e questionando...Me atrevo humildemente a oferecer-lhes um conselho:"Leiam a Biblia principalmente o evangelho de Jesus q se encontra no Novo Testamento,leiam quando estiverem sozinhos e procurem refletir e tirarem SUAS proprias conclusoes;não tomem a opiniao dos outros como suas...assim quem sabe lendo,conhecendo e refletindo verdadeiramente as palavras do Mestre Jesus enfim conseguiremos seguir e praticar os ensinamentos Dele.No dia em que compreendermos a preciosidade das liçoes que Jesus deixou pra nós e a introjetarmos em nossos coraçoes não precisaremos mais d religiao ou algo parecido,pois enfim estaremos praticando incondicionalmente as máximas "Amarás a Teu Deus Acima de TODAS as Coisas" "Ama ao Proximo Como a Ti Mesmo" aquele q consegue viver e praticar estas máximas verdadeiramente ama e serve a Deus"

    ResponderExcluir
  36. opa, não somos todos irmãos? por que esse ódio contra os espiritas? isso não é condizente com o bem que vocês pregam.
    façam o que lhes é dito por Deus e parem de olhar para os outros.
    ações amigos, ações.
    os espiritas os respeitam, respeitem-nos também.
    ninguém é dono da verdade, ninguém. E Deus ama todos os seus filhos. TODOS!
    quem vcs pensam que são para tratar os espíritas com tamanho ódio e desprezo?
    acho que ao contrário do que pensam, Deus não deve apoiar tais atitudes e palavras.

    ResponderExcluir
  37. Quem pousa é avião, as pessoas gostam de POSAR!

    ResponderExcluir
  38. ÔÔôô , Gilson; sua mensagem de 24 de fevereiro de 2011 21:17
    Por que todas as vezes quando se tenta demonstrar alguma coisa contra o espiritismo ou algum espírita, sempre se usa algo indefinido como “uma”, “alguém”, “há algum tempo” sem qualquer fato que ateste a veracidade da sua afirmação?
    E mais: quando é a favor do ponto de vista do detrator, de imediato é aceito como verdade, enquanto que, quando é contra, ainda que haja indício ou prova, se argumenta que não está “perfeitamente provado”.
    Veja o caso do sobrinho do Chico, em que no artigo é dito que ele denunciou o tio; mas, logo em seguida, no próprio artigo, está dito que ele (o sobrinho) “foi ridicularizado e denunciado pelo próprio pai como “alcoólatra” e “doente de alma””.
    Veja a incongruência: enquanto no artigo objeto dos nossos comentários se considera verídica uma informação dada por uma pessoa aparentemente desequilibrada, se despreza uma dada pelo próprio pai da pessoa que dá a informação, dizendo que essa pessoa é “alcoólatra e doente da alma”, sem que nesse artigo seja demonstrado porque acredita em uma e não acredita na outra informação a respeito do fato.
    Será que só valem as opiniões coincidentes com o ponto de vista dos contrários ao Chico?
    Finalmente, pergunto: onde está a notícia a respeito do “incrédulo” ter agarrado, desabotoado a camisa e constatado a existência de uma bolsa no seu sovaco e que, quando apertada, soltava o perfume nela contido? Será que se isso tivesse ocorrido, realmente, nenhum jornal ou revista sensacionalista não teria levado isso a público?!
    Seja coerente meu caro...
    Abraços, e fique na paz do Senhor. João

    ResponderExcluir
  39. Por ter sido evangélico acho que respeito deve haver a cima de tudo.
    Eu questiono "uma igreja" (seita)que afirma ter a verdade absoluta, que não respeita outra religião, ser humano...
    Igreja que é igreja prega a palavra, vive na palavra e não se preocupa em desmascarar, acusar, determinar sentenças etc.
    Acredito em respeito mútuo.

    ResponderExcluir
  40. Sim, se quiser me tomar como referência evangélica me tome, mas me tome como uma referência que não cai mais nas armadilhas de tal doutrina disfarçada de anjo de luz meu caro, tenho amigos que são espíritas, amo e respeito a todos, não estou falando deles, estou falando do Espiritismo criado por doutrinas de demônios que usou os evangelhos também para se fundamentarem e independente de Bíblia eu tenho o mais importante: meu testemunho e a prova em minha alma e em minha vida de que realmente o Espiritismo é doutrina disfarçada de anjo de luz.Mais uma vez: estou falando do Espiritismo, não dos espíritas...Ai você continua disparando:
    "Porque tanta ansiedade em provar alguma coisa?Pra que tanta repulsa pelo que se quer podem provar ser verdade ou que desconhecem totalmente?Com que autoridade você fala a palavra PROVAR?OU VERDADE?Provar o que?Você por acaso tem mais provas científicas (se o que vc está falando é de bíblia)do que os historiadores (bíblicos ou não),antropólogos,cientistas,teólogos que já fundamentaram suas teses,ALGUNS quiseram execrá-la e excluí-la COMO MENTIROSA mas nunca conseguiram, pelo contrário fundamentaram e provaram mais sua veracidade?Sugiro que antes de vc falar de verdade, não sei se fala da bíblica vc estude o que estes cientistas já falaram E PROVARAM a respeito de sua veracidade e verdade...se o que vc está falando for em relação a vida após a morte, a consulta aos mortos, a farsa Chico Xavier, leia as escrituras toda e veja que nada tem haver uma coisa com a outra, espiritismo, NECROMANCIA, FEITIÇARIA, nas escrituras é abominação ao DEUS VIVO!Para finalizar vc conclui:"Não da pra entender, tanto se fala na igreja sobre o julgamento hipocrita e no entanto ele é praticado amplamente todos os dias.Realmente PARABÉNS!Ele é praticado todos os dias inclusive por VOCÊ!Que tenta julgar o povo de Deus, os chamando de hipócritas e fariseus, os chamando de massacradores de mortos, desconhecedores da verdade,nos acusando de estar sempre certos (generalizando) com nossas palavras,dizendo que temos mente fechada e ainda por cima acusa de má índole e de exemplo de homens de santa unção que segundo as suas palavras foi essa:"Vou citar alguns exemplos no meio da santa unção e quero que me digam quem tem pior indole: Bispo Macedo, Bispo Hernandes, Silas Malafaia, Cerullo, MIke Murdock, Bispo Rodovalho, R.R Soares.....Amigo, olhe para a trave que está no seu olho antes de olhar para a trave que está nos nossos, se somos hipócritas vc é pior ainda!Se a nossa hipocrisia é tanta que conseguimos enxergar o problema dos outros o que diria de suas próprias palavras amigo?
    Pois vc mesmo afirmou:
    Continua

    ResponderExcluir
  41. RELIGIÃO APRISIONA ... JESUS LIBERTA
    RELIGIÃO APRISIONA ... JESUS LIBERTA
    RELIGIÃO APRISIONA ... JESUS LIBERTA
    RELIGIÃO APRISIONA ... JESUS LIBERTA
    RELIGIÃO APRISIONA ... JESUS LIBERTA
    RELIGIÃO APRISIONA ... JESUS LIBERTA
    RELIGIÃO APRISIONA ... JESUS LIBERTA
    RELIGIÃO APRISIONA ... JESUS LIBERTA
    RELIGIÃO APRISIONA ... JESUS LIBERTA
    RELIGIÃO APRISIONA ... JESUS LIBERTA
    RELIGIÃO APRISIONA ... JESUS LIBERTA

    ResponderExcluir
  42. Vocês não sabem o que falam, endemoniados são vcs que falam tanto de Deus e critican tantas pssoas, agora me responde uma coisa: Deus criticou alguém ? NÃAO. então pensem nisso, e vamos ver quem é que vai pro céu, aqueles que acreditam na doutrina espirita os "endemoniados" ou vcs que criticam a todos e pra vcs só a religião de vcs tem o poder ? me poupe vaai Deus sabe o que faz.

    ResponderExcluir
  43. Olá, pessoal.
    Porque tanto anônimo falando no pedaço, “pregando moral de cueca” e criticando os outros, se nem coragem têm de se identificar?
    Será que esses “anônimos evangélicos” desconhecem o “sim, sim, não, não” de Mateus 5,37?
    Identifiquem-se, e cumpram o que diz a “palavra de Deus”; ou vão continuar na hipocrisia de, quando dizem que cumprem a “palavra” se identificam e quando a descumprem se escondem no anonimato?!
    Não estou aqui para pregar moral nem julgar ninguém, mas para pedir que, pelo menos sejam éticos no proceder.
    Abraços. Frazão

    ResponderExcluir
  44. Olá, pessoal.
    Porque tanto anônimo falando no pedaço, “pregando moral de cueca” e criticando os outros, se nem coragem têm de se identificar?
    Será que esses “anônimos evangélicos” desconhecem o “sim, sim, não, não” de Mateus 5,37?
    Identifiquem-se, e cumpram o que diz a “palavra de Deus”, ou vão continuar na hipocrisia de, quando dizem que cumprem a “palavra” se identificam e quando a descumprem se escondem no anonimato.
    Não estou aqui para pregar moral nem julgar ninguém, mas para pedir que, pelo menos sejam éticos no proceder.
    Abraços. Frazão

    ResponderExcluir
  45. vocês são miseráveis hipócritas que mendigam o dízimo, voçês são um bando de bandidos e lunáticos que comercializam cura, prosperidade e tudo mais, não sou espírita mas o cara morreu na humildade, poderia ter morrido no luxo pela milhares de vendagem de livros, ao contrário desses pastorzinhos de merda que até salário recebem pra pregar a mensagem do senhor, vide os que pregam na televisão com relógios e pulseiras de ouro a custas dos alienados que doam até o que não tem em troca de "benção", vcs são hoje vocês são motivo de chacota pela falta de respeito que vcs mesmo não se dão.
    http://www.cleycianne.com/2010/12/como-proteger-sua-vagina-da.html

    Posso dizer pq fui frequentador da igreja batista há mais de 5 anos e segui a risca as palavras de um pastor 71 dizia, o q os próprios membros não faziam, tudo uma farsa, vcs vivem de imagem, e a desculpa é sempre não se mirar no homem, então se mirar em quem ? o pastor seria o q? um pombo? pois é e foi oi q eu fiz pq qd Deus fala usa até um pombo pra falar a mim e não um homem q coloca a bíblia de baixo do braço e se diz o portador da palavra, DOUTORES DA LEI!

    ResponderExcluir
  46. vocês são miseráveis hipócritas que mendigam o dízimo, voçês são um bando de bandidos e lunáticos que comercializam cura, prosperidade e tudo mais, não sou espírita mas o cara morreu na humildade, poderia ter morrido no luxo pela milhares de vendagem de livros, ao contrário desses pastorzinhos muquirana que até salário recebem pra pregar a mensagem do senhor, vide os que pregam na televisão com relógios e pulseiras de ouro (e não digo os que são picaretas fáceis de se identificar)a custas dos alienados que doam até o que não tem em troca de "benção", vcs são hoje vocês são motivo de chacota pela falta de respeito que vcs mesmo não se dão.
    http://www.cleycianne.com/2010/12/como-proteger-sua-vagina-da.html

    Posso dizer pq fui frequentador da igreja batista há mais de 5 anos e segui a risca as palavras de um pastor 71 dizia, o q os próprios membros não faziam, tudo uma farsa, vcs vivem de imagem, e a desculpa é sempre não se mirar no homem, então se mirar em quem ? o pastor seria o q? um pombo? pois é e foi oi q eu fiz pq qd Deus fala usa até um pombo pra falar a mim e não um homem q coloca a bíblia de baixo do braço e se diz o portador da palavra, DOUTORES DA LEI!

    ResponderExcluir
  47. COMO o público consciente tomará como referência cristã ANÔNIMO que se proclama evangelizado e que se esconde por trás do muro da obscuridade? Por que não se identifica?
    POR FAVOR, não coloque a luz debaixo da mesa; mas sob o velador para clarear a todos (MT 5. 15) QUER evangelizar? Quer conscientizar com JESUS? QUER exemplificar a verdade de Jesus? COMECE MOSTRANDO O NOME, o endereço, o seu perfil, Quem está realmente seguindo o MESTRE DIVINO, Não deve ter receios de se OCULTAR... BRILHE A VOSSA LUZ!!! Para que vejam as vossas BOAS ATITUDES nas coisas mais simples do dia a dia, a fim de que vosso PAI CELESTE SEJA GLORIFICADO, na Terra, ATRAVÉS de vossas boas ações ( MT 5. 16).
    Quando criticardes: Não precisa citar nomes de pessoas: missionários, evangelizadores, pastores, trabalhadores... como se tivesse discriminando; pq aqui pode muito bem enquadrar-se também o ensinamento de Jesus: Pq vês tu a trave que está no olho do teu irmão, e não procura limpar a sujeira q está no teu próprio olho? Limpa primeiro a tua visão ( MT 7. 3 a 5). Com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que medirdes vos medirão também ( MT 7. 2). QUANDO FALARDES SEJA: SIM, SIM... NÃO, NÃO... E FALE DE MODO GERAL sem assinalar nomes de pessoas.
    O fanatismo religioso já fez mais vitimas que as guerras por soberania de nações... E Isso é que é condenável na religião: a crença cega e irracional!
    JESUS É LUZ! Mas nem todos que chamam: Senhor! Senhor! Estão fazendo a sua vontade na Terra, é necessário vivenciar os ensinamentos morais de Jesus ( MT 7. 21/25).
    E NEM JESUS FICOU livre da cegueira desses religiosos ignorantes e foi chamado por esses fanáticos: de BELZEBU! (LC 11. 15). Jesus não estava preocupado com A ZOMBARIA DELES; e sim em anunciar as verdades divinas, e muitas dessas verdades que Jesus revelou CONTRADIZEM com aquilo que está escrito no Antigo Testamento. Por isso mesmo JESUS realçou: OUVISTES QUE FOI DITO AOS ANTIGOS do velho testamento (MT 5. 44), HJ POREM VOS DIGO, OU SEJA: HJ VOS DIGO OUTRAS E NOVAS COISAS (MT 5. 45 e JOÃO 14. 20/ JOÃO 14. 12 a 13).
    Algum sistema jurídico na atualidade segue esta lei do Antigo Testamento? Se o animal que tem instinto agressivo atacar alguém e o seu dono tem conhecimento, que seja apedrejado o animal e também o seu dono morrerá (Êxodo 21. 28/29)
    Finaliza Jesus: Toda Lei e os Profetas se resumem apenas nestes dois mandamentos - amar a Deus sobre todas as coisas, e amar ao teu próximo como a ti mesmo (MT 22. 34 a 40).
    E entre as leis civis do judaísmo do Antigo Testamento fala da proibição aos mortos (Deut 18. 9 a 11). COM JESUS A MORTE NÃO EXISTE, pois DEUS NÃO É DEUS DE MORTOS (LC 20. 38). E complementa Jesus: todo aquele que vive e crê em mim jamais morrerá (JOÃO 11. 26) A morte existe apenas como estagnação da consciência na ignorância irracional.

    ABRAHÃO RIBEIRO, do livro CÉUS
    Email: abhceus@gmail.com
    http://vozqclamabr.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  48. Jesus não está convidando seguidores para aposentadoria celestial, e sim formando servidores na causa do Pai ( MT 9. 38 E João 17. 22 a 23)
    ELE EM PESSOA FÍSICA CONVIDA OS APÓSTOLOS JOAO, PEDRO E TIAGO E SE COMUNICAM COM VARÕES QUE VIVERAM NA ANTIGUIDADE (HÁ SECULOS), em outras palavras os espíritos desencarnados de Moisés e Elias. E, faz intercambio espiritual com os mesmos no monte Tabor (MT 17. 1 a 9). SE OS FANÁTICOS SADUCEUS SOUBESSEM DESSE EPISÓDIO, NAQUELA ÉPOCA, TERIAM ASSASSINADO JESUS ANTES DELE CONCLUIR A SUA MISSÃO; Isso pq os SADUCEUS repudiavam a idéia de vida pós-morte e, eles estavam abalizados nas escrituras do Antigo Testamento (Deut 18. 9 a 11). Porem Jesus pediu gentilmente aos Apóstolos: a ninguém conteis a visão ( MT 17. 9).
    O próprio Jesus em espírito se dirige às dimensões invisíveis do astral e desce aos abismos para pregar o seu evangelho também aos mortos (espíritos desencarnados). Esses ESPÍRITOS descreve o apóstolo Pedro, eram ALMAS da época do dilúvio e que vagavam em trevas ( I Pedro 3. 18 a 20) E complementa o Apóstolo: PQ POR ISSO FOI O EVANGELHO PREGADO TAMBÉM AOS MORTOS... PARA SEREM JULGADOS SEGUNDO OS HOMENS, NA CARNE, E VIVESSEM PARA DEUS EM ESPÍRITO ( I Pedro 4. 6)
    DEUS na sua onipotência soberana, no dia em que Jesus retornou do túmulo para provar a continuidade da vida espiritual em outras dimensões celestiais, igualmente permitiu que VÁRIOS CORPOS ESPIRITUAIS DE PESSOAS antigas que tinham vivido a existência física há séculos, TAMBÉM RESSURGISSEM aos seus contemporâneos e lhes provassem a grandeza da vida imortal (MT 27. 51 a 53). E diz o relato evangélico: e apareceram a muitos.
    TEMOS Q TER OLHOS PARA VER E OUVIDOS PARA ENTENDER A REVELAÇAO DIVINA. Jesus não implantou a sua obra de regeneração sozinho, precisou de 12 companheiros simples que o auxiliaram diretamente e, de outros mais que o assistiram na propagação das verdades – os chamados 500 da Galiléia .
    Aprovou o Divino Mestre: tudo que eu fiz vós podereis fazê-lo e em condições maiores (João 14. 12). Não se deve, portanto, acreditar em todo espírito, mas PROVAI SE OS ESPÍRITOS SÃO DE DEUS (I JOÃO 4. 1).
    DEMÔNIOS EXISTEM NA TERRA, TANTO NO PLANO ESPIRITUAL QUANTO NA VIDA CARNAL: SÃO ESSES HOMENS HIPÓCRITAS QUE COLOCAM A MENTE A SERVIÇO DO MAL ( Tiago 1. 13 a 14) (Mateus 16. 21 a 23) ( livro de JÓ 2. 1 a 13) (Provérbios 6. 12 a 19) (Isaías 14. 1 a 32) (Ezequiel 28. 1 a 26 E 29. 1 a 21)

    E SÓ PARA AVALIARMOS A GRANDEZA DA VIDA IMORTALIZADA EM JESUS. Antes deste verbo divino conhecido na encarnação humana como JESUS a partir de 2010 anos já passados, o mesmo já existia anteriormente no seio imaterial de Deus e participava ativamente de sua glória. ISSO SE CHAMA PREEXISTENCIA ((João 1. 1 a 14) (João 8. 56 a 59)(João 16. 28)(João 17. 24) (João 20. 17) (Coloss 1. 15 a 17).
    POR QUE A CARNE E SANGUE NÃO PODEM HERDAR O REINO DIVINO - II COR 15. 50
    FARISEUS CEGOS sempre existiram!!! E os mesmos na época do Cristo, com intenção maldosa e corrupta pagaram até os soldados que eram responsáveis de guardar o túmulo do crucificado, e divulgaram até o dia de hoje, entre os judeus, que A RESSURREIÇAO DE JESUS FOI UMA GRANDE FARSA (MT 28. 11 a 15)
    Quem prova que é ignorância e fanatismo aqueles que se julgam com presunção SER o único povo escolhido de Deus, na Terra, e que deveriam dar exemplos dignos de um cristão - É A PRÓPRIA BÍBLIA Q USAM DEBAIXO DO BRAÇO!!! Mas, que essas pessoas não discernem com juízo e sabedoria os seus ensinamentos.
    AQUELES QUE COMEM... BEBEM DO EVANGELHO... PARA ESTES MAIS RIGOR NO JUÍZO, SEGUNDO JESUS ( Lucas 13. 24 a 27 )

    OS ULTIMOS SERAO OS PRIMEIROS E OS QUE SE JULGAM PRIMEIROS SERAO OS ULTIMOS (Mateus 20. 16). NA EVANGELIZAÇÃO: QUEM A SI MESMO SE EXALTAR, SERÁ REBAIXO PERANTE DEUS (Lucas 18. 9 a 14). E QUEM QUISER SER O MAIOR, QUE SEJA O SERVO DE TODOS.


    ABRAHÃO RIBEIRO, do livro CÉUS
    Email: abhceus@gmail.com
    http://vozqclamabr.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  49. Dá nojo ler os comentários ... cada um querendo saber mais do que o outro, quando na verdade, ninguem sabe de absolutamente nada. Acho que cada um tem que seguir seu caminho sem "apontar" ao outro. Ao invés de ficarem aqui "especulando" sobre isso ou aquilo... vá à igreja rezar ou orar. Deixe que Deus tome suas providências para cada um e para os atos de cada um.... Cada um siga sua religião e deixe as outras seguirem seu caminho. Um dia encontraremos com Deus e saberemos se existe alguma religião certa ou errada...por enquanto, continuemos buscar a Deus e ajudar ao nossos semelhantes, e não criar rancores, principalmente por conta de Religião.

    ResponderExcluir
  50. Ridiculo este texto! Sou evangelica e fiquei enojada com o que acabei de ler. Tantas pessoas hoje precisando de atenção e ajuda, esse mero ser ocupa seu tempo para JULGAR outras pessoas, ação que Deus desaprova explicitamente. Este tipo de texto so comprova que não existe em vc nenhum tipo de estudo de teologia. Li alguns comentários falando de um tal site cientifico, comprovando a inexistencia do espiritismo. Aff, acordem, estudem, saiam desse mundinho, nada relacionado a espiritualidade, e comprovado cientificamente, a ciencia ainda não acredita nos fatores religiosos, de que alguem lá em cima possa fazer algo por nos.(eu acredito) nenhuma religião é comprovada cientificamente, nao estou defendendo nenhum lado, apenas digo o seu lado naun e diferente do dele.
    Então, comecem a fazer algo de util!!

    ResponderExcluir
  51. Hitler pensava com a mesma intolerância sobre os judeus. O Oriente Médio vive em guerra por causa da intolerância religiosa. Se desprendam da necessidade de criticar a opinião alheia. Não há verdade maior que é a Deus, que prega paz, amizade, compaixão e compreensão, independente das diferenças. Se Jesus a tudo assiste, estará triste por ter irmãos causando discórdia em seu nome.

    ResponderExcluir
  52. é isso aí !
    ESPÍRITAS estão e vão todos para o INFERNO.
    A BÍBLIA É CLARA: SÓ HÁ SLAVAÇÃO EM JESUS CRISTO!

    ResponderExcluir
  53. Temos que ser coerentes. Não podemos acreditar em tudo que está publicado na Internet. Tudo é questionável.
    Onde estão as provas das afirmações neste artigo? Pra começar: Onde estão as fotos com o Chico Xavier na banheira? Quem afirma tem que apresentar provas.
    Chico Xavier foi um homem de grande notoriedade, ou seja, fotos dele em uma banheira seriam de conhecimento comum, e muitos já teriam visto, mas onde estão tais fotos?
    O sobrinho de Chico Xavier era um irresponsável, alcoólatra inveterado e apaixonado por uma moça católica. Todos em Pedro Leopoldo sabiam disso. Até seu pai e o delegado confirmaram isso. Se as acusações de Amauri fossem verdade, Chico Xavier não teria ido tão longe e seria desmascarado em pouco tempo. Para saber mais sobre este caso, acesse: http://www.midiaindependente.org/pt/red/2005/03/310516.shtml.
    Chico Xavier psicografou por 75 anos. Tempo mais que suficiente para desmascarar qualquer embusteiro ou doente mental. Todavia, nunca o desmascararam. Só o que se vê são calúnias, difamações, suposições e mentiras, tudo sem apresentarem uma prova cabal. É evidente que esses detratores não passam de fanfarrões invejosos.
    Neste artigo, o autor afirma que a humildade, o desprendimento e a pobreza de Chico Xavier eram mentira. Então, se Chico não era pobre, onde estava a sua fortuna? Chico Xavier viveu tempo suficiente para descobrirem se ele era endinheirado ou não. A humildade e o desprendimento de Chico eram notórios. A vida de Chico Xavier foi um livro aberto. Existem muitos documentários e livros, com testemunhos e entrevistas, que atestam a sua humildade, desprendimento e pobreza. Vê-se que o autor acusa sem provas. Isto é pura inveja.
    Chico Xavier jamais se disse iluminado. Quero saber onde, quando e qual matéria ou reportagem Chico afirmou ser um “iluminado pelas forças lá do alto”?
    O artigo fala de um bilhete, feito pelo Chico Xavier, aos espíritos. Diz que foi um relato de Marcel Souto Maior. Onde está tal relato?
    Quanto ao caso da suposta “psicografia” da mãe do sr. João Ghignone: “É famoso o caso em que o Sr. João Ghignone, então presidente da Federação Espírita do Paraná, visitando o médium Chico Xavier, teria recebido deste a mensagem de que o espírito de sua mãe estava presente e desejava abraçá-lo. Ghignone, sabendo que sua mãe estava viva e morando ainda no Paraná, estranhou a frase de Chico. Entretanto, segundo relata o próprio João Ghignone, ao voltar ao hotel teria recebido a mensagem de que sua mãe falecera inesperadamente” (fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Psicografia). Como se vê, a história foi totalmente adulterada pelo inescrupuloso autor deste artigo. Para saber mais sobre este fato, acesse: http://jefferson.freetzi.com/SrChico2.html.

    Continua...

    ResponderExcluir
  54. Continuando:

    A história da receita também está totalmente distorcida. Chico Xavier não psicografou receita alguma. Ele foi avisado, mediunicamente, que o repórter Hamilton Ribeiro inventou o caso, para testá-lo. Em vez de uma receita, Chico Xavier escreveu um recado bem educado para o repórter, evitando constrangimento a este. Este fato pode ser lido em detalhes no livro “Chico Xavier pede licença”.
    Quanto à afirmação visivelmente invejosa de que Chico Xavier era homossexual e adorava posar para fotos, eu pergunto: Onde está a prova de que Chico Xavier era homossexual? O jeito de ele ser não prova homossexualismo algum, até porque existem muitos “machões” por aí que são homossexuais enrustidos. Chico desencarnou aos 92 anos. Creio que esse período de tempo é mais que suficiente para provar a homossexualidade de alguém famoso. Quanto a gostar de tirar fotos: Mais um argumento pueril do autor. A fama atrai câmeras e flashes. O que há de errado nisso? Chico Xavier teria de ser grosseiro ou agressivo com os fotógrafos e cinegrafistas?
    Pelo linguajar do autor do artigo, nota-se a sua exacerbada inveja.
    Vejamos o que diz David Nasser sobre a matéria da revista Cruzeiro, na qual ele se passou por jornalista estrangeiro. Fato que é citado neste artigo de forma distorcida: http://www.youtube.com/watch?v=sUdHI1UsZ-g.
    Falar é muito fácil. Todo mundo fala o que quer. Quero ver provar. Acusar e afirmar algo sobre alguém sem apresentar provas é irrelevante. Quem acusa tem a obrigação de provar.
    A questão é a ausência de provas. Este artigo tem muito blá-blá-blá, mas não há uma prova das alegações.

    ResponderExcluir
  55. Boa Nestor....
    O maior problema de alguns pseudo-evangélicos é a falta de humildade em aceitar que podem estar errados ou que não detenham todo o conhecimento. Mas ao invés de fazer isso o que fazem? Atacam como os primitivos nordicos em suas expansões territoriais. Gilson é o perfeito exemplo de crente bitolado, segue a massa, acompanha o Rio...o maior problema dele é a total falta de opinião propria, sua total falta de critério e principalmente sua incapacidade de pesquisar o assunto para despejar suas falacias.
    É realmente lamentavél que no mundo tenham tantas pessoas assim, e é por causa de pessoas assim que guerras começam: Irlanda (Catolicos x Protestantes; Detalhe: Ambos Cristãos), Israel x Palestina (Judeus contra muçulmanos)e no Brasil temos (Evangélicos contra; Espiritas, catolicos, Judeus, Muçulmanos, Hindus, Candomblé, Budismoetc...) Alguns evangélicos são bons numa coisa, fazer inimigos.

    ResponderExcluir
  56. Ísso mesmo Chacal! A grande maioria da massa religiosa, principalmente os evangélicos, são como gado. Não pensam, não questionam, não pesquisam. Simplesmente acreditam, de primeira, em tudo que seus gurus falam. Eu chamo isso de aprisionamento consciencial. Religião aprisiona. Religião foi feita para controlar massas. Religião, em vez de unir, separa. Jesus não fundou religião alguma. Ele só mostrou uma filosofia de vida. O homem, em sua ânsia de poder, inventou o cristianismo como religião. Daí em diante, todos sabem a História.

    ResponderExcluir
  57. Pode-se dizer que CX era um enganador, mas, na verdade, era o "primeiro a ser enganado". Ou seja, preso na sua própria enganação, viveu enganando os outros com a maior das "boas intenções" (dizem que o inferno tá cheio delas).

    E você, PASTOR EVANGÉLICO, que conhece A VERDADE - JESUS CRISTO e prega um evangelho de faz-de-conta para satisfazer seus próprios delírios de grandeza e riqueza? Esse certamente faz um mal ainda pior que CX, Globo, etc.

    E quanto a nós, "evangélicos-gospel-protestantes-e-congêneros", guardiões da moral, ética, bons costumes, que seguimos apenas (será?)a Escritura, e tudo mais? Como tem sido os TESTEMUNHOS de nossas vidas, com sal e luz? Temos dado exemplo? Temos sido diferença no meio em que vivemos? Se nossa resposta tem sido NÃO, então seria melhor sermos como foi CX, no máximo, o PRIMEIRO ENGANADO dessa história.

    ResponderExcluir
  58. Meu Caro Chacal, espíritas e simpatizantes, gostaria de refutar algumas de suas afirmações.

    a) Isto de Maldição hereditária e coisa de pessoas como vocês que estão de distorcendo as escrituras. Aconselho-te a Ler Ezequiel Cap. 18. E claro tem varias igrejas que mais parece um centro espírita, mas estas estão totalmente alienadas estão cegas pelo deus deste século. II CO. 4-4. (leia).

    b) Quanto ao fato de espíritas terem um ótimo trabalho social isto e inegável, os crentes (cristãos) de nosso país tem muito a aprender. No entanto quero dizer que de boas ações ou intenções, o inferno esta cheio, de crente, de espírita e outros. (o fato de você não acreditar em inferno ou no diabo não o livra dele, ou não siguinifica que algo não se vê não exista) Vou usar como exemplo a ciência, o átomo ele tão minúsculos que não conseguimos vê-lo a olho nu, no entanto ele existe! As ondas de radio e televisão não conseguimos ver sem determinados equipamentos, entretanto podemos ouvir e ver imagens em nossos televisores.

    c) Você pode ler em I Samuel Cap. 15 – O primeiro rei de Israel sendo reprovado por Deus, sua intenção era boa, mas... 22 Porém Samuel disse: Tem porventura o SENHOR tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se obedeça à palavra do SENHOR? Eis que o OBEDECER é melhor do que o sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros.

    d) Tenho uma pergunta a os espíritas e simpatizantes em geral, bem tendo em vista que no meio espírita a base de sua teoria (doutrina) e a da reencarnação de almas em (outro corpo) gostaria de perguntar como pode em meados do ano de 1803 ano de nascimento de Kardec, havia cerca de três bilhões de pessoas no planta, e passado pouco mais de dois séculos, temos quase sete bilhões de pessoas. Segundo a doutrina espírita, não deveria haver um aumento na população humana, ou será que existe um armário de almas prontas para reencarnar. (isto e uma lei da física, dois corpos não podem ocupar o mesmo espaço)

    A titulo de conhecimento sou estudante de Teologia, no entanto ja li muito, (de tudo) vai ai alguns livros sobre a doutrina espirita os quais ja tive o desprazer de ler, sendo assim tenho pleno conhecimento do que estou falado, pois contra fatos não arguntentos.
    • O Livro dos Espíritos, Princípios da Doutrina Espírita, publicado em 18 de abril de 1857;
    • O Livro dos Médiuns ou Guia dos Médiuns e dos Evocadores, em janeiro de 1861;
    • O Evangelho segundo o Espiritismo, em abril de 1864;
    • O Céu e o Inferno ou A Justiça Divina Segundo o Espiritismo, em agosto de 1865;
    • A Gênese, os Milagres e as Predições segundo o Espiritismo, em janeiro de 1868.
    "Allan Kardec", segundo biografias, foi adotado pelo Prof. Rivail (Hippolyte Léon Denizard Rivail) a fim de diferenciar a Codificação Espírita dos seus trabalhos pedagógicos anteriores. Segundo algumas fontes, o pseudônimo foi escolhido pois um espírito revelou-lhe que haviam vivido juntos entre os druidas, na Gália, e que então o Codificador se chamava "Allan Kardec".[2

    Apos varios e varios estudos estou convicto de que a Bíblia e a verdade, e obvio que estou muito longe de me tornar perfeito (nunca vamos ser) pois estou em fase de lapidação atraves da palavra de Deus, se vocês espiritas e simpatizantes acreditam ou nao na Bíblia isto não me importa o fato é que Jesus é unico caminho, a verdade e a vida e ninguém vai ao pai sem Jesus Cristo. João 14.6
    Quanto ao demais livros os quais ja mencionei nao passam de distorções da Bíblia pois texto sem contexto e principio para herezia. Nao sou eu tenho que tenho que convecer a ninguem este e a função do Espirito Santo. Zacarias 4.6

    Sendo assim vai um conselho: João 5.39 EXAMINAIS as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam;

    ResponderExcluir
  59. Ola a todos!

    Antes de mais nada, os iguinorantes que me desculpem, mais acho qua para ofender tal pessoa ou imagem da mesma, e tambem para vcs criticarem uma religião, saiba eu sou espirita... e nunca julguei e nem critiquei crensas e nem religiões, creio em Deus e Jesus Cristo, (que pra mim são o mesmo ser) e vcs vivem dizendo q so existe um caminho a seguir, pois aki estou eu dizendo pra vcs q todos os caminhos leval a roma, entao quase todos os caminhos leval a Deus, num importa qual religiao ql crensa, crente é qm cre e cristo pois entao, seus ze ruelas iguinorantes q estou de saco cheio de vcs falando da religiao dos outros, Estou no mesmo caminho q vcs, junto de Cristo!Evangeliso e creio em Jesus tanto qnto vcs...

    " se vcs gostam de seguir e ir no caminhos de vcs, entao acho melhor vcs pensarem mais, pois num estou vendo vcs seguindo a risca o q a biblia, e as regras q impoen a isso... de vcs...
    "planteie o bem e receba o bem!" vcs so sabem criticar as religiões, acho que isso é uma fuga para num perceberem q vcs não sabem é nada de religiao nenhum e nem de vcs!!!"

    agradeço ai pela droga q vcs escreveram, pois crensa e opniao é algo q ninguem tira de mim....

    e como vcs acreditam q eu so planto o pegado por ser espirita, e q eu naum serei salvo por Cristo, Fiquem vcs sabem q eu sou tao pecador como vcs... e entao comcluindo (vejo vcs no quinto dos inferno!!!)

    Ass. Diego (espirito maligno q vai jogar uma uma feitiçaria em todos qua acessao aki!!")

    Grato pela anteção

    ResponderExcluir
  60. kkkkk duvido q aprovem

    ResponderExcluir
  61. Sr. Adriano.Wildner, o que você disse sobre o átomo e as ondas de rádio é análogo ao mundo espiritual (reflita sobre isto).
    Você disse que estuda Teologia. Com certeza é mais um curso formador de pastores pentecostais, pois o que mais se vê são faculdades de Teologia com cursos totalmente tendenciosos, voltados apenas para o pentecostalismo. Não são verdadeiros cursos de Teologia. Desculpe-me a franqueza.
    Quanto à sua pergunta acerca do aumento da população: Você disse que estudou o Espiritismo, entretanto, afirmou o seguinte: “Segundo a doutrina espírita, não deveria haver um aumento na população humana”. Diante de tão vasto conhecimento sobre a Doutrina Espírita, então, me diga: Onde a Doutrina Espírita cita que a população não aumentaria? Eu desconheço isso. Meu conhecimento sobre Espiritismo é bem limitado. Pelo que sei, o Espiritismo afirma que a Causa Central Primeira não pára de gerar espíritos, que incontáveis são os mundos habitados no Universo e que espíritos migram de um mundo para outro constantemente. Isto explica logicamente o aumento da população.
    No passado recente, acreditava-se que raríssimas estrelas possuíam sistemas planetários. Atualmente, sabe-se que a maioria possui e só na Via-Láctea já foram descobertas mais de 100 bilhões de estrelas iguais ao nosso Sol. Contudo, muito antes de todas essas descobertas científicas, o Espiritismo já afirmava a pluralidade dos mundos.
    O Espiritismo não é religião e nem Ciência. O Espiritismo é a base doutrinária para a metafísica e para uma filosofia de vida, chamada Cristianismo, o verdadeiro, não essa farsa aprisionadora, egoísta e sectarista que vocês seguem e pregam. O Espiritismo é um arcabouço de conhecimentos milenares sintetizados em uma doutrina. Por isso, o Espiritismo não se enquadra como religião e nem como Ciência. Tratar o Espiritismo como religião é diminuí-lo ao nível das invencionices humanas advindas do egoísmo, da ganância e do medo, e tratá-lo como Ciência é descaracterizá-lo.

    Temos que estudar mais; ler mais; pesquisar mais... O conhecimento liberta!!!

    ResponderExcluir
  62. Aos irmãos evangélicos, sugiro que pesquisem sobre guilgul neshamot, palingenesia e sobre os trabalhos de Russel Norman Champlin e Severino Celestino da Silva.

    Segue abaixo uma sucinta abordagem sobre o dr. Russel Norman Champlin:

    Russel Norman Champlin (Salt Lake City, 22 de dezembro de 1933) é um religioso e escritor estado-unidense.

    Referência de muitos teólogos cristãos e espíritas, tendo concluído bacharelado em Literatura Bíblica no Imannuel College; os graus de M.A. e Ph. D. em línguas Clássicas na Universidade de Utah; fez estudos de especialização (em nível de pós graduação) do Novo Testamento na Universidade de Chicago. Em sua carreira como professor universitário e escritor (atuando na UNESP por 30 anos), publicou cinco livros, entre eles, evangélicos e espíritas. A maioria deles foram traduzidos pelo Pastor João Marques Bentes, da Igreja Batista.

    Obras de Russell Norman Champlin:
    1. Antigo Testamento interpretado versículo por versículo. São Paulo: Hagnos.
    2. Como descobrir o sentido dos seus sonhos. 152 páginas. São Paulo: Nova Época Editorial.
    3. Estamos entrando agora nos quarenta anos finais da Terra? 272 páginas. São Paulo: Nova Época Editorial.
    4. Evidências científicas demonstram que você vive depois da morte. 275 páginas. São Paulo: Nova Época Editorial.
    5. Novo Testamento interpretado versículo por versículo. 6 volumes. São Paulo: Hagnos.
    6. O homem que sabia. São Paulo: Nova Época Editorial.
    7. Enciclopédia de bíblia, teologia e filosofia. 6 volumes. São Paulo: Hagnos.

    (fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Russell_Norman_Champlin)

    O dr. Russell Norman Champlin estudou e traduziu as escrituras originais. Ele e sua família são batistas (ele não é espírita).

    Para saber um pouco mais sobre o trabalho do dr. Russell Norman Champlin: http://www.paulosnetos.net/attachments/054_Reencarnacao_e_sua_exegese_biblica.pdf


    Russell Norman Champlin, além de pesquisador e professor universitário, é pastor de igreja batista. Russell Norman Champlin é um verdadeiro pastor, pois procura a verdade, doa a quem doer. Coisa rara no meio evangélico, diga-se de passagem.

    Para ler e refletir: http://www.montfort.org.br/index.php?secao=cartas&subsecao=apologetica&artigo=20040720214246&lang=bra

    ResponderExcluir
  63. Para conhecimento, segue uma pequena lista de pesquisadores e cientistas e alguns de seus respectivos trabalhos e obras no campo da metafísica e seus fenômenos (vida após a morte, mediunidade e reencarnação), e a maioria deles nem espíritas são:

    Dr. Ian Stevenson(*);Jim Tucker (EUA, “A Vida Antes da Vida”); Bruce Greyson (EUA, “A Experiência do Quase-Morte: Problemas, Prospectos, Perspectivas”); Dr. Raymond Moody (EUA, “Investigando vidas passadas”); Dr. Puarich; Dr. Morris Netherton (EUA, “Vidas Passadas em Terapia”); Dra. Edith Fiore (EUA, “Já Vivemos Antes”); Dr. Brian Weiss (EUA, “Muitas Vidas, Muitos Mestres”); O físico Patrick Druout (França, “Vidas Anteriores e Futuras”); Dra. Helen Wambach (EUA, “Recordando Vidas Passadas”); Dra. Mª Júlia Prieto Peres (Brasil, “A TVP no Brasil”); Dr. Júlio Prieto Peres (Brasil, “Trauma e Superação: O que a Psicologia, a Neurociência e a Espiritualidade Ensinam”); O Eng. Hernani Guimarães Andrade (Brasil, “Reencarnação no Brasil”); Dra. Gláucia Lima (Portugal); Dr. José Correia (Portugal); Dr. Mário Simões (Portugal); Dra. Antonia Mills (Canadá); Dr. Erlendur Haraldsson (Islândia); Dr. Jünger Keil (Austrália); Dra. Dora Incontri (Brasil, “A Arte de Morrer - Visões Plurais”); Dr. Steven Jay Lynn (EUA); Dr. Décio Iandoli Jr. (Brasil, “A Reencarnação Como Lei Biológica”); Dr. Sérgio Felipe de Oliveira (“Glandula Pineal, novos conceitos e avanços nas pesquisas”); Alexander Moreira de Almeida; ... Entre muitos outros

    (*) A pesquisa efetuada mundialmente pelo professor Ian Stevenson, desde os anos 60, reúne mais de 2.500 relatos sobre reencarnação. Todos estes relatos e suas respectivas análises são encontrados na Universidade de Virgínia, EUA.

    ResponderExcluir
  64. Sinceramente, acredito que este é um Site evangélico e é obvio que os evangélicos não acreditam no espiritismo.
    Assim como os espiritas não acreditam nos evangélicos, então pra que entrar num site que é contra a sua crença? Com certeza vc vai encontra coisas de que não gosta.
    Cada um deve ficar na sua.
    Não gosto também quando os evangélicos se exaltam contra outras religiões. Devemos ganhar pelo proceder, mas enfim, ninguém é perfeito.
    Há católicos radicais, há espiritas radicais e há evangélicos radicais.
    Há católicos farsantes, há espiritas farsantes e evangélicos farsantes (alguns até nomeados aqui), mas o que importa isso?
    O importante é vc ter a consciencia de que vc não é um farsante.
    Se vc tem certeza do que crê, não há motivo para desacreditar o outro.
    Deus tem um plano na vida de cada um e no tempo certo cada um vai conhecê-lo. Não se preocupem, Deus dá oportunidades a todos.
    Isso sim é fundamental.
    O resto é ponto de vista.

    ResponderExcluir
  65. "Então pra que entrar num site que é contra a sua crença?".
    Então, por que mentir e caluniar para validar a sua crença? Isto é o que fizeram neste artigo sobre Chico Xavier.

    Quem tem telhado de vidro, não atira pedra nos dos outros.

    ResponderExcluir
  66. Recebi um email de Genizahvirtual, não conheço, nunca tive contato.E pior criticando pessoas, no caso Chico Xavier.
    Muito me entristece saber que ainda existe segmentos assim, preconceituosos,e se embasando em futilezas.
    "Quem não faz nada útil a humanidade não pernamece em suas memórias por muito tempo"(Gerard.d S.).
    Deus fez algo grandioso, Jesus também o fez , e muito humanos o fizeram, por permissão de Deus.
    Mais alguns que não tem o coração pronto à doação sem cobrança, sem dízimos, sem ofertas, sem ternos, sem casa legal, sem carro "bacana", sem cargo promissor seja na igreja ou no município precisam realmente cativar seus pupilos, ou seja suas ovelhas com críticas a outrens.
    Tenho dó de quem segue superiores de igrejas com esse tipo de conduta.
    Um pastor de ovelhas deve cativar pelo amor, pelo exemplo próprio, e pelo exemplo de Jesus e de Deus.
    "Amai vós uns aos outros..."
    Deixe que Deus julgue! Nenhum ser humano, ou igreja tem esse direito.

    Utilize esse espaço para propagar a palavra e o AMOR ao Cristo, ou seja a missão de sua igreja.


    P.S. Não me envie mais emails com esse tipo de conteúdo, não me conhecem, não sabem qual crença, ou doutrina tenho.
    Espero que avaliem as matérias que lançam nos emails por aí.
    Existe a justiça de Deus, e depois a dos homens, e eu sou fiel as duas.

    ResponderExcluir
  67. O que leva espíritas e simpatizantes a frequentarem um blog protestante ?

    Por que os católicos que vem "vender" seu catolicismo não se pronunciam num post deste e só o fazem quando convém ?

    Mistériooo ...

    Cuidado evangèlicos vocês estão sobre constante vigilância ....

    Que meda !

    ResponderExcluir
  68. Orientou Jesus a todos os seus seguidores: Não resistais ao mal; mas, se qualquer te bater na face direita, oferece-lhe também a outra;
    E ao que quiser pleitear contigo, e tirar-te as vestes, larga-lhe também as sandálias;
    E se qualquer te obrigar a caminhar uma milha, vai com ele duas...
    Ouvistes que foi dito na lei, em Deuteronômio: amarás o teu próximo e aborrecerás ao teu inimigo;

    EU PORÉM VOS DIGO: amai (também) a vossos inimigos; bendizei aos que vos maldizem; fazei o bem aos que vos hostilizam; E orai pelos que vos maltratam e perseguem...
    PARA QUE VOS TORNEIS FILHOS DO VOSSO PAI CELESTE (Mateus 5. 17/48)

    SENHOR de imensa luz e infinita Bondade!!!
    No santuário da oração, marco renovador do meu caminho...
    Não Te peço por mim, Espírito endividado, para quem reservaste os tribunais de Tua Excelsa Justiça.
    A Tua compaixão é como se fora o orvalho da esperança em minha noite moral; E isto basta ao revel pecador que tenho sido.
    Não Te peço, Senhor!!! Pelos que choram!!!.
    Clamo por Teu amor e benefício dos que são arrogantes e promovem as lamentações.

    Não Te venho pedir pelos que padecem...
    Suplico-te a bênção para todos aqueles que provocam a insensatez, utilizando o Teu nome;
    Não Te lembro os fracos da Terra...
    Recordo-Te quantos se julgam poderosos e vencedores.
    Não intercedo pelos que solução de fome...
    Rogo-Te amor para os que bloqueiam a ação de entendimento fraterno.

    Senhor Todo Poderoso!!!
    Não te tragam os que sagram de angústia...
    Relaciono diante de Ti os que golpeiam e ferem manipulando a Tua palavra;

    Não Te peço pelos que sofrem injustiças...
    Rogo-Te pelos cultivadores das trevas dentro das Igrejas;
    Não Te apresento os desprotegidos da sorte...
    Sugiro o Teu amparo aos que estendem a aflição e a miséria;
    Não Te peço mercê para as Almas traídas...
    Exorto-te o socorro para os que tecem os fios envenenados da discórdia;

    Pai Compassivo!!!
    Irradia a luz sobre os que vagueiam nas trevas da razão;
    Anula o pensamento insensato;
    Cerra os lábios que induzem à tentação;
    Bloqueia as palavras que semeiam a discórdia entres as pessoas;
    Educa as mãos que escrevem frases incoerentes;
    Detém os passos daqueles que semeiam o fanatismo religioso.

    Ajuda-nos a todos nós, filhos da ignorância, porque somente assim, Ó Deus misericordioso e justo!!!
    Poderemos edificar o paraíso do bem com todos aqueles que já Te compreendem e obedecem;
    Extinguindo o Inferno e hipocrisia daqueles que, como nós, se atiraram invigilantes, aos insanos torvelinhos do mal...

    email: abhceus@gmail.com
    http://vozqclamabr.blogspot.com/
    Intensivo de Difusão Espiritualidade – VOZ Q CLAMA

    ResponderExcluir
  69. Etaaa ... mineirin ... bão de proza ... esse chico .. hein ...
    conta cada caso ... só nas Minas Gerais memo .. neh ... haha ...
    PS: o pior é .. "alfabetização espiritual" kk

    ResponderExcluir
  70. adriano.wildner

    Eu ia responder seu comentário mas o Nestor ja disse o suficiente, então sugiro estudar os autores e as obras que ele lhe indicou porque são preciosissimas.
    Teologia brasileira é sim tendencionista, e visa apenas formar pastores evangélicos e não tem nenhuma finalidade em ensinar o aluno a ter opinião propria sobre as história ou os fatos.

    Vou emendar uma resposta a sua pergunta com outra pergunta:

    Segundo a doutrina espírita, não deveria haver um aumento na população humana, ou será que existe um armário de almas prontas para reencarnar. (isto e uma lei da física, dois corpos não podem ocupar o mesmo espaço)

    R: Segundo a doutrina evangélica, Adão e Eva foram os primeiros habitantes do planeta terra, logo os dois tiveram 3 filhos; Caim, Abel e Seth. 3 homens certo.
    Pergunto: De onde vieram os outros seres humanos???

    Esta é sua resposta sobre a a população mundial. O Espiritismo reconhece a existencia de vida em outros mundos, não sei se estes são sequer fisicos ou metafisicos, mas ainda sim creio na existencia de vida inteligente e não inteligente fora da Terra pelo principio simples de que seria um terrivel desperdicio de espaço e tempo para uma obra tão grandiosa se apenas nós fossemos os unicos seres do universo inteiro.

    Pense nisso!

    PAZ

    ResponderExcluir
  71. Mas que palhaçada!! Está faltando assunto pra este site?

    ResponderExcluir
  72. Vamos proclamar o espiritismo para o mundo !

    Kardec estava certo !

    E, ôps, onde está Kardec ?

    kardec, Kardec , Kardec, onde está vc ?

    Está reencarnado? Está a espera ? Onde está ?

    Por favor responda !

    ( Pausa )

    Ninguém ?

    ( Pausa )

    A humanidade e o homem individualmente não deveriam "evoluir" ?

    Por quê não melhoram ?

    Por quê se tornam cada vez mais bestiais ?

    Kardec, Kardec, cadê vc ?

    ( Pausa )

    ( Silêncio )


    :o(

    ResponderExcluir
  73. Acho que o Chico Xavier tem essa popularidade, porque a igreja que se diz cristã, não tem competência o suficiente para ter se assim tão popular, ao contrário, é odiada e é motivo de piada. A igreja tem destruido mais do que construido, com brigas internas e guerras sem sentido, enquanto as religiãos erradas, se tornam certa aos olhos das pessoas, pois, demonstram um caráter mais parecido com o de Cristo. acho que os cristãos deveriam refletir e começar a perceber isso.

    ResponderExcluir
  74. Olha, um erro nao justifica o outro!

    Qual o motivo de publicar as farsas de Chico Xavier? Simplesmente porque existem milhoes de pessoas(no Brasil e no mundo) "emocionados" com o filme "nosso lar", e estao sendo enganados por falsas doutrinas, doutrinas de demonios, doutrinas amaldicoadas, como diz Paulo em Galatas! Entao, se existem provas de quem era Chico Xavier(alem de um falso profeta, o que jah eh obvio), entao elas devem ser publicadas sim! E vamos deixar as outras pessoas perecerem? Vamos deixar o proximo continuarem a ser enganados por satanas com uma doutrina que distorce a biblia?

    Alguns falam: mas a igreja destroi, mas a igreja estah cheia de pecados, mas a igreja esta assim, a igreja esta assado.....sim, a igreja esta cheia de falhas - mas ainda assim eh o papel de nos, os cristaos, anunciarmos a VERDADE!

    ResponderExcluir
  75. Chacal - "
    R: Segundo a doutrina evangélica, Adão e Eva foram os primeiros habitantes do planeta terra, logo os dois tiveram 3 filhos; Caim, Abel e Seth. 3 homens certo" ERRADO!!!!!!!

    Genesis 5 diz que Adao teve FILHOS E FILHAS! Daih voce pergunta: E o incesto?

    O Incesto foi permitido por certo tempo por Deus, para que a Terra fosse povoada. Note que a proibicao do incesto soh veio com Moises.

    ResponderExcluir
  76. Senhor coordenador.
    Peço sua atenção para os dois pontos do artigo do senhor Johnny, a seguir mencionados:
    – Com relação à reportagem na revista O Cruzeiro, sugiro ver e ouvir o vídeo constante de http://wn.com/Chico_Xavier,_apresenta%C3%A7%C3%A3o,_caso_David_Nasser, onde, quase no final do vídeo, verá David Nasser e o ouvirá de viva voz o que ele disse sobre o fato deles terem se apresentado como repórteres estrangeiros.
    – Já com relação à pseudo psicografia da mãe do senhor João Guignone, como se tivesse sido efetuada a pedido do repórter José Hamilton Ribeiro, sugiro que leia a reprodução do artigo publicado na revista Realidade de novembro de 1971, contida em http://www.imagick.org.br/pagmag/turma2/xavier5.html e mencionada nas referências bibliográficas sob nº 7, pelo autor da matéria reproduzida aqui no site, a fim de que, nas próximas vezes, o senhor preste mais a atenção ao que coleta por aí, internet afora (ou que remetem para publicação), para não ser acusado futuramente de ter divulgado uma mentira, como se verdade fora. Por que digo isso? Simplesmente porque na reprodução da reportagem da Realidade consta o seguinte:
    “Para os doutrinadores, a sessão terminou. Para Chico, é apenas uma mudança de fase: agora ele vai atender às centenas de pessoas que estão ali há várias horas, vindas de vários lugares, para vê-lo, ouvi-lo, tocá-lo. Para obter dele uma assinatura, um lápis usado, um botão de sua roupa, uma relíquia qualquer. A algumas pessoas proporcionará um sinal ou dirá algo que depois vai correr de boca em boca, como mais uma manifestação de “Vida Maior”. Aconteceu com o sr. João Guignone, presidente da Federação Espírita do Paraná. Ao chegar a sua vez de abraçar o médium, ouviu-o dizer:
    - Sabe quem está aqui do meu lado, cheia de emoção e querendo abraçá-lo? Sua mãe!
    O sr. João fingiu alegria, manteve a aparência e depois comentou com um companheiro:
    - Acho que o Chico não está regulando bem. Disse que viu ao seu lado o espírito, de minha mãe, e mamãe está viva em Curitiba!
    Bem, foi ele chegar ao hotel e um interurbano do Paraná lhe dava a notícia.”
    Veja que na versão constante do artigo do Sr. Johnny T. Bernardo houve uma distorção dos fatos narrados na reportagem da revista Realidade por ele mencionada. E ele ainda tem o desplante de afirmar que é imparcial, conforme consta em http://www.genizahvirtual.com/2010/12/mais-para-quadrilha-do-genizah-o.html!... Pode?!
    Frazão

    ResponderExcluir
  77. Refutação ao Sr. Nestor, espíritas e simpatizantes – Primeira parte.
    Não se pode negar que a doutrina da reencarnação é a doutrina mais saliente do espiritismo. Admitindo como natural e espontânea a reencarnação, AK afirma: “Como quer opinemos acerca da reencarnação, quer a aceitemos, quer não, isso não constituirá motivo para que deixemos de sofrê-la, desde que ela exista .” Como parece tão óbvia a reencarnação para os espíritas, a FOLHA ESPÍRITA de junho de 1998, na primeira página dessa edição, em grandes manchetes trouxe o título “A VOLTA DE ALLAN KARDEC”. Com esse título tomou-se conhecimento de que em mensagem de Hilário Silva, recebida pelo médium Antônio Baduy filho, na reunião de abertura da 34º Confraternização de Mocidades e Madurezas Espíritas do Triângulo Mineiro (COMMETRIM) na noite de 31/10/1997, em Ituitaba-MG, tomou-se conhecimento de que Chico Xavier era a reencarnação de Allan Kardec.
    O mesmo jornal, FOLHA ESPÍRITA, publica uma entrevista de Marlene Nobre, que, indagada como recebeu a mensagem de Hilário Silva, declarou: “ Com naturalidade e, porque não dizer, com um misto de alegria e alívio. Naturalidade, porque há cerca de 40 anos tenho certeza de que Chico Xavier é a reencarnação de Allan Kardec, o Apóstolo da Renovação Humana, segundo a feliz denominação de Emmanuel.”
    ALLAN KARDEC
    Poucas pessoas sabem que Allan Kardec é o pseudônimo de um homem, cujo nome verdadeiro é Hippolyte Léon Denizard Rivail. Nasceu Hippolyte Léon Dinizar Rivail em Lion, na França, no dia 3 de outubro de 1804. A partir de 1855, dedicou-se inteiramente ao espiritismo. A partir de 18 de abril de 1857 desaparece Hippolyte Léon Denizard Rivail para dar lugar a Allan Kardec. Morreu no dia 3l de março de 1869, em Paris, com a idade de 65 anos incompletos. Os livros escritos por Allan Kardec, que constituem a codificação do espiritismo são:
    1. O Livro dos Espíritos (publicado em 18 de abril de 1857, em francês)
    2. O Que é o Espiritismo (1859)
    3. O Livro dos Médiuns (186l)
    4. O Evangelho Segundo o Espiritismo (1864)
    5. O Céu e o Inferno (1865)
    6. A Gênese (1868)
    7. Obras Póstumas (publicado depois da sua morte, ocorrida em 31 de março de 1869)
    CHICO XAVIER
    Francisco Cândido Xavier nasceu a 2 de abril de 1910, em Pedro Leopoldo, MG. Afirma ter tido as primeiras visões aos 4 anos. Por duas vezes teve o nome indicado para concorrer ao Nobel da Paz (198l e 1982). Psicografa desde 1927. Parnaso de Além-Túmulo, primeiro livro psicografado, foi lançado em 1932. Aos 88 anos de idade, e com a saúde já muito abalada, o mais célebre médium brasileiro reside na Casa da Prece, Av. João XXIII, no bairro do Aeroporto, Uberaba-MG, conhecida como a capital do Espiritismo Kardecista no Brasil. Para lá convergem milhares de pessoas de todo o Brasil. Já publicou 408 livros, sendo o único escritor espírita que supera Allan Kardec. Definindo sua razão de viver, declara ele: “Ah... mas quem sou eu senão uma formiga, das menores, que anda pela terra cumprindo sua obrigação.”(ISTO É/1358-11-10-95, p.101)

    ResponderExcluir
  78. O anônimo perguntou (P = Pergunta, R = Resposta):

    P: “E, ôps, onde está Kardec ?”
    R: Eu não sei. Porém, e os milagres de Jesus aconteram? Jesus andou realmente sobre a água? Onde estão os registros históricos de tais milagres e prodígios? Por que os manuscritos do Mar Morto não citam Jesus e muito menos Seus milagres e prodígios? Por que tais fatos só constam na Bíblia?

    P: “A humanidade e o homem individualmente não deveriam "evoluir" ?”
    R: A humanidade evoluiu sim. Contudo, a evolução da humanidade é lenta, pois é a média da evolução de cada indivíduo no geral. Prevalece a maioria.

    P: “Por quê se tornam cada vez mais bestiais ?”
    R: Onde nos tornamos cada vez mais bestiais? Por acaso vamos a anfiteatros para ver crueldades? (Como faziam nossos antepassados). Quanto mais voltamos no tempo, percebemos que as guerras eram mais freqüentes e duradouras e a busca por expansão de territórios e domínios era maior. No século I, por exemplo, era normal o povo se divertir vendo pessoas sendo destroçadas e devoradas por leões e tigres, seres humanos lutando com armas até a morte, etc. Nessa época, tais atrocidades eram diversão. Existiam até arenas para tal finalidade! Em tais épocas, era comum uma nação invadir a outra, genocídios, limpezas étnicas, etc. A escravidão era normal em qualquer nação. As mulheres eram tratadas e tidas como seres inferiores. Rituais hediondos como o sacrifício de animais era comum na maioria das religiões; algumas até com sacrifícios humanos! E por aí vai... Em suma, se compararmos o passado com o presente, constataremos que a humanidade evoluiu sim.

    Agora, eu pergunto: Por ninguém respondeu a pergunta do sr. Chacal? A saber: “Segundo a doutrina evangélica, Adão e Eva foram os primeiros habitantes do planeta terra, logo os dois tiveram 3 filhos; Caim, Abel e Seth. 3 homens certo.
    Pergunto: De onde vieram os outros seres humanos???”

    ResponderExcluir
  79. À sra. Juliana, sugiro que leia meus comentários de 21 de março de 2011 14:19 e 23 de março de 2011 13:32.

    ResponderExcluir
  80. "O Incesto foi permitido por certo tempo por Deus, para que a Terra fosse povoada. Note que a proibicao do incesto soh veio com Moises".

    Que Deus, Todo Poderoso, é esse que permite o incesto e depois proibe. Permite algo por um tempo, depois proibe. Sendo Todo Poderoso, Deus precisaria permitir o incesto para povoar a Terra. Afinal, não havia barreiras para Ele. Como pode um ser que criou o mundo, o Universo, em passes de mágica, fez o homem do barro, precisar que fosse praticado o incesto para que a Terra fosse povoada?

    E de onde vieram tantas raças?

    Francamente!

    ----

    Sr. Adriano.Wildner, não entendi esta sua refutação. Eu já sabia disso. Contudo, Chico Xavier jamais afirmou ser a reencarnação de AK.

    ResponderExcluir
  81. Refutação ao Sr. Nestor, espíritas e simpatizantes – Segunda parte

    PARADOXO: DOIS AK REENCARNADOS AO MESMO TEMPO?
    Pode parecer estranha essa nossa pergunta, “Como podem duas pessoas alegarem ser a reencarnação de Allan Kardec, considerando que ambos viveram na mesma época? É que o fundador da Legião da Boa Vontade também alegava, enquanto vivia, ser a reencarnação de Allan Kardec. Citando uma das obras de AK, Alziro Zarur afirmava que ele viera completar a obra de Kardec, trazendo para o mundo a quarta revelação de Deus aos homens. Como sabemos, AK reclama ser o Espiritismo a terceira revelação de Deus aos homens. A primeira revelação foi dada por Moisés, e surgiu o Velho Testamento. A segunda revelação veio por Jesus Cristo, e surgiu o Novo Testamento. A terceira revelação seria o cumprimento da promessa de Jesus de mandar o Consolador, com a chegada do Espiritismo codificado por AK. Agora, surgiu a quarta revelação reclamada pelo fundador da LBV, Alziro Zarur, que se propôs completar a obra iniciada por AK.
    Diz ele: “Allan Kardec recebeu de Seus Amigos Espirituais em meados do século passado, a notícia de que regressaria à Terra para completar a sua missão, porque o Espiritismo não dera a última palavra.”... Ora, tudo isso está matematicamente cumprido no Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho e do Apocalipse, graças à ação heróica, pertinaz de Alziro Zarur: Kardec veio. Cumpriu, na íntegra, a segunda metade de sua admirável tarefa missionária.”... “... os irmãos espíritas, diante da marcha inexorável da Verdade, reconhecerão que Alziro Zarur foi Kardec que voltou. E completou a missão do Espiritismo, com a RELIGIÃO DE DEUS...”( A Saga de Alziro Zarur-III, JESUS, Zarur, Kardec, Roustaing Na Quarta Revelação, 5ª edição, p. 11-13) É possível? Pergunta que deixamos para os espíritas responder...
    REENCARNAÇÃO: TEORIA OU FATO?
    A teoria da reencarnação é a principal doutrina do espiritismo. Tudo no espiritismo se centraliza nessa palavra. Embora AK não goste de admitir a palavra dogma, chega a afirmar que a reencarnação é um “ dogma”. A palavra reencarnação é formada de dois vocábulos: 1) re (que indica repetição) e 2) encarnar (tornar a tomar corpo ou tornar-se carne). Significa, pois, o vocábulo reencarnação tornar a tomar corpo. A frase célebre esculpida no túmulo de AK, em Paris, sintetiza a doutrina ensinada por ele: “Nascer, morrer, renascer e progredir sempre; esta é a lei.
    Allan Kardec assim define a reencarnação: “A reencarnação é a volta da alma à vida corpórea, mas em outro corpo especialmente formado para ela e que nada tem de comum com o antigo.” Ainda explica ele que: “A pluralidade das existências, difere essencialmente da metempsicose, em não admitir o espiritismo a encarnação da alma humana nos corpos dos animais, mesmo como castigo. Declara que as almas não regridem mas sempre progridem. Por fim, o espírito fica sendo puro espírito, espírito bem-aventurado. Ensino totalmente contrário à Bíblia que fala da redenção por Cristo e ressurreição do corpo como estado final. “ “Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles.”(Hb 7.25) “Não vos maravilheis disto; porque vem a hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a sua voz. E os que fizeram o bem sairão para a ressurreição da vida; e os que fizeram o mal para a ressurreição da condenação. (Jo 5.28,29)

    ResponderExcluir
  82. Refutação ao Sr. Nestor, espíritas e simpatizantes – terceira parte.
    DOUTRINA DOS ESPÍRITOS OU DE ALLAN KARDEC?
    Segundo ALLAN KARDEC, existem duas condições essenciais para que uma doutrina seja aceita como doutrina espírita. A primeira é que haja generalidade, e a segunda é que haja concordância geral dos espíritos. Diz ele: “ O caráter essencial desta doutrina, a condição de sua existência, está na generalidade e concordância do ensino; donde resulta que todo princípio que não recebeu a consagração do assentimento da generalidade, não pode ser considerado parte integrante desta mesma doutrina, mas simples opinião isolada, cuja responsabilidade o espiritismo não assume” (A Gênese, p. 903, Opus Editora Ltda., 2ª edição)

    Então surge a pergunta muito oportuna: a principal doutrina espírita pode ser classificada como genuinamente espírita? A nossa resposta é que a principal doutrina espírita, a doutrina da reencarnação, não pode ser considerada espírita por não haver assentimento de todos os espíritos nesse ensino. O próprio AK é quem nos diz isso: “Seria o caso, talvez, de examinar-se porque todos os Espíritos não parecem de acordo sobre este ponto.”(O Livro dos Espíritos, p. 94, Opus Editora Ltda.)
    Continua AK: “De todas as contradições que se observam nas comunicações dos Espíritos, uma das mais chocantes é aquela relativa à reencarnação, como se explica que nem todos os Espíritos a ensinam?”(O Livro dos Médiuns, p. 496, Opus Editora Ltda., 2ª edição, 1985)
    AK insiste em deixar bem claro o que se pode classificar como doutrina espírita: “ Não será a opinião de um homem que se aliarão os outros, mas à voz unânime dos Espíritos; não será um homem, como não será qualquer outro, que fundará a ortodoxia espírita; tampouco será um Espírito que se venha impor a quem quer que seja: será a universalidade dos Espíritos que se comunicam em toda a Terra, por ordem de Deus. Esse o caráter essencial da Doutrina Espírita, essa a sua força, a sua autoridade.”(O Evangelho Segundo o Espiritismo, p. 36, 77ª edição).
    A confissão clara e inequívoca é que a principal doutrina espírita não é na verdade espírita, mas do codificador do espiritismo:
    “Não é somente por que ela nos veio dos Espíritos, mas porque nos parece a mais lógica e a única que resolve as questões até então insolúveis. Que ela nos viesse de um simples mortal e a adotaríamos da mesma maneira, não hesitando em renunciar às nossas próprias idéias. Do mesmo modo, nós a teríamos repelido, embora viesse dos Espíritos, se nos parecesse contrária à razão, como repelimos tantas outras.” (O Livro dos Espíritos, p. 97. Opus Editora Ltda., 2ª edição, 1985).
    Afinal, para que serve o ensino tão apregoado dos espíritos no Livro dos Espíritos, com mais de mil perguntas formuladas por AK e respondidas pelos espíritos, se o próprio AK declara que rejeitaria a reencarnação, se não lhe parecesse racional?

    ResponderExcluir
  83. Refutação ao Sr. Nestor, espíritas e simpatizantes – quarta parte.
    Metafísica
    Platão e Aristóteles, de Raphael (Stanza della Segnatura, Roma). Aristóteles é considerado o "pai" da metafísica. Um detalhe interessante da imagem que podemos observar são as mãos, tanto de Aristóteles, quanto de Platão, veja que a mão de Aristóteles esta voltada para baixo, representando sua crença em relação à realidade, e a mão de Platão para cima, ou seja, o mundo das ideias.
    A metafísica (do grego antigo μετα [metà] = depois de, além de; e Φυσις [physis] = natureza ou física) é uma das disciplinas fundamentais da filosofia. Os sistemas metafísicos, em sua forma clássica, tratam de problemas centrais da filosofia teórica: são tentativas de descrever os fundamentos, as condições, as leis, a estrutura básica, as causas ou princípios primeiros, bem como o sentido e a finalidade da realidade como um todo, isto é, dos seres em geral.
    Concretamente, isso significa que a metafísica clássica ocupa-se das "questões últimas" da filosofia, tais como: há um sentido último para a existência do mundo? A organização do mundo é necessariamente essa com que deparamos, ou seriam possíveis outros mundos? Deus existe? Se existe, como podemos conhecê-lo? Existe algo como um "espírito"? Há uma diferença fundamental entre mente e matéria? Os seres humanos são dotados de almas imortais? São dotados de livre-arbítrio? Tudo está em permanente mudança, ou há coisas e relações que, a despeito de todas as mudanças aparentes, permenecem sempre idênticas?
    Em sua concepção clássica, os objetos da metafísica não são coisas acessíveis à investigação empírica; ao contrário, são realidades transcentes que só podem ser descobertas pelas luzes da razão. Essa pretensão de estabelecer teses gerais que não se curvam à orientação da experiência foi repetidas vezes criticada - as críticas sistemáticas aos projetos metafísicos tradicionais tornaram-se parte importante de várias correntes e escolas filosóficas, especialmente nos séculos XIX e XX, e atualmente podem ser vistas como um traço importante da concepção de mundo moderna.

    ResponderExcluir
  84. Refutação ao Sr. Nestor, espíritas e simpatizantes – quinta parte.
    O Principio
    “No principio criou Deus os céus e a terra” Genesis 1:1

    Essa é a informação no Manual do Fabricante sobre 0 inicio da criação registrado de forma sucinta no livro de Gênesis. No princípio... Deus criou os céus... E por fim a terra. Habitamos numa galáxia chamada via láctea, de forma espiral um gigantesco aglomerado de nada menos do que 100 bilhões de estrelas. Nossa galáxia tem um diâmetro de 100 mil anos luz, ou seja, se pudéssemos navegar em uma espaçonave de um lado a outro da galáxia, viajando a velocidade da luz, (300, 000 km por segundo) 100 mil anos luz na medida de 365 dias, observe: Um minuto tem sessenta segundos; uma hora tem sessenta minutos logo 60X60= 3.600 segundos. Um dia tem vinte e quatro horas, e uma hora tem 3.600 segundos logo 24X3. 600=86.400 segundos. Um ano tem 365 dias sendo que um dia tem 86.400 segundos chegamos à conclusão de 31.536.000.

    A velocidade que a luz percorre o espaço é de 300.000 kilômetros por segundo. Isso significa que: 31.536,000X300. 000, a distancia exata de um lado a outro da galáxia é 9.460.800.000.000 de Kilometros. Se é que consegue compreender a dimensão, dessa distancia. Dentro dessa imensidão de estrelas, ao qual o nosso sol é uma entre as 100 bilhões que existem, o nosso planeta terra cabe dentro do sol 1 milhão e trezentas mil vezes. A maior estrela da nossa via láctea é ANTARES. (Ela possui um diâmetro de 241 milhões e 350 mil kilometros; para ser ter uma idéia cabe todo o nosso sistema solar o sol, a terra e os demais planetas dentro dela).
    Bem isso realmente é colossal. Imagine que se estivéssemos no núcleo de nossa galáxia, há 30 mil anos luz de distancia do nosso sistema solar numa estação espacial, teríamos que fazer o seguinte levantamento cartográfico: Aumentar um pequeno segmento do braço da espiral, onde se encontra o nosso sistema solar, em cerca de 40 vezes.
    Então o sol e os planetas seriam vistos apenas como manchas microscópicas, perdidas num amontoado de estrelas e nuvens enormes de poeira estelar. Em seguida precisaríamos cartografar essas nuvens gasosas aumentando em 625 vezes, assim, o sol, que está a 30 mil anos-luz do centro da galáxia poderia ser visto, justamente com as estrelas mais próximas. Diz o Manual do Fabricante: O Chacal PENSE NISSO VOCE TAMBEM.

    ResponderExcluir
  85. Refutação ao Sr. Nestor, espíritas e simpatizantes – sexta parte.
    "Os céus declaram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra de suas mãos. Um dia faz declaração a outro dia, e uma noite mostra sabedoria a outra noite. Não há linguagem nem fala onde não se ouça a sua voz". (Salmos 19:1-3)

    Bem, considerando que a nossa galáxia Via láctea é apenas uma dos bilhões que existem no universo, fazendo as contas, 100 bilhões de galáxias vezes 100 bilhões de estrelas, existem 10 centilhões de estrelas, ou seja, o numero dez, (10) seguido de 21 zeros. Essa estimativa só leva em conta o que os astrônomos chamam de universo visível, ou seja, aquele cuja luz chega até nós. Evidentemente, os astrônomos não passam o tempo descobrindo e contando estrelas. Isso seria uma tarefa impossível.

    Portanto, crer em Deus é uma questao de lógica, não uma questão de fé acreditar que tudo que ai está foi criado pelo acaso é o mesmo que acreditar que aconteceu uma explosão numa tipografia e surgiu um dicionário.
    Pense nisso!


    CONCLUSÃO
    Como encarar a notícia alvissareira transmitida pela FOLHA ESPÍRITA e plenamente aceita por pessoas inteligentes, como soe acontecer com os espíritas kardecistas que são, de todos os ramos do espiritismo, os mais esclarecidos? Tão esclarecidos são que o próprio Chico Xavier se encarrega de esclarecer seus irmãos espíritas sobre sua reencarnação como Allan Kardec. Indagado se tinha consciência de ser AK reencarnado, respondeu: “Quando (ou quanto) a mim, os Espíritos nada me informaram a respeito.” (Folha Espírita, nov./98, p. 7) É o problema da doutrina reencarnacionista: ninguém sabe o que realmente foi e nem o que fez em vidas passadas. Embora tal circunstância espera evoluir para a condição de espírito puro, reencarnando quantas vezes forem necessárias. Pura fantasia! A Bíblia é clara quando afirma: “ E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo.”(Hb 9.27) Morrer uma só vez, não um número indefinido de vezes. É a explícita afirmação da unicidade da vida terrestre. AK não reencarnou no corpo de Alziro Zarur e muito menos no corpo de Chico Xavier. Pura ilusão espírita.
    Quanto ao fato de fazer teologia em um instituto pentecostal ou não, isto não tira o meu direito de expressar a minha opinião a constituição brasileira me garante isto! Posso criticar, escrever, falar e me expressar graças a Deus e a nossa constituição. E o fato de ser formado em uma faculdade reconhecida, não garante o caráter de ninguém, à final de contas em nosso país isto fica bem claro com os nossos políticos, são pessoas muito bem esclarecidas, na sua grande maioria, e usam seus diplomas universitários (conhecimento) para lesar a população. Ou estou errado, Sr. Nestor.
    É importante esclarecer que QUALQUER CIDADÃO BRASILEIRO, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.

    Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença" (inciso IX).
    Assim sendo não vou mais discutir sobre isto, pois Fé e algo muito pessoal.
    Adriano Wildner.

    ResponderExcluir
  86. Sr. Adriano.Wildner, suas refutações não são refutações. São meros sofismas. Eu não estou questionando a existência de um Criador para o Universo. Questiono o Deus bíblico. Toda a história do Gênesis é oriunda da mitologia sumeriana, sincretizada com o masdeísmo persa.
    Comece pesquisando sobre o poema Enuma Elish.

    A Bíblia tem muitas contradições. É claro que não é 100% contradição, mas tem muitas. Para ser realmente a Palavra de Deus (que é Absolutamente Perfeito), a Bíblia não deveria possuir 1 contradição sequer.

    ResponderExcluir
  87. Evangélicos e seus sofismas e mentiras!

    O sr. Adriano.Wildner disse: “Como podem duas pessoas alegarem ser a reencarnação de Allan Kardec, considerando que ambos viveram na mesma época?”. Quem foram essas duas pessoas? Eu já disse que Chico Xavier jamais afirmou ser a reencarnação de Kardec. Mas já que o sr. insiste nisso, então, prove que Chico Xavier disse ser a reencarnação de Allan Kardec.

    O sr. Adriano.Wildner também disse: “É que o fundador da Legião da Boa Vontade também alegava, enquanto vivia, ser a reencarnação de Allan Kardec”. Todavia, contraditoriamente, o sr. Adriano.Wildner afirma, logo em seguida: “Citando uma das obras de AK, Alziro Zarur afirmava que ele viera completar a obra de Kardec”. Vejamos quão confusos são os evangélicos em seus sofismas, oriundos do aprisionamento consciencial: Primeiro, o sr. Adriano.Wildner afirma que o próprio sr. Alziro Zarur alegava ser a reencarnação de Kardec, depois, o sr. Adriano.Wildner cita uma das obras do sr. Alziro, na qual afirma que viera completar a obra de Kardec. Sr. Adriano.Wildner, de duas, uma: Ou o sr. Alziro afirmava ser a reencarnação de Kardec ou ele afirmava que veio completar a obra de Kardec. Uma coisa é ser a reencarnação de alguém, outra é completar a obra desse alguém. Contudo, se o sr. Alziro afirmou que viera completar a obra de Kardec, isto não quer dizer que ele seja a reencarnação de Allan Kardec e nem que tenha afirmado isto.

    Sr. Adriano.Wildner, sobre alguns espíritos discordarem entre si em alguns pontos, o Livro dos Espíritos diz o seguinte na questão 143: “Os Espíritos não se acham todos esclarecidos igualmente sobre estes assuntos. Há Espíritos de inteligência ainda limitada, que não compreendem as coisas abstratas. São como as crianças entre vós. Também há Espíritos pseudo-sábios, que fazem alarde de palavras, para se imporem, ainda como sucede entre vós. Depois, os próprios Espíritos esclarecidos podem exprimir-se em termos diferentes, cujo valor, entretanto, é, substancialmente, o mesmo, sobretudo quando se trata de coisas que a vossa linguagem se mostra impotente para traduzir com clareza. Recorrem então a figuras, a comparações, que tomais como realidade”. Deve-se entender que todo espírito está em processo evolutivo e todo o seu conhecimento é relativo. Quando uma pessoa desencarna não se torna sabedor de todo conhecimento universal. Isto é muito relativo. Depende da bagagem de conhecimentos, das lembranças de vida passadas, do tempo no plano espiritual, do nível vibratório no qual se encontra, etc. É análogo ao que acontece com nós outros. A diferença entre nós e os espíritos é o escafandro de carne e isto faz uma enorme diferença.

    Continua...

    ResponderExcluir
  88. Continuação:

    Agora, sr. Adriano.Wildner, vamos à questão da reencarnação. O sr. não publicou a resposta dos espíritos à pergunta de Kardec (comportamento típico dos evangélicos, acostumados a distorcer e omitir a verdade), mas eu postarei a pergunta e a resposta do Livro dos Médiuns (capítulo XXVII, 8ª questão): Pergunta: “De todas as contradições que se notam nas comunicações dos Espíritos, uma das mais frisantes é a que diz respeito à reencarnação. Se a reencarnação é uma necessidade da vida espírita, como se explica que nem todos os Espíritos a ensinem?”. Resposta: “Não sabeis que há Espíritos cujas idéias se acham limitadas ao presente, como se dá com muitos homens na Terra? Julgam que a condição em que se encontram tem que durar sempre: nada vêem além do circulo de suas percepções e não se preocupam com o saberem donde vêm, nem para onde vão e, no entanto, devem sofrer a ação da lei da necessidade. A reencarnação é, para eles, uma necessidade em que não pensam,senão quando lhes chega. Sabem que o Espírito progride, mas de que maneira? Têm isso como um problema. Então, se os interrogardes a respeito, falar-vos-ão dos sete céus superpostos como andares. Alguns mesmo vos falarão da esfera do fogo, da esfera das estrelas, depois da cidade das flores, da dos eleitos”. Esta pergunta de Allan Kardec e sua publicação no Livro dos Médiuns evidencia a honestidade e seriedade da Doutrina Espírita. Caso contrário, tal pergunta nem seria publicada no supracitado livro. Isto mostra que não há nada de autoritarismo e nem nada a esconder no Espiritismo.

    Sr. Adriano.Wildner, todas estas declarações de Allan Kardec só confirmam o quanto o Espiritismo é sincero, não havendo nada que o desabone.

    A Doutrina Espírita estimula a ampliação do conhecimento, ao contrário das doutrinas pentecostais e católica, que aprisionam, bitolando as pessoas, impedindo que pensem, que questionem, que busquem conhecimento em outras fontes. Isto sim é autoritarismo.

    Esses evangélicos e suas tergiversações, distorções e omissões! Iludem-se e mantêm outros iludidos. Querem permanecer com antolhos. Mas assim é a Lei da Afinidade.

    ResponderExcluir
  89. “É o problema da doutrina reencarnacionista: ninguém sabe o que realmente foi e nem o que fez em vidas passadas. Embora tal circunstância espera evoluir para a condição de espírito puro, reencarnando quantas vezes forem necessárias. Pura fantasia!”.

    Sr. Adriano.Wildner, por razões óbvias, existe o esquecimento de vidas pretéritas. Entretanto, existem algumas exceções. Sugiro que você leia as obras dos cientistas e pesquisadores que postei (pare de falar sem conhecimento; pare de julgar; pesquise). Se fosse pura fantasia, cientistas céticos e sérios não pesquisariam sobre reencarnação. Todavia, as origens das fábulas bíblicas já foram encontradas nas tábuas sumerianas. Já ouviu falar da Epopéia de Gilgamesh?

    Sr. Adriano.Wildner, mais fantasia que as estórias narradas no Gênesis, tenho certeza que não.

    ResponderExcluir
  90. Para ler e refletir:

    Existem os que crêem na ressurreição e interpretam Hebreus 9: 27 como negação à doutrina das vidas sucessivas (reencarnação), mas, por outro lado, existem os adeptos da reencarnação, que entendem Hebreus 9: 27 como negação à ressurreição. Contudo, analisando sem proselitismos, Hebreus 9: 27 possui uma tácita contradição com certos fatos narrados em outras passagens da Bíblia. Considerando Hebreus 9: 27 como regra condenatória à reencarnação, a contradição surge ao se confrontar com as ressurreições narradas na Bíblia. Por exemplo: Segundo o Novo Testamento, Lázaro estava morto, com a decomposição cadavérica já iniciada, e fora ressuscitado por Jesus. Admitindo-se que ao homem é dado morrer apenas uma vez, Lázaro não poderia morrer novamente depois de ressuscitado, pois isto violaria Hebreus 9: 27, ou seja, Lázaro estaria vivo até hoje. Outros exemplos bem conhecidos de ressuscitados, conforme as narrativas bíblicas: O filho da viúva, ressuscitado pelo profeta Elias (I Reis 17: 17-22), o filho da viúva da cidade de Naim, ressuscitado por Jesus (Lucas 7: 11-15), a filha de Jairo, o chefe da sinagoga, também ressuscitada por Jesus (Lucas 8: 53-55) e a discípula Tabita/Dorcas, ressuscitada por Pedro (Atos 9: 36-41). Conforme a interpretação natural de Hebreus 9: 27, quem morreu uma vez não pode morrer outra vez, isto é, os ressuscitados bíblicos deveriam estar vivos até hoje; seriam imortais. A interpretação mais coerente para Hebreus 9: 27 diz que não é possível morrer mais de uma vez na mesma vida (encarnação), ou seja, ab-roga a ressurreição. Esta interpretação é a mais coerente porque não existe nem uma prova histórica de alguém que tenha ressuscitado de verdade. Raciocinando logicamente, Hebreus 9: 27 está certo, pois é impossível morrer mais de uma vez na mesma vida. Esta interpretação, ao nulificar a ressurreição, lança dúvidas sobre as ressurreições narradas na Bíblia: Será que elas ocorreram realmente? Será que os supostos ressuscitados estavam verdadeiramente mortos? A interpretação que nega a ressurreição – para Hebreus 9: 27 – compatibiliza-se com a doutrina das vidas sucessivas, pois a reencarnação torna-se a única opção viável diante da impossibilidade da ressurreição. De fato, em uma interpretação imparcial, Hebreus 9: 27 rejeita implicitamente a ressurreição, portanto, engana-se quem utiliza Hebreus 9: 27 para negar a reencarnação, pois, na verdade, está negando a ressurreição (“E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo”; os “ressuscitados” já morreram uma vez, portanto...). Em suma, Hebreus 9: 27 não aprova e nem desaprova a reencarnação, entretanto, invalida a ressurreição. Vale lembrar que a ressurreição é uma impossibilidade científica, principalmente quando o corpo já se decompôs totalmente, que é o caso das alardeadas ressurreições do fabuloso dia do Juízo Final. (Fonte: http://www.agbook.com.br/book/29473--QUIMERA ou http://www.clubedeautores.com.br/book/41787--QUIMERA ou http://etceterablog.com/todos-os-livros/126-quimera.html)

    Tal qual Hebreus 9:27, eis mais um trecho bíblico que nega indubitavelmente a ressurreição e não a reencarnação: "Tal como a nuvem se desfaz e passa, aquele que desce à sepultura jamais tornará a subir. Nunca mais tornará à sua casa, nem o lugar onde habita o conhecerá jamais" (Jó 7:9-10). Portanto, segundo Jó 7:9-10 e Hebreus 9:27, a ressurreição dos mortos é impossível.

    ResponderExcluir
  91. “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença" (inciso IX)”.

    Sr. Adriano.Wildner, esta sua afirmação acerca do Carta Magna cabe bem a vocês. Fale isso a seus irmãos evangélicos. São vocês que vivem denegrindo, julgando, difamando e caluniando outras crenças, ideologias e seus expoentes, como se fossem donos da Verdade. Aqui, estamos apenas reagindo a este artigo mentiroso, difamador e caluniador. Vocês atiraram a primeira pedra (como de praxe).

    [E até agora não vi uma prova das alegações e acusações deste artigo sobre Chico Xavier]

    ResponderExcluir
  92. Sr. Adriano.Wildner, o conhecimento liberta!

    ResponderExcluir
  93. Isso aqui tá parecendo "guerra de liminares"! Essa "guerra" de Ctrl C - Ctrl V não leva a nada. Um lado não vai convencer o outro.
    Quer evangelizar? Evangelize com sua vida, seu testemunho, mostrando que em Cristo somos novas criaturas, que amamos ao próximo como a nós mesmos. Mostre que nada é mais sublime do que seguir o Mestre, do que viver o Evangelho da graça de Jesus Cristo, que na cruz se deu para nos salvar, nos reconciliar com o Pai, nos trazendo a redenção e perdão pelas nossas muitas transgressões. Seja um IMITADOR de Cristo.

    ResponderExcluir
  94. O sr. Bruno Monteiro está correto em seu conselho. Em vez de vocês, evangélicos, ficarem julgando, criticanto e postando artigos mentirosos sobre outras crenças e pessoas, deveriam pôr em prática o amor ao próximo, seja como for. Faço minhas as palavras do sr. Bruno Monteiro, que parece ser um verdadeiro cristão: "Seja um IMITADOR de Cristo", independente de sua crença.

    ResponderExcluir
  95. "A Doutrina Espírita estimula a ampliação do conhecimento, ao contrário das doutrinas pentecostais e católica, que aprisionam, bitolando as pessoas, impedindo que pensem, que questionem, que busquem conhecimento em outras fontes."



    Ué ? Onde estão os "católicos" "anônimos" ???

    Só "sabem" debater com evangélicos ?

    E agora , como fica a "tradição/ensino" ?

    Concordam com a exposição espírita/reencarnacionista ?

    ResponderExcluir
  96. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  97. A batalha é ardua Nestor, e nesta outra matéria ja havia mencionado o tema ressuscitação como algo , para dizer o minimo, questionavel: http://www.genizahvirtual.com/2011/03/chico-xavier-esta-prestes-ser.html. Mencionei aqui que na época a Mandragora, uma raiz amplamente utilizada para enfermidades, tinha entre suas propriedades os principios; Analgésico, Entorpecente, Alucinogeno entre outros. E que cogitava-se inclusive a possibilidade de Jesus não ter morrido, e de ter sido ajudado pelo soldado romano que o espetou com a Lança. Ora, imaginem só que logo depois este mesmo soldado se converteu. Curioso não.E que o sóldado vendo a lamentavel situação de Cristo, providenciou que Mandragora fosse misturada a agua, e não vinagre como Dizem e esta o fez cair em sono profundo na cruz. Ao ser retirado, foi feito todo ritual de sepultamento, só que ao anoitecer, com os soldados fora, Alguem pode ter ido até la e removido Jesus para lugar esmo. Essa é uma teoria, não necessáriamente crieo nela, pra mim ele morreu mesmo, só que o corpo foi retirado do Local pelos apostolos para outro local sem que ninguem soubesse, e o que Maria Madalen viu, foi sim O espirito de Jesus e não Jesus em carne e osso. Tanto é que ele pede a ela que não o Toque; Imagina se ela tenta toca-lo e a mão dela atravesa-se ele? Ia pirar na batatinha.
    O conhecimento liberta, da mais opções, e vc fica aberto a todas as possibilidades:
    Um musico americano(não lembro o nome) fez a feliz afirmação: Uma mente fehcada é como um paraquedas, fechada não serve para nada.
    O que mais me incomoda não são os comentarios infundados e irresponsaveis destes que se chamam evangélicos, o que mais me incomoda é que as pedras estão sendo atiradas por aqueles que juram que seguem a Cristo, só que fazendo o oposto do que ele disse: Amem uns aos outros!
    Alguns não se interessam sequer pela busca do conhecimento, e acham que tudo que o Pastor da igreja diz deve ser tomado como verdade absoluta. Não questionam, não se opõe. São como ovelhas indo para o abate, hipnotizadas por frases de efeto e promessas vazias de moral e carater.
    Nestor, peço que visite meu blog e deize seus dados de contato nos comentários para que possamos manter contato.(Seus dados não serão postados, lógico)

    No mais vou ficando com o que Jesus disse: Ame ao proximo como a ti mesmo.

    PAZ.

    ResponderExcluir
  98. Sr. Chacal, visitarei seu blog sim. Será uma honra!

    Muitos detratores do Espiritismo utilizam sofismáticamente duas passagens de duas obras de Allan Kardec para afirmar que há uma contradição no conceito de Espiritismo. Tais passagens constam em dois livros de Kardec: “O Que é o Espiritismo” e “Obras Póstumas”. Em “O Que é o Epiritismo”, Allan Kardec afirma o seguinte: “Seu verdadeiro caráter é, pois, o de uma ciência e não de uma religião...”. Em “Obras Póstumas”, Kardec diz o seguinte sobre o Espiritismo: “Instituirá a verdadeira religião, a religião natural, a que parte do coração e vai diretamente a Deus...”. O sofisma dos pseudo-sábios e detratores da Doutrina Espírita baseia-se na deturpação vil, descarada, pueril e doentia do verbo INSTITUIR. No livro “O Que é o Epiritismo”, Allan Kardec afirma taxativamente que a essência do Espiritismo é científica e não religiosa. Isto significa que o Espiritismo é um arcabouço de informações e fenômenos dignos de estudo e pesquisa científica. O Espiritismo instiga a busca científica da comprovação de seus preceitos e fenômenos. O que não impede que a Doutrina Espírita sirva de base para religiões. Isto é, a lógica é que, em função do perfil científico, o Espiritismo tem mais solidez para formação de religiões do que qualquer outra doutrina. No livro “Obras Póstumas”, Kardec diz exatamente isto: Que o Espiritismo servirá de base para a formação da verdadeira religião; o Espiritismo INSTITUIRÁ a verdadeira religião, ou seja, o Espiritismo ESTABELECERÁ (principiará, criará, organizará), a verdadeira religião. Portanto, em “Obras Póstumas”, Kardec não afirma que o Espiritismo é uma religião. Ele afirma que o Espiritismo é a doutrina que formará a verdadeira religião (mas não que será a verdadeira religião). Instituir não é ser.
    Vejamos ao significado do verbo instituir: INSTITUIR (latim instituo, -ere, colocar, fixar, instituir, estabelecer, empreender); Proceder à instituição de. = estabelecer, fundar; Estabelecer um prazo. = aprazar, marcar; Nomear, designar; Educar, ensinar, doutrinar.
    Há uma enorme diferença entre dizer que algo INSTITUI ou INSTITUIRÁ e dizer que algo É ou SERÁ.
    Em suma, Allan Kardec diz que a Doutrina Espírita é a mais apta para FORMAR a verdadeira religião, em virtude de seu perfil científico.

    O que falta a esses detratores do Espiritismo é mais coerência e honestidade.


    Sr. Chacal, tomo a liberdade de fazer minha as suas palavras: “O conhecimento liberta, da mais opções, e vc fica aberto a todas as possibilidades”.

    ResponderExcluir
  99. Filipe da Silva Rodrigues6 de abril de 2011 23:34

    É ridículo o carinha vir aqui falar das contradições da bíblia e ainda assim acreditar em Deus. O modelo de Deus como conhecemos vem da bíblia, e se ela é cheia de contradições, ela não é a palavra de Deus e se ela não é a palavra de Deus, Deus não existe, como imaginamos.

    E se Deus não existe como imaginamos, ou existe uma divindade totalmente diferente da qual estamos acostumados ou não existe nenhuma divindade.

    Agora, Espiritismo... acredito ser falso. Pra comprovar isso, só estando em muita sintonia com Deus e ir no centro espírita com outros olhos (os de Deus) e comprovar se aquilo são espíritos de pessoas (como dizem os espíritas) ou espíritos malígnos (como dizem os cristãos). Ainda não fiz isso, mas fico com a segunda opção. A interpretação espírita é furada.

    ResponderExcluir
  100. Sr. Filipe da Silva Rodrigues, me desculpe a franqueza, mas este teu argumento sobre a existência ou não de Deus é muito pueril. Aceite ou não, goste ou não, a Bíblia tem contradições sim (mas não é 100% contradição) e, por isso, não é a Palavra de Deus. As contradições Bíblicas são um fato comprovado e a opinião ou postura de ninguém mudará isso, entretanto, ninguém é obrigado a acreditar ou desacreditar na Bíblia como Palavra de Deus. Só estou expondo fatos.

    Acreditar em Deus independe de religiões ou livros. Eu não preciso de livros ou religião alguma para crer no ABSOLUTO. Todavia, tem gente que precisa.

    Sr. Felipe da Silva Rodrigues, você afirmou o seguinte: “O modelo de Deus como conhecemos vem da bíblia”. Há controvérsias! Os muçulmanos falam o mesmo com relação ao Alcorão, os hindus com relação ao Rig-Veda, os judeus com relação à Tora e ao Tanach, os zoroastrianos com relação ao Zend Avesta, e por aí vai...

    Deus, sendo A PERFEIÇÃO ABSOLUTA COM PODER ABSOLUTO, não precisa de livro algum para se fazer crível. Limitá-LO a um livro é também limitá-LO e rebaixá-LO às nossas mundanas, pueris e imperfeitas idiossincrasias. O PAI-MÃE CELESTIAL é muito mais que tudo isso; é muito mais do que podemos sonhar; ELE é.

    Sr. Felipe da Silva Rodrigues, quando você disse: “E se Deus não existe como imaginamos, ou existe uma divindade totalmente diferente da qual estamos acostumados”. Você falou certo: Deus não existe como vocês das raligiões abraâmicas imaginam. Ele é uma divindade totalmente diferente do que vocês estão acostumados.

    Sr. Felipe da Silva Rodrigues, você disse que nunca foi a centros espíritas para comprovar a veracidade do Espiritismo, mas prefere crer que sejam manifestações demoníacas. Você pode acreditar ou não no que quiser, sem ter o menor conhecimento do assunto, isto é o seu direito. Contudo, como você afirma ser um cristão partidário da Bíblia, você deveria evitar pré-julgamentos. Afinal, segundo consta na Bíblia, Jesus disse para não julgarmos: "Não julgueis, para que não sejais julgados" (Mateus 7:1) / "Não julgueis e não sereis julgados; não condeneis e não sereis condenados; perdoai e sereis perdoados" (Lucas 6:37).

    Sr. Felipe da Silva Rodrigues, pesquise, investigue, estude, busque sempre mais informações antes de tecer qualquer julgamento. Nunca julgue ou condene algo ou alguém sem antes dirimir todas as dúvidas, sem procurar a verdade. Já pensou se você fosse condenado por um crime que não cometeu, só porque o júri foi arbitrário e não pediu provas cabais?

    “Não creiais em coisa alguma pelo fato de vos mostrarem o testemunho escrito de algum sábio antigo. Não creiais em coisa alguma com base na autoridade de mestres e sacerdotes. Aquilo, porém, que se enquadrar na vossa razão e, depois de minucioso estudo, for confirmado pela vossa experiência, conduzindo ao vosso próprio bem e ao de todas as outras coisas vivas: A isso aceitai como Verdade. Por isso, pautai a vossa conduta” (Sidarta Gautama, 563-483 a.C.).

    ResponderExcluir
  101. Chacal e Nestor na boa pra mim vocês dois não passam de dois apedeutas, cheios de Sincretismo, por que não vão pra quele lugar.....
    Vão procurar o Caminhão da onde vocês rreeenncaarrrnãooooo, OPS eu quis dizer caminhão vocês cairam.

    ResponderExcluir
  102. Nestor porque voce esta denfendedo tanto, manda um espirito em nos seu MALA SEM ALÇA

    ResponderExcluir
  103. O SEU NESTOR SERA QUE TA ROLANDO UM CLIMA ENTRE VOCE EO BOSAL DIGO CHACAL

    ResponderExcluir
  104. (Sidarta Gautama, 563-483 a.C.) Tambem conhecido como Buda

    ResponderExcluir
  105. Tá apelando Anônimo?

    Apelou, perdeu!

    ResponderExcluir
  106. Alexandre - Vila Velha - ES - diz:
    A maioria dos comentários são em sua maioria de pessoas realmente que sabem ou pensam que sabem que estão falando, outros não conhecem nada e tecem os seus comentários. Eu sou evangélico e tenho as minhas crenças, creio piamente que o único caminho é Jesus e a Bíblia sagrada fala isso no Evangelho de João. Infelizmente no Brasil as pessoas em sua maioria se dizem cristãs mas não acreditam na Biblia e é por isso que ficam dando ouvidos as doutrinas de demônios e isso é em todo segmento, pois tem muitas ditas igrejas evangélicas que são verdadeiras seitas e ensinando coisas que nada tem a ver com o reino de Deus, mas com certeza a doutrina espírita além de ser bem antiga, ela totalmente condenada por Deus, mas isso é para quem acredita. Jesus disse que conhecereis a verdade e a verdade vos libertará, e tem muita gente que ouve a verde e rejeita, eu só posso dizer que Jesus morreu por mim e por você, basta apenas aceita-lo como Senhor e Salvador, e deixar que ele nos transforme. Chico Xavier, foi um homem que ajudou muitos, fez muito pelos pobres, pelas pessoas que ja não tinha nehuma esperança de vida, e isso é muito bom, pois devemos sempre ajudar os outros, aliás isso é uma obrigação, mas ele fez com amor e carinho, mas não quer dizer que ele está seguia Jesus, pois ele era espírita, dava ouvido a espíritos de demônios, e isso é uma lástima, mas fazer o que. Neste blog não se fala da religião dos outros, se fala e denunciam as mazelas e de enganadores que propagam falsas doutrinas. No mais que Deus em sua infinita misericórdia nos abençoe e nos guarde.
    Um Abraço para todos, pois mesmo discordando das opiniões, sempre podemos ajudar ao próximo.

    ResponderExcluir
  107. O BOSÇAL OPS QUER DIZER, COMO PODE UM CARA COMO BUDA COM MAIS DE CEM QUILOS FALAR EM AUTO CONTROLE... ELE NAO TINHA NEM CONTROLE DE SUA GULA... SEU MANÉ.

    ResponderExcluir
  108. Freqüentador e membro da "Casa da Prece", centro espírita onde Chico Xavier atendia em Uberaba, Geraldo lembra que multidões compareciam ao local quando o médium participava das sessões de psicografia. Sempre em busca de amparo, as famílias se amontoavam dentro e fora do centro espírita aguardando um alento, por menor que fosse, de um ente querido morto.

    "A casa era muito pequena, mas apareciam ônibus de todos os lugares do Brasil. A maioria das pessoas acabava ficando do lado de fora, recebíamos em média umas 500 por sessão. Lembro da emoção de quem recebia uma carta daquelas, da maneira como olhavam para o Chico Xavier", explica Geraldo.

    "Lembro que, na maioria das vezes, as cartas eram para pessoas que estavam do lado de fora do centro. As cartas do Chico sempre tinham um remetente e um destinatário. Então íamos gritando o nome pela multidão, ‘carta de cicrano para fulano’, até acharmos para quem era a mensagem. Era impressionante ver a emoção daquelas pessoas", lembra.

    (Matéria completa em: http://www.sidneyrezende.com/noticia/80401+100+anos+de+chico+xavier+amigo+do+medium+fala+sobre+ajuda+da+psicografia)

    ResponderExcluir
  109. Um dos Anônimos disse: “BUDA COM MAIS DE CEM QUILOS”.

    Jovem Anônimo, Sidarta Gautama, o Buda, NÃO ERA GORDO!!! Nunca foi. A representação que fazem dele obeso é um simbolismo para retratar uma fase de luxúria em sua vida, pois ele fora um príncipe, antes de se tornar o Iluminado, segundo o Budismo.

    Outrossim, em torno desse simbolismo formou-se uma crença de que a imagem do Buda gordo atrai prosperidade.

    O conhecimento liberta!

    ResponderExcluir
  110. Quer dizer que tudo que Chico Xavier fez pelo próximo não significava que ele seguia Jesus? Então, para ser um seguidor de Cristo, deve-se, primeiramente, ser evangélico?

    Jesus, segundo a Bíblia, passou a Sua vida toda exaltando e cobrando o amor ao próximo, e dando exemplo disso. Chico Xavier pôs em prática o amor ao próximo. Chico Xavier fez o que Jesus mandou. Como disse o sr. Bruno Monteiro: “Seja um IMITADOR de Cristo”. Chico Xavier foi um imitador de Cristo (algo que todos deveriam ser). Se isto não for seguir Jesus e, por conseguinte, ser cristão, então nada mais é.

    Cristão da boca pra fora existe aos montes por aí...

    ResponderExcluir
  111. Os irmãos evangélicos sempre pregam que seremos salvos pela Graça e não pelas boas obras (amor ao próximo/caridade). Pregam que fazer boas obras não basta, deve-se estar na Graça para ser salvo no famigerado Juízo Final (julgamento final com a ressurreição de todos os mortos, etc). Isto significa que quem não faz boas obras, mas está na Graça será salvo tanto quanto quem faz boas obras e está na Graça. Por outro lado, quem não está na Graça, mas faz boas obras será condenado ao Inferno. Assim se resume a pregação evangélica. Para que tem bom senso, isto soa um tanto estapafúrdio, e é.

    Ponderando sobre essa questão.

    A Bíblia e suas contradições: Se formos salvos pela graça, que implica em aceitar Jesus como legítimo e suficiente salvador e redentor de nossos pecados, então o amor ao próximo é irrelevante, caso a pessoa seja de outra fé ou descrente. Neste caso, de nada valeu Jesus ter dado tanta ênfase ao amor. Então, podemos ser egoístas e apenas crer em Jesus como nosso salvador, e assim teremos nosso lugar no Paraíso, não é? Se apenas a fé em Jesus pode salvar, então, por que Apocalipse 18:6, Apocalipse 20:12, Apocalipse 20:13, Apocalipse 22:12, Colossenses 3:14, Mateus 16:27, Tiago 2:14, Tiago 2:17, Coríntios 13:13, I Pedro 1:17, Coríntios 8:1, Coríntios 13:1, Gálatas 5:14, dentre outros, exaltam o amor (as boas obras; o merecimento) acima da fé? São trechos que contradizem outros como Efésios 2:8-9 e Romanos 3:23-24. Veja que os trechos bíblicos que exaltam a fé em Jesus como único meio de salvação não são palavras de Jesus. Isto é, no mínimo, muito suspeito!

    ResponderExcluir
  112. Apocalipse 18:6: “Dai-lhe em retribuição como também ela retribuiu, pagai-lhe em dobro segundo as suas obras e, no cálice em que ela misturou bebidas, misturai dobrado para ela”.

    Apocalipse 20:12: “Vi também os mortos, os grandes e os pequenos, postos em pé diante do trono. Então, se abriram livros. Ainda outro livro, o Livro da Vida, foi aberto. E os mortos foram julgados, segundo as suas obras, conforme o que se achava escrito nos livros”.

    Apocalipse 20:13: “Deu o mar os mortos que nele estavam. A morte e o além entregaram os mortos que neles havia. E foram julgados, um por um, segundo as suas obras”.

    Apocalipse 22:12: “E eis que venho sem demora, e comigo está o galardão que tenho para retribuir a cada um segundo as suas obras”.

    Colossenses 3:14: “acima de tudo isto, porém, esteja o amor, que é o vínculo da perfeição”.

    Mateus 16:27: “Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então dará a cada um segundo as suas obras”.

    Tiago 2:14: “Meus irmãos, qual é o proveito, se alguém disser que tem fé, mas não tiver obras? Pode, acaso, semelhante fé salvá-lo?”.

    Tiago 2:17: “Assim, também a fé, se não tiver obras, por si só está morta”.

    Coríntios 13:13: “Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor”.

    I Pedro 1:17: “Ora, se invocais como Pai aquele que, sem acepção de pessoas, julga segundo as obras de cada um, portai-vos com temor durante o tempo da vossa peregrinação”.

    Coríntios 8:1: “No que se refere às coisas sacrificadas a ídolos, reconhecemos que todos somos senhores do saber. O saber ensoberbece, mas o amor edifica”.

    Coríntios 13:1: “Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine”.

    Coríntios 13:2: “Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada serei”.

    Coríntios 13:4: “O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece”.

    Coríntios 13:8: “O amor jamais acaba; mas, havendo profecias, desaparecerão; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, passará”.

    Coríntios 13:13: “Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor”.

    Gálatas 5:14: “Porque toda a lei se cumpre em um só preceito, a saber: Amarás o teu próximo como a ti mesmo”.

    Nos trechos acima, o amor é exaltado acima da fé. Boas obras vêm do amor. Boas obras = Caridade. Se apenas a fé é suficiente para salvar, então, Jesus trabalhou pra malandro, pois Ele dedicou toda a Sua vida exaltando o amor e exemplificando-o. A parábola do bom samaritano é um exemplo disso.

    ResponderExcluir
  113. Segundo os evangelhos, perguntaram a Jesus qual o primeiro mandamento da Lei de Deus; Jesus respondeu: “Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento; e: Amarás o teu próximo como a ti mesmo”. Os fariseus questionarem-Lhe sobre o primeiro mandamento, mas Jesus citou o primeiro e o segundo mandamentos. Eles perguntaram apenas qual era o primeiro, mas Jesus não ficou só no primeiro, Ele falou o segundo mandamento também. A questão é que Ele fez questão de frisar o segundo mandamento. Com isto, fica evidente a importância que Jesus deu ao amor ao próximo. Jesus colocou o amor ao próximo em pé de igualdade com o amor a Deus. Em Mateus 22:39, Jesus diz: “O segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo”. Ou seja, Jesus equiparou o amor a Deus com o amor ao próximo em importância. Um não pode existir sem o outro. A vontade de Deus é que nos amemos. Se não nos amamos, não fazemos a vontade de Deus. Se não fazemos a vontade de Deus, não O amamos de verdade. Quem diz que ama Deus, mas não faz a vontade Dele, é hipócrita, é interesseiro, está a fim de se dar bem sem fazer coisa alguma. É a conversa fiada de que somente pela fé seremos salvos. Egoístas e estafermos se refugiam nesta justificativa para não fazer caridade alguma.

    ResponderExcluir
  114. O amor conduz às boas obras. Quem ama o próximo é caridoso, independente da crença. Imagine você em um hospital, à beira da morte, precisando de sangue. Você tem um amigo evangélico que tem o tipo sangüíneo que pode te salvar, mas ele não fala nada e fica na fé. Um ateu aparece e salva a sua vida. No momento, a questão aqui não é quem vai pro Inferno e quem vai pro Céu. Primeiramente, a questão é quem teve a atitude mais cristã? O ateu ou o evangélico?
    Respondidas estas questões, deve-se ponderar se o ateu vai pro Inferno e qual seria a sua postura (tendo a sua vida salva pelo ateu), nesta hipotética situação, em relação ao ateu. E, se no lugar do ateu, fosse um espírita?

    ResponderExcluir
  115. Dizer que este blog denuncia os enganadores e as falsas doutrinas é questão de ponto de vista, pois, para mim, falar mentiras como este artigo sobre Chico Xavier é sim falar da crença alheia, e o pior é que é através de calúnias. Cristão que mente, difama e calunia não é cristão. Como eu disse antes, cristão da boca pra fora existe aos montes por aí, mas imitadores de Cristo (como bem disse o sr. Bruno Monteiro), fazedores da vontade de Jesus (amar o próximo), são poucos. Quem são esses pseudo-cristãos para criticar os que puseram em prática o amor ao próximo?

    ResponderExcluir
  116. E por falar em denúncia:
    Até agora não vi nenhuma prova das afirmações e acusações deste artigo sobre Chico Xavier. Por exemplo: Cadê as tais fotos da revista Cruzeiro com o Chico Xavier em posição extravagante na banheira?

    ResponderExcluir
  117. Lendo aqui alguns comentários, vejo como é complicado pras pessoas que seguem a doutrinas criadas por homens e que tentam colocar Cristo e seus ensinamentos nelas, por se apegarem a versículos isolados para defender seus desvios só da nisso mesmo, confusão. A bíblia (Palavra inspirada por Deus e que nós evangélicos acreditamos e defendemos) é clara, nela lemos que só Jesus é o caminho que nos leva ao pai nos dando salvação, que é pela graça, algo imerecido (Não pelas obras, para que ninguém se glorie. Efésios 2:8-9), ai aparece alguém que diz que é pelas obras, e quem é "bonzinho" e faz caridades logo se apega a isso, criando novo “caminho”, digo, atalho; Só existe um mediador, ai vem um e diz que existe outros mediadores; Só existe um Deus, ai vem um e diz que não, que deus é encontrado em tudo que vemos, no dinheiro, na ciência, no meu eu, no meu conhecimento, equilíbrio, na minha escolha sexual... O prol disso tudo é que na maioria tentam misturar a palavra de Deus com suas idéias de vida eterna que acreditam serem verdadeiras e da nisso... MAIS CONFUSÃO. Por isso sempre haverá essas discussões, pois quem acredita na bíblia como regra de fé, Deus como criador e a Cristo como salvador, jamais vai deixar de combater tantas heresias e falácias de falsos cristos e evangelhos falsificados. Jesus nos disse que muitos cristos surgiriam e enganariam se possível até os escolhidos, por terem palavras bonitas, de encanto, cheias de falsas verdades, vejo esses falsos cristos nessas doutrinas falsas de demônios.


    MARANATA!!

    ResponderExcluir
  118. É confuso para quem não tem bagagem ou não quer raciocinar. Assim como uma equação do segundo grau é confusa para quem está aprendendo a tabuada.

    Sendo Deus absolutamente Perfeito, para ser a Palavra de Deus, a Bíblia não poderia ter uma contradição sequer, mas ela tem muitas!

    A Bíblia não é 100% contradição, mas o fato de possuí-las já é suficiente para descaracterizá-la como Palavra de Deus.

    O povo Hebreu, autores das escrituras do VT, era descendente dos sumérios, portanto, herdaram a mitologia sumeriana, que sincretizaram com outras e com suas histórias.

    A tábuas sumerianas contêm histórias semelhantes às narradas no Gênesis, mas estas tábuas são muito mais antigas que o livro de Gênesis.

    Por exemplo: A Epopéia de Gilgamesh tem toda a narrativa do Dilúvio, com arca, animais e tudo, mas com nomes diferentes (ex.: o Noé desta epopéia chama-se Utnapishtim).

    Existe também o “poema da criação”, o enuma elish, e por aí vai...

    Tudo isto foi escrito em grafia cuneiforme em tábuas de argila que estão em museus da Europa, datando de mais de 8000 anos, muito mais antigo que qualquer escritura bíblica. São mais de 27.000 tábuas! Tudo produzido pelos sumerianos. Os sumerianos eram mesopotâmicos. As cidades da Mesopotâmia eram cidades-estado sumerianas (Babilônia, Ur, Lagash, etc.)

    Abraão era de Ur, na Caldéia, que se situava na Mesopotâmia, ou seja, Abraão era sumeriano. Abraão e todo seu séqüito era sumeriano, e levaram consigo toda a mitologia sumeriana para Canaã.

    É só pesquisar; é só estudar.

    Parem de condenar o que vocês desconhecem.

    ResponderExcluir
  119. Chico Xavier jamais julgou ninguém, jamais falou mal de religião ou crença alguma, mas vocês, evangélicos, que se dizem cristãos, vivem rechaçando a crença alheia, como se fossem conhecedores de tudo, e o pior é que vocês atacam sem ninguém tê-los atacado primeiro. Daí, quando alguém reage, vocês querem sair de vítimas. Pior ainda é que o ataque de vocês é baseado em calúnia e difamação, como este artigo sobre o Chico Xavier. Que tipo de cristianismo é esse que critica e julga através de mentiras? A princípio, só de julgar já não é cristianismo.

    Quando perguntavam ao Chico Xavier a opinião dele sobre alguma crença, religião, ideologia ou filosofia, ele só dizia que se praticavam o amor ao próximo, conforme o evangelho de Cristo, tudo bem. Perguntavam, também, o que ele achava das religiões e pessoas que o denegriam; ele não revidava; ele só perguntava se seguiam o evangelho de Jesus, praticando o amor ao próximo. Chico Xavier foi assim a vida inteira; nunca criticou ninguém; nunca julgou; nunca caluniou; nunca difamou. E assim vocês dizem que Chico Xavier era endomoniado, enviado das trevas, etc. Francamente! Se todo o endemoniado fosse como Chico Xavier, este mundo seria um PARAÍSO. Por outro lado, se todo mundo tivesse a mesma mentalidade de vocês, evangélicos, a humanidade ainda estaria na Idade Média.

    Disseram “vejo esses falsos cristos nessas doutrinas falsas de demônios” (isto está parecendo inveja). Mais um julgamento de pseudo-cristão. Chico Xavier jamais quis se igualar a Jesus e nunca se proclamou messias. Chico Xavier só fez caridades. Mas parece que quem faz muita caridade, sem ser evangélico, é um falso Cristo em uma falsa doutrina demoníaca. Ainda bem que a maior parte da humanidade não pensa assim, caso contrário ainda estaríamos na Idade Média irremediavelmente.

    Vocês nem sabem direito as origens do livro que vocês tanto veneram e se bitolaram. Como vocês rechaçam o que desconhecem? Vocês não têm vergonha de falar do que não sabem? Por isso, vocês são tidos como figuras histriônicas.

    ResponderExcluir
  120. Essa conversa de ser salvo apenas pela Graça e combater heresias cai como uma luva para estafermos egoístas justificarem a omissão ao que Jesus mais pediu: Amar o próximo. O dogma da salvação pela Graça foi criado exatamente para esse fim: Angariar esse tipo de gente, pois o que importa é quantidade e não qualidade. Afinal, quanto mai$, melhor.

    Disseram “Jesus é o caminho que nos leva ao pai nos dando salvação, que é pela graça, algo imerecido (Não pelas obras, para que ninguém se glorie. Efésios 2:8-9)”. Eu refutei isto em meus comentários anteriores! Se não é pelas obras, eu posso até citar, por exemplo, todo Apocalipse 20 para provar que não há um só verso que fale em salvação pela Graça, mas sim pelas obras. Mas sugiro que se leia meus comentários acima.

    Contra Efésios 2:8-9, temos: “Assim, também a fé, se não tiver obras, por si só está morta”; “os mortos foram julgados, segundo as suas obras”; “foram julgados, um por um, segundo as suas obras”; “E eis que venho sem demora, e comigo está o galardão que tenho para retribuir a cada um segundo as suas obras”; “Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então dará a cada um segundo as suas obras”; “qual é o proveito, se alguém disser que tem fé, mas não tiver obras? Pode, acaso, semelhante fé salvá-lo?”... Trechos da Bíblia que falam por si só, claros como o dia!

    Vocês, evangélicos, falam demais sem ter conhecimento, julgam demais, condenam demais, difamam demais, caluniam demais. Vocês fazem de tudo para prevalecer seus dogmas; não medem conseqüências. É por isso que vocês não são levados a sério.

    Assim está escrito: “Assim, também a fé, se não tiver obras, por si só está morta”; “Qual é o proveito, se alguém disser que tem fé, mas não tiver obras? Pode, acaso, semelhante fé salvá-lo?”. Chico Xavier fez boas e vocês, o que fizeram além de julgar, difamar, caluniar e se envaidecerem?

    Como cristãos (que vocês dizem que são), vocês não se envergonham de julgar, difamar e caluniar quem nunca falou mal de vocês, e pior: Que nem está vivo para se defender?

    ResponderExcluir
  121. O SEU NESTOR PORQUE VOCE NAO VAI A M....


    PARA DE USAR TEXTO SEM CONTEXTO SEU MANE, SAI FORA VOCE E BOÇAL DIGO CHACAL SAO DOIS MANES...

    QUANDO A NOSSA HORA CHEGAR A GENTE VAIR VER TEM A RAZÃO....

    ResponderExcluir
  122. O NESTOR E BOÇAL ops... CHACAL PORQUE VOCES NAO SE COVERTEM SEUS LOCOS BUDA espirito de evoluido.....HAHA. E MAGRINHO.. SO VOCES PRA ACREDITAREM EM TANTA M... SAI FORA....
    QUE RIDICULO O QUE UM MALA COMO VOCE NAO FICA NA SUA, E SAI DE FININHO VOCE LEVOU UM MONTE DE PAULADA DE TANTOS PASTORES E OUTRAS QUE CHEGA A DAR PENA DE VOCES... E DETALHE SOU ATEU. SEU MANE

    ResponderExcluir
  123. FALAR QUE CHICO XAVIER É UMA FARSA, É NO MÍNIMO UMA IGNORANCIA MUITO GRANDE. RESPEITAM TODAS AS
    CRENÇAS.

    ResponderExcluir
  124. Anônimo, pela tua conversa, você não é ateu. Você é evangélico. Tá muito ofendidinho. Tá muito nervosinho. Um ateu não tomaria as dores de evangélicos.
    Você disse para eu deixar de usar texto fora de contexto. Isso é típico de evangélico, quando não tem argumentos.
    Você é fanático.
    Você é fraco.
    Você é digno de pena.

    ResponderExcluir
  125. PENA TENHO EU DE VOCE, NESTOR QUE EM VEZ DE CUIDAR DA SUA VIDINHA MEDIOCRE FICA AI DEFENDENDO UMA FARÇA,

    AI QUE MEDO DOS espiritos.....uuuuu......NAO VOU NEM CONSEGUIR DORMIR DIREITO...

    ResponderExcluir
  126. OPS FOI MAL NESTOR UMA FARSA... E QUE ESTOU UM TANTO TREMULO DE MEDO.... DOS espiritosssss....oooo

    ResponderExcluir
  127. I - Origem e Desenvolvimento

    A reencarnação é uma das doutrinas religiosas mais antigas de
    todos os tempos, e como tal, já assumiu diversos contornos. Dois pontos
    fundamentais, contudo, são comuns a praticamente todas as doutrinas:

    • Que em um dado momento, a alma/espírito regressaria a outro corpo
    humano, tomando a forma de uma nova pessoa.

    • Que essa migração de um corpo a outro teria relação com uma espécie
    de evolução espiritual, purificando a alma/espírito de suas transgressões.

    ResponderExcluir
  128. PARA O NESTOR E O BOÇAL DROGA SEMPRE ERRO QUIS DISER CHACAL
    PARA O NESTOR E O BOÇAL DROGA SEMPRE ERRO QUIS DISER CHACAL
    A origem do conceito reencarnacionista está na Índia, entre 1000
    e 800 AC. No hinduísmo, a reencarnação está diretamente associada ao
    conceito do carma. O carma (termo que pode ser traduzido como "ação") pode
    ser pensado como um sistema de causa e efeito. Em linhas gerais, o passado,
    o presente e o futuro do ser humano estão delineados segundo aquilo que ele
    próprio realizou ou definiu anteriormente. Por exemplo, se um homem nasce
    cego, é porque fez algo de ruim em uma vida anterior, e está experimentando
    as conseqüências de seus atos.

    A idéia do hinduísmo é que os prazeres materiais servem como uma
    espécie de desvio do propósito superior da alma. Assim sendo, quando a alma
    consegue viver, através de suas vidas, uma encarnação mais ascética, atinge
    o que se chama de "moksha" ou "salvação/liberaçã o".

    ResponderExcluir
  129. PARA O NESTOR E O BOÇAL DROGA SEMPRE ERRO QUIS DISER CHACAL
    Dada a proximidade geográfica, a doutrina da reencarnação passou
    a ser adotada também na religião babilônia, especialmente com relação à
    mitologia do panteão de deuses babilônios. Como exemplo temos a história de
    Tamuz, filho de Semíramis, considerado uma reencarnação do rei-divino
    Nimrod. Associada à idéia da divindade dos reis, a doutrina da reencarnação
    ganhou força. Se anteriormente a subida de um novo rei ao poder imperial
    significaria a derrota de um dos deuses do panteão, agora poder-se-ia
    considerar que o novo rei representaria sucessivas reencarnações, fazendo
    com que a disputa de poder entre os deuses do panteão se tornasse uma roda
    infindável.

    ResponderExcluir
  130. PARA O NESTOR E O BOÇAL DROGA SEMPRE ERRO QUIS DISER CHACAL
    Ao longo do desenvolvimento histórico das civilizações
    mesopotâmias, a doutrina acabou por também encontrar um nicho dentro da
    religião egípcia, provavelmente trazida pelo império assírio. No Egito,
    tomou proporções importantes, a ponto de Heródoto afirmar:

    “Os egípcios foram os primeiros a assegurarem a imortalidade da alma, e que
    ela passa da morte do corpo a outro animal; e quando percorreu o ciclo de
    todas as formas de vida na terra, na água e no ar, ela mais uma vez adentra
    um corpo humano que lhe nasce; e este ciclo da alma leva três mil anos” •(Heródoto 2:123)*

    Na realidade, foi a partir dos egípcios que a doutrina se tornou

    ResponderExcluir
  131. PARA O NESTOR E O BOÇAL DROGA SEMPRE ERRO QUIS DISER CHACAL
    mais popular, embora em sua origem esteja o hinduísmo. No chamado "Livro dos
    Mortos", a doutrina da reencarnação está associada à punição pelo pecado. A
    alma de um pecador se reencarnaria num animal, para pagar por seus pecados.

    A partir do Egito, a doutrina reencarnacionista é adotada pelos
    gregos por volta do século 6 AC. É através da cultura e pensamento gregos
    que a doutrina se populariza. O reencarnacionismo ganha força através do
    filósofo grego Pitágoras, por volta do século 4 AC.

    Na origem da crença da filosofia grega estavam os cultos a
    Orfeu. A reencarnação permanecia compreendida como uma forma de expiar pelos
    pecados de uma vida passada. Após 10 reencarnações, a alma poderia então se
    unir aos deuses do panteão grego, tendo atingido seu estado de purificação.

    Na filosofia grega, a reencarnação é conhecida como
    metempsicose. É mencionada nos escritos de alguns dos principais filósofos
    gregos como Sócrates, Pitágoras e Platão.

    ResponderExcluir
  132. PARA O NESTOR E O BOÇAL DROGA SEMPRE ERRO QUIS DISER CHACAL
    Da filosofia grega, tal crença passou a ser adotada pelo
    Gnosticismo por volta do século 1 DC. O gnosticismo era um movimento
    altamente sincrético, que combinava e absorvia elementos mitológicos das
    regiões por onde se espalhava, e que se pautava fortemente na filosofia
    grega.

    A maleabilidade do gnosticismo, capaz de se combinar a
    diferentes panos-de-fundo religiosos, em muito contribuiu para que a
    doutrina da reencarnação encontrasse porto em diversas crenças religiosas ao
    longo da história. Vale destacar que as sociedades secretas surgidas ao
    longo da história como fontes de conhecimento mais elevado para os iniciados
    é fundamentalmente uma nova roupagem para o gnosticismo. Dentre essas,
    podemos apontar as ordens místicas maometanas, as seitas cabalísticas dentro
    do Judaísmo, bem como as ordens maçônicas e derivadas dentro do
    Cristianismo.

    ResponderExcluir
  133. PARA O NESTOR E O BOÇAL DROGA SEMPRE ERRO QUIS DISER CHACAL
    II - A Reencarnação dentro do Judaísmo

    A reencarnação não é, como vimos, uma doutrina originalmente
    judaica. De fato, tal doutrina foi ferrenhamente combatida por diversos
    rabinos ao longo dos séculos. A Enciclopédia Judaica assim comenta a origem
    dentro do Judaísmo:

    “Esta doutrina era estranha ao Judaísmo até cerca do século 8, quando, pela
    influência dos místicos maometanos, foi adotada pelos caraítas e por outros
    dissidentes judeus. Ela é pela primeira vez mencionada na literatura judaica
    por Saadia, que protestava contra essa crença, que em seu tempo era
    compartilhada pelos Yudghanitas ou por quem quer que ele desdenhosamente
    chamasse de 'supostos judeus'... (ele) dizia que nem sequer consideraria
    útil demonstrar a tolice e baixa mentalidade dos que criam na metempsicose,
    caso ele não temesse que eles exercessem uma influência perniciosa sobre
    outros ('Emunot ve'De'ot 6)."

    ResponderExcluir
  134. PARA O NESTOR E O BOÇAL DROGA SEMPRE ERRO QUIS DISER CHACAL
    Por muitos séculos, havia pouquíssimos adeptos dessa crença
    dentro do Judaísmo. Nem mesmo dentro do movimento caraíta, que
    posteriormente rejeitaria o misticismo de seu fundador Anan Ben David.
    Todavia, os temores de Saadia Gaon vieram a se confirmar muitos séculos
    depois, com o alastramento da Cabalá. Sobre isso, a Enciclopédia Judaica
    narra:

    “A doutrina contava com tão poucos adeptos dentre os judeus que, com a
    exceção de Abraham ibn Daud ('Emuná Ramá' 1:7) nenhum filósofo judeu até
    Hasdai Crescas [século 14 DC] achou necessário refutá-la. Somente com o
    alastramento da Cabalá [essa crença] começou a se arraigar no Judaísmo, e
    então ganhou adeptos mesmo entre homens que tinham pouca inclinação ao
    misticismo.. . Os cabalistas ansiosamente adotaram a doutrina em razão do
    vasto campo que ela oferecia à especulação mística” •
    A Enciclopédia Judaica diz ainda que seus críticos a
    consideravam "uma superstição pagã, que se opunha ao espírito do Judaísmo."

    Não é à toa que nenhum documento judaico anterior à idade média
    mencione o conceito reencarnacionista. Nem o Tanach (Primeiro Testamento)
    nem tampouco o Talmud falam sobre tal coisa. Todas as menções dos cabalistas
    a textos do Tanach ou do Talmud em suposta associação à doutrina
    reencarnacionista são altamente interpretativos e especulatórios.

    ResponderExcluir
  135. PARA O NESTOR E O BOÇAL DROGA SEMPRE ERRO QUIS DISER CHACAL
    Com a influência mística das escolas gnósticas, a Cabalá aos
    poucos foi ganhando terreno dentro do Judaísmo, apesar dos protestos de
    sábios como Rambam (Maimônides), que desejavam manter a pureza dos preceitos
    judaicos.

    Na idade média, surgiu literatura que respaldasse a crença
    reencarnacionista. A principal sistematização da reencarnação com roupagem
    judaica está na descrição do Zohar sobre o que é chamado de "guilgul
    neshamot" (transmigração das almas).

    Segundo o Zohar, as almas são criadas e destinadas a um
    determinado local. Ao regressarem de sua estadia na terra, caso estejam
    impregnadas de pecado, devem regressar ao mundo para evitarem o Guehinom
    (inferno). As almas, através, de boas obras, são purificadas de seus
    pecados pregressos. Segundo os cabalistas, as almas costumam migrar para até
    três corpos antes de atingirem seu destino final.

    A influência do Zohar nas crenças cabalistas, e fundamentalmente
    na transformação da reencarnação em crença básica do Judaísmo, não pode ser
    desprezada. Em sua obra "Nishmat Chayim", o rabino Manasseh ben Israel
    (século 17 DC) demonstra como sua base está nas obras cabalistas, e não nas
    Escrituras antigas. Vale ressaltar, contudo, que o Zohar e outras obras,
    para os cabalistas têm importância de escritura.:

    ResponderExcluir
  136. PARA O NESTOR E O BOÇAL DROGA SEMPRE ERRO QUIS DISER CHACAL
    "Temos portanto a obrigação de obedecer e aceitar este dogma com
    aclamação... pois a verdade dele tem sido incontestavelmente demonstrada
    pelo Zohar, e por todos os livros dos cabalistas."

    III - A Falsa premissa sobre Josefo


    Aqueles que procuram afirmar que a reencarnação tem origem
    antiga dentro do Judaísmo apontam para uma suposta afirmação do historiador
    Flavio Josefo de que os p'rushim (fariseus) criam em reencarnação. Mas, será
    verdade? E, se for, por que a crença foi rejeitada tão veementemente no
    Judaísmo até a idade média?

    Analisemos as palavras de Josefo:

    "Eles [os fariseus] também crêem que as almas têm um poder imortal nelas, e
    que sob a terra haverá recompensas e punições, dependendo de se viveram
    virtuosamente ou viciosamente nesta vida. Os últimos serão detidos em uma
    prisão eterna, mas os primeiros terão o poder de ressuscitarem e viverem
    novamente." (Antiguidades 18:1:3)

    Aqui, fica muito claro que a idéia de Josefo de que as almas
    dos justos viverão novamente se refere à ressurreição dos mortos, e não à
    reencarnação. Isso fica particularmente evidente porque Josefo está
    comparando as três principais seitas judaicas da época, e afirma
    categoricamente que:

    "Mas a doutrina dos saduceus é esta: que a alma morre com os corpos."

    ResponderExcluir
  137. PARA O NESTOR E O BOÇAL DROGA SEMPRE ERRO QUIS DISER CHACAL
    (Antiguidades 18:1:4)

    Os tsedukim (saduceus) não criam que haveria uma ressurreição,
    ao contrário dos p'rushim (fariseus) e assa'im (essênios). Em outras
    palavras: A questão nada tem a ver com o reencarnacionismo. Na época de
    Yeshua, essa doutrina inexistia nos meios judaicos.

    IV - A Bíblia suporta a Reencarnação?

    Abaixo, analisemos alguns argumentos dos reencarnacionistas para
    afirmarem que a Bíblia daria respaldo a essa tese.

    David reinaria sobre o povo

    Os reencarnacionistas apontam para alguns versículos como
    Yehezkel (Ezequiel) 37:24 e Yirmiyahu (Jeremias) 30:9 para afirmar que o
    Mashiach seria uma reencarnação de David:

    "E meu servo David será rei sobre eles, e todos eles terão um só pastor; e
    andarão nos meus juízos e guardarão os meus estatutos, e os observarão."

    "Mas servirão a YHWH, seu Elohim, como também a David, seu rei, que lhes
    levantarei."

    Todavia, se analisarmos as demais profecias acerca de David,
    perceberemos que a realização do reinado de David sobre o povo dará por meio
    de sua posteridade:

    "Eis que vêm dias, diz YHWH, em que cumprirei a boa palavra que falei à

    ResponderExcluir
  138. PARA O NESTOR E O BOÇAL DROGA SEMPRE ERRO QUIS DISER CHACAL
    casa de Israel e à casa de Yehudá. Naqueles dias e naquele tempo farei
    brotar a David um Renovo de justiça, e ele fará juízo e justiça na terra.
    Naqueles dias Yehudá será salvo e Yerushalayim habitará seguramente; e este
    é o nome com o qual Elohim a chamará: YHWH Tsedekeinu. Porque assim diz
    YHWH: Nunca faltará a David homem que se assente sobre o trono da casa de
    Israel;" (Yirmiyahu/Jeremias 33:14-15)

    "Acerca de seu Filho, que nasceu da semente de David segundo a carne."
    (Ruhomayah/Romanos 1:3)

    "Homens irmãos, seja-me lícito dizer-vos livremente acerca do patriarca
    David, que ele morreu e foi sepultado, e entre nós está até hoje a sua
    sepultura. Sendo, pois, ele profeta, e sabendo que Elohim lhe havia
    prometido com juramento que do fruto de seus lombos, segundo a carne,
    levantaria o Mashiach, para o assentar sobre o seu trono." (Ma'assei
    haSh'lichim/ Atos 2:29-30)

    Podemos perceber com muita clareza que a única forma de tentar
    defender a reencarnação através dessa profecia é tirando-a do contexto
    bíblico global. O Mashiach seria um descendente de David, e não uma
    reencarnação do mesmo.

    ResponderExcluir
  139. PARA O NESTOR E O BOÇAL DROGA SEMPRE ERRO QUIS DISER CHACAL
    Reencarnação de Eliyahu/Elias?

    Outro argumento comum é afirmar que Yochanan HaMat'vil (João, o
    Imersor) seria uma reencarnação de Eliyahu (Elias). Para tanto, utilizam-se
    da passagem abaixo:

    "Pois todos os profetas e a Torá profetizaram sobre Yochanan. E, se quereis
    dar crédito, é este o Eliyahu que havia de vir" (Matitiyahu/ Mateus 11:13-14)


    Afirmam os reencarnacionistas que Yeshua teria dito que Yochanan
    (João) seria Eliyahu literalmente. Todavia, trata-se mais uma vez de uma
    mensagem descontextualizada. O primeiro problema dessa mensagem é o mais
    básico: Eliyahu não morreu! Como pode uma pessoa que não morreu ser
    utilizada como respaldo para a doutrina da reencarnação?

    "E sucedeu que, indo eles andando e falando, eis que um carro de fogo, com
    cavalos de fogo, os separou um do outro; e Eliyahu subiu ao céu num
    redemoinho. O que vendo Elisha, clamou: Meu pai, meu pai, carros de Israel,
    e seus cavaleiros! E nunca mais o viu; e, pegando as suas vestes, rasgou-as
    em duas partes."

    (Melachim Beit/2 Reis 2:11-12)

    O próprio Yochanan (João) afirma que ele não era Eliyahu
    (Elias):

    "E perguntaram- lhe: Então quê? És tu Eliyahu? E disse: Não sou. És tu
    profeta? E respondeu: Não." (Yochanan/Joã o 1:21)

    ResponderExcluir
  140. PARA O NESTOR E O BOÇAL DROGA SEMPRE ERRO QUIS DISER CHACAL
    Como, portanto, entender a questão da profecia de que Eliyahu
    (Elias) viria antes do Mashiach? A idéia é simples: A profecia se refere, em
    linguagem figurativa, a um mensageiro que veria no mesmo propósito e com a
    mesma Ruach (Espírito) de Eliyahu. Lucas esclarece a questão:

    "E irá adiante dele na Ruach e virtude de Eliyahu, para converter os
    corações dos pais aos filhos, e os rebeldes à prudência dos justos, com o
    fim de preparar a YHWH um povo bem disposto." (Lucas 1:17)*
    Os reencarnacionistas alegam que se Yochanan (João) viria no
    mesmo espírito de Eliyahu (Elias), isso prova que ele seria uma reencarnação
    do último. Todavia, na realidade aqui o Espírito de Eliyahu é a Ruach
    HaKodesh (Espírito Santo) que repousava sobre ele.

    Podemos ter certeza disso porque em Melachim Beit (2 Reis) 2:9,
    o profeta Elisha (Eliseu) também recebe da mesma Ruach (Espírito):


    "Sucedeu que, havendo eles passado, Eliyahu disse a Elisha: Pede-me o que
    queres que te faça, antes que seja tomado de ti. E disse Elisha: Peço-te que
    haja porção dobrada de tua Ruach sobre mim." (Melachim Beit/2 Reis 2:9)

    Cai por terra, portanto, o último elemento do argumento
    reencarnacionista. Como podemos ver, ao analisar as Escrituras como um todo,
    o contexto fica bem claro.

    ResponderExcluir
  141. PARA O NESTOR E O BOÇAL DROGA SEMPRE ERRO QUIS DISER CHACAL
    Yeshua é reencarnação de Adam?*


    Alguns chegam até mesmo ao ponto de argumentarem que Yeshua
    seria uma reencarnação de Adam (Adão). Para tanto, utilizam-se de algumas
    semelhanças entre ambos, e de passagens tais como:

    "Assim está também escrito: O primeiro homem, Adam, foi feito em alma
    vivente; o último Adam em espírito vivificante" (Curintayah Alef/1 Coríntios
    15:45)

    Novamente, os reencarnacionistas precisam ignorar o restante do
    contexto para que seus argumentos possam ser utilizados. O próprio restante
    do texto já deixa claro que Yeshua não é literalmente Adam:

    "Mas não é primeiro o espiritual, senão o animal; depois o espiritual. O
    primeiro homem, sendo da terra, foi terreno; o segundo homem foi o [próprio]
    YHWH dos céus. Qual o terreno, tais também os terrenos; e, qual o celestial,
    tais também os celestiais. E, assim como trouxemos a imagem do terreno, que
    possamos também trazer a imagem daquele que é celestial." (Curintayah Alef/1
    Coríntios 15:46-49)

    Está muito claro que Adam tipificava o Mashiach. Está também
    claro que a imagem não é o original. Como também está claro em outras
    passagens, como a abaixo:

    "No entanto, a morte reinou desde Adam até Moshe, até sobre aqueles que não

    ResponderExcluir
  142. PARA O NESTOR E O BOÇAL DROGA SEMPRE ERRO QUIS DISER CHACAL
    tinham pecado à semelhança da transgressão de Adam, o qual é a figura
    daquele que havia de vir." (Ruhomayah/Romanos 5:14)


    Transformação = Reencarnação?

    Outra passagem que é citada pelos reencarnacionistas é
    Curintayah Alef/1 Coríntios 15:51, que diz:

    "Eis aqui vos digo um mistério: Nem todos dormiremos mas todos seremos
    transformados. "
    O mistério, segundo os reencarnacionistas, é que a transformação
    em questão seria a tal reencarnação. Todavia, será que o contexto suporta
    isso? Vejamos:

    *"num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som do último shofar; porque
    o shofar soará, e os mortos serão ressuscitados incorruptíveis, e nós
    seremos transformados. Porque é necessário que isto que é corruptível se
    revista da incorruptibilidade e que isto que é mortal se revista da
    imortalidade. Mas, quando isto que é corruptível se revestir da
    incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então
    se cumprirá a palavra que está escrito: Tragada foi a morte na vitória."
    (Curintayah Alef/1 Coríntios 15:52-54)*

    ResponderExcluir
  143. PARA O NESTOR E O BOÇAL DROGA SEMPRE ERRO QUIS DISER CHACAL
    Aqui claramente o contexto é o dia do retorno de Yeshua, em que
    a morte deixará de existir. Naquele momento, os mortos ressuscitarão. E a
    transformação? É simples: Aqueles que ainda estiverem vivos quando Yeshua
    retornar não passarão pela morte física - ou talvez poderemos dizer que a
    sua morte física durará uma fração de segundos - pois serão automaticamente
    revistidos do corpo da incorruptibilidade.

    Como podemos ver, o texto não tem absolutamente nada a ver com
    reencarnação.

    V - O Problema da Reencarnação*

    Apesar da Bíblia nada afirmar sobre a reencarnação, alguns
    afirmam que a Bíblia também não afirma que a reencarnação não existe, e que
    o assunto é misterioso.

    Será mesmo que nenhuma conclusão pode ser tirada da Bíblia?
    Analisemos os principais pontos da doutrina reencarnacionista:

    *1) O Carma*

    A doutrina reencarnacionista parte da premissa de que aquilo que
    nos acontece de ruim nesta vida está diretamente associado a algo que
    aconteceu em uma vida pregressa. A Bíblia dá base para crermos nisso?

    A resposta é: Muito pelo contrário! A Bíblia nos afirma que

    ResponderExcluir
  144. PARA O NESTOR E O BOÇAL DROGA SEMPRE ERRO QUIS DISER CHACAL
    muitos dos nossos sofrimentos advêm exatamente da nossa fidelidade a Elohim,
    porque o Reino dEle não é deste mundo:**


    *"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós, me odiou a mim. Se
    vós fósseis do mundo, o mundo amaria o que era seu, mas porque não sois do
    mundo, antes eu vos escolhi do mundo, por isso é que o mundo vos odeia.
    Lembrai-vos da palavra que vos disse: Não é o servo maior do que o seu
    senhor. Se a mim me perseguiram, também vos perseguirão a vós; se guardaram
    a minha palavra, também guardarão a vossa." (Yochanan/Joã o 15:18-20)*

    * *

    *"Benditos sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo,
    disserem todo mal contra vós por minha causa. Alegrai-vos e exultai, porque
    é grande a vossa recompensa nos céus; porque assim perseguiram aos profetas
    que foram antes de vós." (Matitiyahu/ Mateus 5:11-12)*

    Repare que enquanto a doutrina do carma fala de consequências
    sobre uma vida futura, a Bíblia nos diz que as nossas boas obras serão como
    tesouros ajuntados nos céus. Veja ainda:

    *"Não ajunteis para vós tesouros na terra; onde a traça e a ferrugem os
    consomem, e onde os ladrões minam e roubam; mas ajuntai para vós tesouros no
    céu, onde nem a traça nem a ferrugem os consumem, e onde os ladrões não
    minam nem roubam." (Matitiyahu/ Mateus 6:19-20)*

    A Bíblia também afirma que a esperança do iníquo se acaba quando
    ele perece. Ou seja, ele não acumula dívidas para uma vida posterior:

    *"Morrendo o homem perverso perece sua esperança, e acaba-se a expectação de
    riquezas." (Mishlei/Prové rbios 11:7)*

    Podemos, portanto, concluir que a doutrina do carma é
    completamente contrária aos preceitos bíblicos.

    ResponderExcluir
  145. PARA O NESTOR E O BOÇAL DROGA SEMPRE ERRO QUIS DISER CHACAL
    *2) Múltiplas Vidas?*

    Ao contrário do que diz o Zohar, o She'ol (ou lugar dos mortos)
    não pode ser evitado por aqueles que querem "escapar da condenação". A
    Bíblia deixa claro que ninguém há que possa evitar ou vencer a morte por
    conta própria:

    * *

    *"Que homem há, que viva, e não veja a morte? Livrará ele a sua alma do
    poder do She'ol?" (Tehilim/Salmos 89:48)*

    A Bíblia também afirma de forma explícita que o homem só vive
    uma única vez, antes do fim dos tempos:

    * *

    *"E, assim como aos filhos dos homens está ordenado morrerem uma só vez,
    vindo depois o juízo, assim também a oferta do nosso Mashiach foi uma só
    vez, para expiar pelas iniquidades de muitos. E Ele entrará uma segunda vez
    [no mundo], a fim de aparecer sem pecado aos que O esperam para a salvação
    eterna." *

    *(Ivrim/Hebreus 9:27-28)*

    A Bíblia é bem clara: Depois da morte, aguardamos o juízo, que
    ocorrerá na volta de Yeshua. Não existem múltiplas vidas.

    * *

    *3) Podemos ser purificados por boas ações?*

    A doutrina reencarnacionista também parte do pressuposto de que
    podemos ser purificados através dessas múltiplas vidas. Esse é o principal
    objetivo da reencarnação.

    ResponderExcluir
  146. O que a Bíblia nos diz a esse respeito?
    *"Mas quando apareceu a benignidade e amor de Elohim, nosso Salvador, para
    com os homens, não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo
    a sua misericórdia, nos salvou pela lavagem da regeneração e da renovação da
    Ruach HaKodesh, que abundantemente ele derramou sobre nós por Yeshua
    HaMashiach nosso Salvador; para que, sendo justificados pela sua graça,
    sejamos feitos herdeiros segundo a esperança da vida eterna." (Tito 3:4-7)*

    *"Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é
    dom de Elohim. Não vem das obras, para que ninguém se glorie."
    (Efessayah/Efé sios 2:8-9)*

    *"E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro
    nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos." *

    *(Ma'assei haSh'lichim/ Atos 4:12)*

    Podemos ver que a justificação e consequente salvação só vem por
    intermédio da fé em Yeshua HaMashiach, mediante a graça de Elohim. Qualquer
    homem que acredite que pode salvar a si mesmo está iludido.

    *4) Para quê Yeshua?*

    A Bíblia nos revela o propósito da vinda de Yeshua:


    *"Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa
    das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e
    pelas suas pisaduras fomos sarados. Todos nós andávamos desgarrados como
    ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas YHWH fez cair sobre ele a
    iniqüidade de nós todos." (Yeshayahu/Isaí as 53:5-6)*

    ResponderExcluir
  147. PARA O NESTOR E O BOÇAL DROGA SEMPRE ERRO QUIS DISER CHACAL
    A DOUTRINA DA REENCARNAÇÃO TORNA ABSOLUTAMENTE INÚTIL E INEFICAZ
    a vinda de Yeshua HaMashiach, pois se o homem pode salvar-se a si mesmo, por
    que YHWH precisaria vir morrer por nós no madeiro, tomando sobre si as
    nossas transgressões?

    Como podemos ver, a Bíblia é totalmente contrária aos principais
    princípios do reencarnacionismo. É impossível reconciliá-lo a uma crença
    bíblica.

    *VI - O Alerta da Bíblia*

    Por fim, a Bíblia nos adverte para que não absorvamos doutrinas
    que sejam estranhas às Escrituras em nossas crenças:

    *"Se alguém ensina algum outro ensinamento, e se não conforma com as sãs
    palavras de nosso Adon Yeshua HaMashiach, e com a doutrina que é segundo a
    piedade, é soberbo, e nada sabe..." (Timoteus Alef/1 Timóteo 6:3-4)*

    Se a doutrina reencarnacionista é completamente contrária ao
    ensinamento sobre a obra sacrificial de Yeshua, e se o ensinamento sobre a
    obra sacrificial de Yeshua vem de Elohim, qual a origem dessa doutrina
    estranha?

    *"Mas a Ruach expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da
    fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios." *

    *(Timoteus Alef/1 Timóteo 4:1)*

    E, por fim:

    *"E não andeis nos costumes das nações que eu expulso de diante de vós,
    porque fizeram todas estas coisas; portanto fui enfadado deles."
    (Vayicrá/Levítico 20:23)*

    ResponderExcluir
  148. PARA O NESTOR E O BOÇAL DROGA SEMPRE ERRO QUIS DISER CHACAL

    *VII - Conclusão*

    A reencarnação é uma doutrina que:

    Ø Não encontra qualquer respaldo nas Escrituras.

    Ø É contrária ao ensinamento sobre a salvação em Yeshua.

    Ø Originou-se no hinduísmo, uma religião absolutamente pagã.

    Ø Só começou a se propagar no Judaísmo no século 8 DC.

    Ø Está associada aos ensinamentos gnósticos, contra os quais os emissários
    de Yeshua já nos advertiram.

    Ø Não possui qualquer respaldo nos escritos judaicos anteriores à idade
    média.

    Trata-se, portanto, de uma doutrina que deve ser rejeitada por
    todos os israelitas, especialmente os seguidores de Yeshua.

    SENDO ASSIM MEU CARO NESTOR TOMA MAIS PAULADA NESSA SUA CABEÇA OCA.

    ResponderExcluir
  149. Nesse artigo, em relação aos dois textos abaixo, o Johnny menciona como fonte bibliográfica a Revista Realidade, nov. 1971; entretanto, peço que me perdoe, mas ele deveria ter citado como fonte bibliográfica o artigo de autoria do famoso padre Quevedo, publicado em
    http://www.usinadeletras.com.br/exibelotexto.phtml?cod=17786&cat=Artigos&vinda=S, em seu subtítulo NEM ADIVINHO, NEM INSPIRADO, pois é de lá que ele deve ter copiado, pois tais textos não constam da reportagem publicada na Revista Realidade de nov. de 1971; é só o leitor comparar na tabela abaixo os dois textos do Quevedo e do Johnny

    Diz Quevedo: “A [seu] pedido, Chico Xavier “psicografou” uma mensagem do “espírito” da mãe do Sr. João Guignone, Presidente da Federação Espírita do Paraná.” Diz Johnny: “A pedido [do repórter Hamilton Ribeiro], Chico Xavier “psicografou” uma mensagem do “espírito” da mãe do sr. João Guignone, presidente da Federação Espírita do Paraná.”
    Diz Quevedo: “Acontece que [foi] artimanha do repórter, a senhora “comunicante” está viva em Curitiba.” Diz Johnny: “Acontece que [tudo não passou de uma] artimanha de Ribeiro – a senhora “comunicante” estava viva em Curitiba.”
    para ver que o Johnny se baseou no trabalho do Quevedo e não na reportagem do José Hamilton Ribeiro, dando-se ao trabalho de apenas substituir as palavras por mim postas [entre colchetes] nos textos do Quevedo pelas aqui também por mim postas [entre colchetes] em seus textos; pelo menos em relação a esses dois textos.
    Logo, de duas uma: ou ele confiou demais no texto do Quevedo, o que não deveria ter feito, em virtude de quem se trata, ou agiu de má-fé, coisa que não se deve esperar de quem deve conhecer e pretender praticar o dito em Mateus 5,37, que é o famoso “Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; não, não, porque o que passa disso é de procedência maligna. ”
    Abraços. Frazão

    ResponderExcluir
  150. GENTE, TODA ESTA DISCUSSÃO NÃO LEVA A NADA. VEJAM O QUE DIZ A PALAVRA EM II TIMÓTEO 2:23-26:
    E rejeita as questões loucas, e sem instrução, sabendo que produzem contendas.
    E ao servo do Senhor não convém contender, mas sim, ser manso para com todos, apto para ensinar, sofredor;
    Instruindo com mansidão os que resistem, a ver se porventura Deus lhes dará arrependimento para conhecerem a verdade,
    E tornarem a despertar, desprendendo-se dos laços do diabo, em que à vontade dele estão presos.
    AGRESSÃO, PALAVRAS SEM AMOR SÓ LEVAM A MAIS AGRESSÃO E DISSO O MUNDO TÁ CHEIO.
    VAMOS SER SÁBIOS E FECHAR NOSSA BOCA PARA NÃO SERMOS TOLOS PELO MUITO FALAR.
    QUE O SENHOR ABENÇOE A TODOS.

    ResponderExcluir
  151. Alexandre diz:

    Caro Nestor, tenho lido os seus comentários e vejo que você é uma pessoa com muito conhecimento,mas lhe falata conhecimento bíblico.
    Jesus andou por tota parte fazendo o bem e pregando o amor ao próximo, correto? mas Jesus também passou boa parte repreendendo o próximo, exortando a fazer o que é certo, pois quem ama educa...
    Cara você fica falando em obras, amor ao próximo, mas vc precisa definir isso, pois amar, não é só fazer obras de assistência social não, tem que educar, falar o que ta errado, mostrar o que é certo, falar do erro, ficar achincalhando os evangélicos, na verdade alguns até merecem ser achincalhados, mas vou te dizer uma coisa, aceitar a Jesus não é ser evangélico, é transformação de vida, é ter liberdade para adorar a Deus, é ser amigo de Deus. Ajudar o próximo é obrigação e não boas obras. O sr. é uma pessoa bastante inteligente, mas não sou eu e nem ninguém aqui neste blog ou nos comentários que vai te convencer do pecado. Somente o Espírito Santo de Deus pode fazer isso, e eu só posso fazer a minha parte que é lhe dizer que Jesus morreu por mim e por você e que ele quer te salvar, basta aceita-lo como senho e Salvador.
    No mais um abraço e como disse anteriormente, podemos sempre aprender uns com os outros e ajudarmos também. No amor de JESUS QUE É O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA.

    ResponderExcluir
  152. Anônimo, primeiramente: Por que você mentiu, afirmando ser ateu?

    Agora, vamos por partes:
    “A origem do conceito reencarnacionista está na Índia, entre 1000 e 800 AC”.
    Tudo o que você falou sobre o conceito de reencarnação, eu já sabia. As origens da reencarnação na Índia Védica, etc, conhecimento comum de qualquer espírita e simpatizante. Todavia, isto não prova a impossibilidade da reencarnação.

    “A reencarnação não é, como vimos, uma doutrina originalmente judaica”.
    A história judaica é bem complexa, pois deve-se estudar as origens do povo hebreu. A figura de Satã, por exemplo, surgiu de uma crise espiritual no Cativeiro da Babilônia. Até então, Yaveh reunia, em si, as duas antíteses. O judaísmo teve facções com divergências ideológicas e filosóficas. Os fariseus, por exemplo, seguiam a escola de Shammai. Jesus pregava segundo a escola de Hilel, que era muito parecida com os essênios, de onde pertencia João, o Imersor. Os ensinamentos de Jesus são incrivelmente semelhantes aos de Zaratustra, que é muito mais antigo. Hilel falava as mesmas coisas também. A escola de Hilel era adversária da escola de Shammai. Houve muita influência entre os povos naquela região. Os hebreus absorveram e sincretizaram muitas mitologias e tradições de outros povos, principalmente dos sumérios. O conceito de reencarnação já existia naqueles tempos, mas não o termo reencarnação. Os conceitos de reencarnação e ressurreição confundiam-se na cultura de então. Jesus bateu de frente com os sacerdotes porque Ele era contra o uso da fé para domínio de massa e suas pregações eram diametralmente opostas ao judaísmo farisaico da grande maioria dos sacerdotes. Nos tempos de Cristo, existiam pouquíssimos judeus que entendiam e aceitavam a idéia de reencarnação, portanto, o conceito de vidas sucessivas já era corrente, mas ainda era um conhecimento relativamente oculto entre o povo. Jesus quebrou esta barreira, disseminando o que era restrito aos círculos rabínicos. Por isso, Ele disse: “Conhecereis a Verdade e ela vos libertará”. Ele não se referia apenas à reencarnação. Ele se referia a tudo que é inerente à espiritualidade. Porém, deturparam a Sua mensagem e mesclaram a Sua vida com a do deus-solar Mitra, dentre outros do panteão romano.

    ResponderExcluir
  153. “A Falsa premissa sobre Josefo”.
    Você postou um trecho de Antiguidades Judaicas de Flávio Josefo, mas eu tenho o mesmo trecho oriundo de tese de doutorado realizada no Wolfson College, na Universidade de Oxford, Inglaterra, onde não aparece o termo ressurreição. A saber: “Surpreendentemente, pouco se atentou para essas passagens de Josefo. A melhor análise é a de Steve Mason, que muito clarificou os usos e mal-entendidos da idéia de reencarnação em Josefo”.
    “Em termos de vocabulário, Josefo mostra-se notavelmente próximo de Platão em seu uso de termos ligados à reencarnação; este último não fala de paliggenesi/a mas pa/lin gi/gnesqai ocorre no Meno 81.b5 e no Fédon 70.a8 e 72.a8. Em Josefo paliggenesi/a e a/nabi/wsij parecem equivalentes: assim, em AJ 18.14, “Eles [os fariseus] acreditam que as almas têm o poder de sobreviver à morte e que existem recompensas e punições sob a terra para aqueles que viveram na virtude ou no vício: prisão eterna é a sorte das almas ruins, enquanto as almas boas recebem uma passagem fácil para uma nova vida””.

    E tem mais sobre reencarnação nos escritos de Josefo: “Diversas passagens do historiador evidenciam conhecimento claro do conceito de reencarnação. Uma das mais importantes é BJ12 2.16213, embora numa estranha conexão doutrinal com o farisaísmo: Toda alma, eles [os fariseus] afirmam, é imperecível, mas somente a alma dos bons passa a outro corpo. Informação semelhante encontra-se em BJ 3.374 e em CA 2.218”.

    (Fonte: http://www.pej-unb.org/downloads/art_josefo_reenc.pdf).

    ResponderExcluir
  154. “A Bíblia suporta a Reencarnação?”.
    Estes trechos bíblicos que falam sobre o rei Davi não fazem a menor alusão ao conceito de vidas sucessivas e nunca vi nenhum espírita ou simpatizante afirmar que Jesus seria a reencarnação do rei Davi, muito menos de Adão. Eu já vi alguns católicos falarem isso. Até alguns judeus já ouvi falarem que o rei Davi ainda reencarnaria como o messias, mas espíritas nunca vi falarem tal coisa. Anônimo, você pegou pesado nesse sofisma, hein? Já deu pra ver que esta tua fonte de informações não entende coisa alguma de Espiritismo e você idem.

    ResponderExcluir
  155. “Reencarnação de Eliyahu/Elias?”
    Jesus pregava a reencarnação sim, caso contrário Ele não afirmaria com todas as letras que João Batista era Elias. Essa conversa que “a profecia se refere, em linguagem figurativa, a um mensageiro que veria no mesmo propósito e com a mesma Ruach (Espírito) de Eliyahu” é mais uma tergiversação evangélica para não admitir o óbvio: Jesus afirmou taxativamente que João, o Batista, era Elias, que havia de vir (está escrito na própria Bíblia). Mas como o evangelho de Lucas afirma que o anunciador viria no espírito de Elias e isso pode ser interpretado como reencarnação, você adultera por conta própria o texto, na tentativa de sofismar mais ainda, e afirma que Lucas se referia ao Espírito Santo (“aqui o Espírito de Eliyahu é a Ruach HaKodesh (Espírito Santo)”). Onde consta que o espírito de Elias era o Espírito Santo? Francamente!
    Outro ponto é o fato de João Batista ter negado ser o profeta Elias. Isto pode ter várias razões. Ele pode ter negado por medo (algo que acho improvável) ou porque se referia a ele mesmo na atual encarnação (afinal, não era o mesmo corpo; João e Elias não eram a mesma pessoa; naquele momento ele era João, não Elias) ou talvez ele não aceitasse que foi o profeta Elias (mesmo que acreditasse em reencarnação), ou até mesmo não acreditasse em reencarnação. O fato de alguém ser médium, por exemplo, não obriga a crer na reencarnação. O dr. Brian Weiss, em seu livro “Muitas Vidas, Muitos Mestres”, narra o seu primeiro tratamento de Terapia de Vidas Passadas (TVP), e a jovem que ele curou de depressão e fobias, após todo o tratamento, continuou católica e sem acreditar em reencarnação. João Batista pode ter sido assim, todavia, isto não invalida a reencarnação. Chico Xavier, por exemplo, apesar de ser médium, espírita, acreditar em reencarnação e tudo mais, tinha santinhos, rosário e até a Bíblia em seu quarto. Essa negação de João, o Imersor, é um argumento muito inconsistente para invalidar a reencarnação.

    Continua...

    ResponderExcluir
  156. Continuação (“Reencarnação de Eliyahu/Elias?”):

    Anônimo, você afirma que Elias não morreu (“Eliyahu não morreu”) baseado na história do redemoinho que o arrebatou. Quem sabe se isso realmente ocorreu? Quem sabe foi outra coisa? Será que ele fora arrebatado com corpo e tudo? Será que seu corpo não foi desintegrado, indo apenas seu espírito imortal? Quem sabe o que realmente aconteceu? O fato de constar na Bíblia que Elias fora arrebatado não implica ter continuado com o invólucro carnal e nem significa impedimento à reencarnação. O trecho que narra o arrebatamento de Elias é um tanto singular, foi narrado nas palavras de alguém daquela época e não afirma que Elias fora imortalizado em seu corpo carnal: “Indo eles andando e falando, eis que um carro de fogo, com cavalos de fogo, os separou um do outro; e Elias subiu ao céu num redemoinho” (II Reis 2:11). Vê-se que este trecho pode ser oriundo de tradição oral, portanto, pode ter sofrido alterações no transcurso do tempo, não correspondendo exatamente ao que realmente ocorreu. Todavia, atendo-se apenas ao texto, constata-se que este arrebatamento não significa que Elias ficou imortal em seu corpo físico. Isto é uma interpretação subjetiva. Anônimo, você sofisma demais!

    ResponderExcluir
  157. “Transformação = Reencarnação?”.
    No que diz respeito à reencarnação e ressurreição: A doutrina das vidas sucessivas é milenar, mas o termo reencarnação é um tanto recente. Há 1000 anos atrás, por exemplo, não existia o termo reencarnação. Este termo foi criado no século XIX, com o advento do Espiritismo, e até então só existia o conceito, a idéia, a doutrina das vidas sucessivas, mas não um termo próprio que a designasse. Agora, vamos retroceder a 2000 anos (época de Cristo). Nesta época, muitas coisas inerentes à religião e filosofia eram confusas e muito complexas à mentalidade do povo. A religiosidade existia, mas muitos preceitos eram coisas novas e um tanto incompreensíveis. Nem todos tinham acesso a certas informações. Vale lembrar que estamos falando dos primórdios das religiões. Já era difícil se expressar, fazer-se entender e compreender conceitos como ressurreição e reencarnação a 1000 anos atrás; imagine a 2000! Existiam facções judaicas que aceitavam a doutrina das vidas sucessivas, existiam outras que não, existiam os que acreditavam na ressurreição carnal e os que acreditavam apenas na espiritual. Eram muitos preceitos que se mesclavam e se opunham simultaneamente, isto confundia e dividia opiniões. Junte a tudo isso o sincretismo com mitologias mais antigas e temos a miscelânea cultural sob a qual vivia o povo hebreu e na qual formaram-se as escrituras. Esta é a base da Bíblia. Por isso, deve-se analisar os trechos bíblicos com senso crítico para separar o coerente do incoerente, a realidade do mito, o louvável do execrável, etc. Fazendo esta filtragem (tarefa nada fácil), pode-se dizer que temos algo inspirado por Deus, um lampejo da Palavra de Deus.

    Continua...

    ResponderExcluir
  158. Continuação (“Transformação = Reencarnação?”):

    As passagens de Coríntios 15:52-54 não aludem a ressurreição carnal. Em “os mortos serão ressuscitados incorruptíveis” não significa a ressurreição física, pois existe a ressurreição espiritual. O espírito que está encarnado está “morto” no plano espiritual. Quando acontece o desencarne, este espírito ressuscita no plano espiritual. O conceito de ressurreição cabe bem ao mundo dos espíritos, porque lá nós somos imortais e não mudamos. Morremos temporariamente, enquanto estamos encarnados. O corpo físico é corruptível, mas o corpo espiritual (espírito) é incorruptível. Somos sempre os mesmos espíritos. O que não ocorre com a reencarnação, que cada corpo é diferente do anterior; não é o mesmo corpo, não é o mesmo DNA e a matéria é perecível. Após a morte física, o espírito retorna à eternidade e o escafandro de carne desintegra-se para sempre, não tendo volta, e a própria Bíblia confirma isso: “aos homens está ordenado morrerem uma só vez” (Hebreus 9:27), e também: “aquele que desce à sepultura jamais tornará a subir” (Jó 7:9-10).

    ResponderExcluir
  159. “Repare que enquanto a doutrina do carma fala de conseqüências sobre uma vida futura, a Bíblia nos diz que as nossas boas obras serão como tesouros ajuntados nos céus”.
    Em que ponto Mateus 6:19-20 invalida a Lei de Causa e Efeito? Anônimo, se você realmente compreendesse a Lei do Carma, você entenderia que Mateus 6:19-20 se refere ao apego ao mundo material, ao cultivo de sentimentos mundanos e tudo que possa nos prender ao plano físico, onde tudo é efêmero e, conseqüentemente, prolonga o ciclo das reencarnações, pois aumenta os grilhões que prendem o espírito ao plano físico através da Lei de Ação e Reação. Ao seguir os preceitos em Mateus 6:19-20, o espírito fica preparado para sair da roda das vidas sucessivas, anulando a Lei de Causa e Efeito através da prática do Amor. Mateus 6:19-20 fala uma grande verdade inerente ao Carma. Mateus 6:19-20 confirma um ensinamento budista anterior, que, por ser uma verdade, não podia ser diferente. É o seguinte: “Que o homem sábio faça o correto: um tesouro que outros não podem partilhar, que nenhum ladrão pode roubar, um tesouro que não fica pra trás” (Kuddakapatha 8:9). Kuddakapatha 8:9 diz a mesma coisa que Mateus 6:19-20, com outras palavras.
    Temos ainda outras “coincidências” com o Budismo: “É mais fácil um camelo passar pelo fundo de uma agulha do que entrar um rico no reino de Deus” (Marcos 10:25); “Riquezas tornam o homem ganancioso e então como uma caravana seguindo o seu caminho até o inferno” (Jatakamala 5:5 e 15). Nenhum plagiou o outro, porque a Verdade é uma só e não pertence a ninguém!

    Pra bom entendedor, meia palavra basta!

    ResponderExcluir
  160. “Morrendo o homem perverso perece sua esperança, e acaba-se a expectação de riquezas” (Mishlei/Provérbios 11:7).
    Onde está a afirmação que o perverso não acumula dívidas para vida ulterior no trecho acima? Pelo que está escrito, “acaba-se a expectação de riquezas”. Isto significa que o perverso não colherá bons frutos, ou seja, não terá recompensa, portanto, a sua esperança fica frustrada. Quem tem dívidas não tem expectação de riquezas. Segundo a Lei do Carma: Colhemos o que plantamos; morrendo o perverso, logicamente, terá o retorno de sua perversidade em outra vida. Provérbios 11:7 refere-se à sorte do perverso após a morte (que pode ser em outra encarnação ou no além). Em que isso invalida a reencarnação? Na verdade, confirma. Anônimo, você não sabe nada sobre reencarnação e a Lei de Causa e Efeito!

    ResponderExcluir
  161. “Que homem há, que viva, e não veja a morte? Livrará ele a sua alma do poder do She'ol?” (Tehilim/Salmos 89:48).
    Isto se refere à imortalidade física! O Espiritismo jamais pregou a imortalidade física! Quem prega a imortalidade física são vocês, evangélicos. A Doutrina Espírita nunca afirmou que alguém possa evitar ou vencer a morte por conta própria. Anônimo, de onde você tirou está pérola!? Você fala sem conhecimento. Lastimável!

    ResponderExcluir
  162. “Que homem há, que viva, e não veja a morte? Livrará ele a sua alma do poder do She'ol?” (Tehilim/Salmos 89:48).
    Isto se refere à imortalidade física! O Espiritismo jamais pregou a imortalidade física! Quem prega a imortalidade física são vocês, evangélicos. A Doutrina Espírita nunca afirmou que alguém possa evitar ou vencer a morte por conta própria. Anônimo, de onde você tirou esta idéia estapafúrdia acerca do Espiritismo!? Tá doidão? Você fala sem conhecimento. Lastimável!

    ResponderExcluir
  163. Anônimo, sobre Hebreus 9:27-28 negar a reencarnação: Sugiro a você ler meus posts anteriores, pois já refutei isso e não repetirei. Se “aos homens está ordenado morrerem uma só vez”, então o livro dos recordes deve ser avisado, pois Lázaro e outros ressuscitados bíblicos devem estar perambulando pelo mundo até hoje. Espírito não morre. O que morre é o corpo físico; sem voltar à vida; sem ressuscitar; havendo um nascimento e uma morte em cada vida.
    Até hoje nunca foi registrada uma ressurreição em toda a História. A Bíblia não serve como prova porque não há outra fonte que lhe dê respaldo no que se refere às ressurreições. As ressurreições só estão escritas na Bíblia, mas não há provas que elas ocorreram. Assim como um livro que conte histórias de vampiros e lobisomens. Cientistas já procuraram evidências de ressurreições, mas jamais encontraram. Por outro lado, muitos cientistas já coletaram muitas evidências e relatos de reencarnação. Eu já postei nomes e obras de cientistas e pesquisadores. É só ler meus comentários anteriores.

    Anônimo, esta foi a tua fonte, não foi?: http://www.torahviva.org/index.php?p=5_114

    Pois é, Anônimo, leia meus comentários passados e assuma que é evangélico, deixe de ser covarde. Sente vergonha de dizer que é evangélico? Não é? E, assim, o mané e cabeça oca sou eu.

    ResponderExcluir
  164. Eu não tento convencer uma criança de 5 anos que Papai Noel não existe. Porém, acredito que aqui não tenha nenhuma criança de 5 anos.

    Reiterando...
    Hebreus 9:27 nega reencarnação?

    Vocês, evangélicos (sem generalizar), acreditam na ressurreição física, que implica em um cadáver voltar à vida. Portanto, quem ressuscitou já morreu uma vez, isto é, a pessoa faleceu e depois voltou à vida. Todavia, Hebreus 9:27 afirma o seguinte: “E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo”. E ainda temos Jó 7:9-10, confirmando que a ressurreição carnal é impossível: “Tal como a nuvem se desfaz e passa, aquele que desce à sepultura jamais tornará a subir. Nunca mais tornará à sua casa, nem o lugar onde habita o conhecerá jamais”. Isto não tem nada a ver com reencarnação. Hebreus 9:27 também não tem nada a ver com reencarnação, pois o espírito não morre, e cada encarnação (vida) tem apenas um nascimento e apenas uma morte. Em cada encarnação, o espírito nasce e morre em corpos diferentes, ou seja, não é a mesma pessoa: Em cada vida, o espírito é uma pessoa diferente, que nasce e morre apenas uma vez. Quando um espírito encarna, ele dá vida a apenas um corpo, a uma personalidade, que morre apenas uma vez. Em outra vida, este mesmo espírito nascerá em outro corpo, dando vida a outro ser humano, outra personalidade, será outra pessoa que também vai morrer tão somente uma vez, assim como nasceu apenas uma vez também.

    Continua...

    ResponderExcluir
  165. Continuação (Hebreus 9:27 nega reencarnação?):

    Cada vida é diferente da anterior, em corpos diferentes, com apenas um nascimento e uma morte. Quem reencarnou nunca morreu antes, pois quem reencarna é o espírito, que é imortal, e o corpo que lhe serve de invólucro também nunca morreu antes, pois, quando morrer, morrerá só uma vez. Quando um espírito reencarna, o corpo/pessoa vive só uma vez e morre só uma vez. O espírito continua prosseguindo imortal, quem morre são os corpos que lhes serviram de invólucro em cada vida. Portanto, Hebreus 9:27 não condena a reencarnação, mas a ressurreição é outra coisa. Quem ressuscitou fisicamente já morreu uma vez e Hebreus 9:27 diz que “aos homens está ordenado morrerem uma só vez”. Quando Hebreus 9:27 afirma que “aos homens está ordenado morrerem uma só vez”, ele está se referindo a pessoas encarnadas (vivas), não está se referindo a espíritos (até porque os espíritos são imortais). Homens, em Hebreus 9:27, homens são, genericamente, pessoas vivas de carne e ossos, ou seja, somos nós, os vivos, que não podemos morrer mais de uma vez na mesma vida. Todavia, um ressuscitado é um cadáver que volta à vida, ou seja, é o retorno do espírito à vida no mesmo corpo. Isto vai contra Hebreus 9:27: “aos homens está ordenado morrerem uma só vez”. Se Hebreus 9:27 condenasse a reencarnação, estaria assim: “E, assim como aos ESPÍRITOS está ordenado VIVER uma só vez NO MUNDO, vindo, depois disto, o juízo”; ou algo similar, que deixasse claro a negação à doutrina das vidas sucessivas. Contudo, Hebreus 9:27 deixa bem claro a impossibilidade da ressurreição: “E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo”.
    Não vou nem discorrer sobre Jó 7:9-10, que nega taxativamente a ressurreição física. Está tão claro a impossibilidade da ressurreição em Jó 7:9-10, que basta citar o trecho: “Tal como a nuvem se desfaz e passa, aquele que desce à sepultura jamais tornará a subir. Nunca mais tornará à sua casa, nem o lugar onde habita o conhecerá jamais”. Como se pode ver claramente, a ressurreição carnal é negada até em certos trechos da Bíblia. Isto é óbvio!

    ResponderExcluir
  166. A ressurreição é morrer e voltar à vida o mesmo corpo, tal qual era antes da morte, sem passar pelo processo de renascer, crescer e envelhecer, inerente à reencarnação. Ou seja, o ressurreto é o mesmo e o espírito idem. A reencarnação consiste em uma nova vida com outro nascimento em outro corpo carnal, ou seja, o reencarnado não é o mesmo, não é a mesma pessoa da vida anterior. Na reencarnação, o espírito é o mesmo, mas o corpo é outro e a vida também é outra. Portanto, o conceito de ressurreição enquadra-se bem à espiritualidade, pois enquanto o espírito está encarnado, ele está “morto” no plano espiritual. Quando uma pessoa desencarna (morre), seu espírito volve ao mundo espiritual do mesmo jeito, sem mudar, pois é o mesmo espírito, tal qual na ressurreição física, onde o corpo físico é o mesmo. Ou seja, a morte física significa a ressurreição no mundo espiritual; enquanto encarnado, o espírito está morto no plano espiritual; ao desencarnar, o espírito ressuscita no plano espiritual. Em suma: A ressurreição ocorre no plano incorpóreo e a reencarnação no corpóreo.

    Se eu fosse evangélico, parava de utilizar Hebreus 9:27 como negação à reencarnação, pois está escrito que “aos homens está ordenado morrerem uma só vez”, ou seja, os ressuscitados bíblicos deveriam estar vivos pelo mundo até hoje.

    Acho que não dá pra ser mais claro. Acho que não posso para explicar melhor que isso. Acho que expliquei tanto, que fui até prolixo demais. Para explicar mais que isso, só num documentário.

    É só raciocinar! O cérebro foi feito para raciocinar! Raciocinar não dói e não é pecado!

    Depois de tantas explanações, quem não entendeu ou não aceita o fato de que Hebreus 9:27 nega a ressurreição é porque está com grave dissonância cognitiva. Lastimável!

    ResponderExcluir
  167. “Cara você fica falando em obras, amor ao próximo, mas vc precisa definir isso, pois amar, não é só fazer obras de assistência social não, tem que educar, falar o que ta errado, mostrar o que é certo, falar do erro, ficar achincalhando os evangélicos, na verdade alguns até merecem ser achincalhados, mas vou te dizer uma coisa, aceitar a Jesus não é ser evangélico, é transformação de vida, é ter liberdade para adorar a Deus, é ser amigo de Deus”.

    Prezado Alexandre, já fui bem claro ao falar de boas obras. Quando falo de amar o próximo, falo do combustível que impulsiona as boas obras. Boas obras englobam tudo que é feito com Amor para o bem de qualquer ser vivo. A caridade são boas obras. Ajudar alguém é uma caridade, portanto, é uma boa obra. Não obstante, educar e ensinar também são boas obras. Mas ressalte-se que para ser boa obra é preciso visar o bem do próximo, e isto independe de religião ou crença. O egoísmo é a antítese das boas obras. A pregação do dogma que afirma que seremos salvos somente pela fé (graça) estimula o egoísmo, e o egoísmo cerceia o amor ao próximo. Não há nada de errado em se ter fé; só que fé é crença, não é amor. Este é o cerne de toda essa questão de salvação.

    ResponderExcluir
  168. Caro Alexandre, você afirmou que “ajudar o próximo é obrigação e não boas obras”. Discordo dessa sua afirmação em um ponto e concordo em outro:
    1) Discordo porque ajudar o próximo são boas obras sim (como expliquei acima). A expressão Boas Obras tem um sentido bem amplo. Toda atitude praticada com Amor para o bem de outrem é uma boa obra. Portanto, quem ajuda o próximo está fazendo o bem para outrem, ou seja, está fazendo uma boa obra. Se ajudar o próximo não é boa obra, nada mais é;
    2) Concordo quando você disse que ajudar o próximo é uma obrigação. Realmente é, e Jesus cobrou muito isso. Quem ajuda o próximo faz uma boa obra e quem faz boas obras cumpre com a sua obrigação. Quem cumpre com o seu dever está quites. Quem só fica na fé tem seus méritos, mas ainda não cumpriu com a sua obrigação, ou seja, está em débito. Isto mostra a importância das boas obras em relação à fé. A fé é muitíssimo importante, mas as boas obras a suplantam em valor, independente de religião ou crença. Só para relembrar, vale reiterar aqui alguns trechos bíblicos bem coerentes, que exaltam as obras sem privilegiar religião alguma: “Meus irmãos, qual é o proveito, se alguém disser que tem fé, mas não tiver obras? Pode, acaso, semelhante fé salvá-lo?” (Tiago 2:14); “Assim, também a fé, se não tiver obras, por si só está morta” (Tiago 2:17); “Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor” (Coríntios 13:13); “Ora, se invocais como Pai aquele que, sem acepção de pessoas, julga segundo as obras de cada um, portai-vos com temor durante o tempo da vossa peregrinação” (I Pedro 1:17).

    Portanto, ajudar o próximo é boa obra e é dever de todos.

    ResponderExcluir
  169. Caro Alexandre, quero deixar bem claro aqui que não achincalhei os evangélicos, apenas reagi ao artigo sobre Chico Xavier, que, diga-se de passagem achincalha notadamente a pessoa de Chico Xavier. Leia meus comentários e você comprovará que só tenho reagido ao que me disseram. Reagi à altura. Veja, por exemplo, o linguajar de um dos Anônimos, que disse ser ateu, mas é evangélico (lamentável isso no movimento evangélico!). Portanto, se alguém achincalhou alguém aqui, não fui eu. Se você se ofendeu, peço desculpas, não foi essa a minha intenção. Sei que existem evangélicos e “evangélicos”!

    ResponderExcluir
  170. Para que fique mais claro o que digo sobre o dogma da salvação pela Graça, suponhamos a seguinte situação:
    Dois cidadãos de bem são vizinhos de um morro, onde há uma pequena favela. Um deles é cristão protestante e o outro é ateu. Um dia, uma forte enxurrada, provocada por um intenso temporal, ocasionou um grande deslizamento, que soterrou casas com pessoas, animais, etc., nesta favela. O protestante fica em sua casa, lendo a Bíblia e orando pelas vidas soterradas. O ateu sai de sua casa e vai ajudar nas buscas e salvamento.
    Ambos têm seus méritos. Nenhum está errado. Contudo, eu pergunto: Qual deles teve a atitude mais valorosa? Qual teve a atitude mais cristã? Será que o PAI Celestial não levaria em conta isso? Suponhamos que 90% dos voluntários nesse hipotético resgate fossem de ateus, budistas, muçulmanos e espíritas. Todos iriam pro Inferno? E para o Céu iriam somente aqueles que ficaram na fé? Então, nesse caso, o Inferno ficaria com muitas pessoas boas e o Céu com outras muitas pessoas “boas”?

    ResponderExcluir
  171. NESTOR PARE DE FALAR TANTA M. Ninguém ta afim disso, defenda sua teologia medíocre em outro lugar será que você não se cansa de apanhar de tantos teólogos que já refutaram sua fabulas?
    Você nunca vai ganhar porque nos temos a nossa convicção e você a sua agora sai de fininho seu mane.

    ResponderExcluir
  172. So pra deixar claro não minti apenas omiti.

    ResponderExcluir
  173. Anônimo, você não omitiu. Você não teve e nem tem argumentos, e copiou distorções de um site totalmente tendencioso (http://www.torahviva.org/index.php?p=5_114).
    Os “teólogos”, que você fala, são pastores com diploma (KKKKKK)! Isso lá é teólogo! Francamente!
    Anônimo, você está sem argumentos? Por que não respondeu minhas questões? Agora eu te digo: Se não tem argumentos, sai de fininho!
    Ou me responda:
    1 – Você acredita que o homem foi feito do barro?
    2 – Você acredita que um casal deu origem à humanidade toda?
    3 – Você acredita na arca de Noé?
    4 – Você acredita que Deus parou o Sol ou a rotação da Terra para Josué vencer os amorreus?
    5 – Você acredita que o planeta Terra tem menos de 10000 anos?
    6 – Por que você mentiu, afirmando ser ateu?

    ResponderExcluir
  174. Pergunto aos demais evangélicos: Este Anônimo representa o perfil da maioria evangélica?

    ResponderExcluir
  175. Nossa estou emocionado com tamanha devoção em me ofender: Mas anonimo Porque não se identifica para chamarmos vc pelo seu nome cristão??
    Eis um dado novo que talves na sua mediocre tentativa de difamar o Espiritismo, tenha deixado de fora. Todas os seus copia e colas deixaram de fora que historicamente a teoria reencarnacionaista vai muito alem da india, na verdade vem do Egito e exitem papiros escritos por sacerdotes (QUE ESTUDAVAM EXAUSTIVAMENTE) que ja pregavam essa teoria. Veja bem o que disse um escriba do Faraó Sethi II em 1320 Antes de Cristo;
    “Os homens não vivem somente uma vez, partindo em seguida para sempre. Eles vivem numerosas vezes e em numerosos lugares, embora não seja sempre neste mundo. Entre duas vidas, há um véu de obscuridade. A porta abrir-se-á no fim e nos mostrará todas as câmaras que nossos passos atravessaram desde o começo.”
    Do Papiro de Anana, Vizir e Escriba do Faraó Sethi II (1320 a.c.)
    Logo não preciso nem dizer que a propria teoria reencarnacionista Egepcia, foi a base para o proprio EVANGELHO(AGORA ESSE POVO ME QUEIMA NA FOGUEIRA). Veja, muitos dos seus "heoróis" biblicos, passaram pelo Egito e conviveram com essas teorias todas(José, Moisés etc..) Muitos deles estudaram estas religiões afim de descobrirem o significado da vida como um todo; De onde viemos, porque viemos, para onde vamos e porque vamos. São perguntas que muitos de nós nunca encontraremos respostas, e uns menos ainda que outros.
    Só acho lamentavel, que em toda a sua tentativa de bloquear a verdade, não tenha atentado para um preceito simples: Se você esta aqui hoje, é porque você veio de algum lugar.

    ResponderExcluir
  176. NESTOR: Incrivel como postamos coisas parecidas em topicos diferentes...kkkkkkkkk

    http://www.genizahvirtual.com/2011/03/chico-xavier-esta-prestes-ser.html

    ResponderExcluir
  177. Nestor outra postagem: http://www.genizahvirtual.com/2011/02/o-grande-profeta-em-esforco-mediunico.html

    Não acho que eles um dia consiguirão entender qualqeur coisa que dissermos, parece paralisia intelectual....

    ResponderExcluir
  178. Nestor Deixa seu msn la no meu blog, ou mesmo seu e-mail...é só clicar no link do meu nome....todos os comentarios aguardam aprovação, não postarei seus dados la´.

    ResponderExcluir
  179. Corrigindo!!!! o estudo da reencarnação ja era estudado no egito a pelo menos 3200 anos antes de cristo. FONTE: TODA A INTERNET!

    ResponderExcluir
  180. Eu adoro deus. Eu também gosto de jesus, do Chico, de fotossíntese, de pastel de feira e da Via Láctea. Mas ODEIO o Sistema Solar. Ah! aí, mermão, onde é que eu vô prá vê medium espelindo ectoplasma? Aquilo é massa, véio! Aquele treco sai só pela boca, é? Ou por tudo quanto é buraco? Com deus pela vitória! Aleluia, irmão. Amém.

    ResponderExcluir
  181. Sabe qual o maior problema dos Evangélicos contra os Espiritas. EGOISMO. Eles não suportam ver alguem abstendo-se de si mesmo para beneficiar outra pessoa. Não faz parte da cultura evangélica fazer isso. Sempre que for a igreja repare só. "Deus o abençoará abundantemente, se semear..."
    "Você, só será vencedor, se semear na casa de Deus..."
    "A vitoria é sua, mas tem que semear..."
    Olha, eu posso ta enganado, mas essa tal semeadura para mim, nada mais é do que o pagamento do Dizimo ou da oferta em especie. QUe Deus é esse que barganha benção? Não é o meu Deus. O Meu Deus, me abençoa a medida que eu for merecendo.Eu jamais daria um carro para o meu filho, se ele não merecer e provar que esta preparado para dirigir sem matar ninguem.
    A principal, virtude é o amor , a segunda a humildade, e a terceira é negação de si mesmo e isso é muiito dificil de se ver entre evangélicos, principalmente se eles são como pop stars, ou mesmo se forem aspirantes a isso...Tem muito evangélico que adora aparecer e por isso, jogam pedras e tudo que lhes é oposto....
    Mas chegará o dia em que contas deverão ser prestadas e tudo que o Pai colocou em suas mãos, sera cobrado, assim como Jesus falou: "Muito será cobrado a quem muito foi dado"

    ResponderExcluir
  182. Oi, pessoal.
    Será que ninguém está notando que o foco da discussão (Uma farsa chamada Chico Xavier) foi desviado e ninguém mais está cobrando do Johnny que ele prove o que afirma? Principalmente quanto a “mensagem enviada pela mãe do Sr. João Guignone” que o Johnny fala que foi escrita pelo Chico, a pedido do Zé Hamilton, quando, na realidade, se tratou de um recado dado diretamente pelo Chico ao Sr. Guignone, quando este foi cumprimentar o Chico. E isso deve ser cobrado sistematicamente, até que ele se explique ou retire esse artigo que, além de mentiroso, distorceu os fatos narrados na reportagem da Revista Realidade. E o pior é que o intrépido apologista tem a coragem de dizer: “Sou fundador do Instituto de Pesquisas Religiosas (INPR Brasil) e há mais de dez anos me dedico ao estudo da religiosidade brasileira, com especial interesse por Comunidades Alternativas e Espiritismo. Desse modo, nossos argumentos são pautados em fatos verdadeiros. É o que acontece em relação ao nosso estudo sobre o Chico Xavier.”, conforme ele afirmou em mensagem de 19/03/2011, em http://www.napec.net/heresiologia/espiritismo/a-verdade-sobre-chico-xavier/, na qual prometeu se pronunciar na semana seguinte, mas só no dia 14 do mês corrente disse: “Em breve soltaremos uma análise sobre o vídeo e provas adicionais do que estamos discorrendo. Aguardem um pouco.”
    Assim, acho que devemos fazer aqui o mesmo do que foi feito no NAPEC, a fim de que ele se pronuncie sobre seu artigo, já que este é o foco dos nossos comentários.
    Abraços. Frazão

    ResponderExcluir
  183. O sr. Frazão tem razão!

    Até agora não vi uma prova sequer das alegações deste artigo sobre Chico Xavier.

    Os evangélicos que aqui postam, falam muito e não apresentam uma prova.

    Preferem sofismar sobre outros assuntos para detratar o Espiritismo do que apresentar provas cabais das afirmações deste artigo mentiroso.

    Este artigo sobre Chico Xavier é difamador e caluniador e nenhum evangélico teve coragem de assumir isto.

    Cristão que mente e apóia mentiras não é cristão.

    Que tipo de fé é esta que necessita difamar e caluniar os outros para se manter?

    ResponderExcluir
  184. Oi, Nestor.
    Essa é a tática que eles usam; entretanto, já consegui “frear” muitos dos que usam desse expediente, mediante a simples referência de que só me pronunciaria sobre comentários relativos ao foco do assunto.
    A maioria “sumiu” e uns poucos partiram para o destempero verbal, após repetir algumas colocações, por pura falta de argumento para continuar nos debates.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  185. SO FALTAVA ESTA AGORA SÃO TRÊS, O BOÇAL, SEU NESTOR E SEU CAGÃO DIGO FRAZÃO,

    ISTO SIM ME DEIXA COM DUVIDAS SOBRE O CLIMA QUE TA ROLANDO, ENTRE OS TRES PATETAS

    ResponderExcluir
  186. Caro senhor "Anônimo".
    Você apenas está confirmando o que afirmei; está partindo para o destempero verbal e, ainda, com a agravante de encobrir-se no anonimato.
    Essa sua atitude me faz suspeitar que você tem algum desvio de personalidade...
    Abraços para você e para quem for da família.
    Frazão
    P.S. Não se preocupe, pois não mais me dirigirei a quem não dá a "cara para bater"

    ResponderExcluir
  187. Esse Anônimo só sabe dar piti.

    Evangélico!

    ResponderExcluir
  188. djalma
    Gostaria de deixar meus comentários. Vejam bem: quantas pessoas há , infelizmente, sendo enganadas em acreditar nas mentiras (tentando, tentando achar a Verdade).Pergunto: quem é o pai da mentira? Resposta: diabo. Pergunto: Quem é FIEL em tudo e com TODOS:JESUS pela sua graça e infinita misericórdia... (só para os que teem FÉ). Os tais acreditam mais no homem (criatura) com suas fábulas descabidas do que no DEUS(criador).Tão somente vamos ser sábios, irmãos...vejam o que o antigo perseguidor dos cristaõs Saulo que por sinal não era um qualquer; mas um inteligente homem instruído ainda jovem. conhecedor dos assuntos relevantes à Religiosidade daquela época até ao dia em que foram mudados os seus planos.Porque a sua saga era tão somente a perseguição aos cristãos. Pois considerava os cristão uns desobedientes à sua crença e ensino e mereciam morrer. Um dia, numa dessas buscas, vejam o que aconteceu, o Senhor interveio com uma abordagem e disse a Saulo: Saulo, Saulo porque tu me persegues???? Ele respondeu: Quem és tu Senhor?? A voz respondeu: Eu sou Jesus a quem tu persegues, mas levanta e entra na cidade...Saulo ficou cego DURANTE 3 dias sem comer e sem beber. A partir de então a sua conversão aconteceu e o seu nome mudou para PAULO DE TARSO pois quando Deus diz BASTA, BASTA mesmo, entra na questão POIS Ele é Deus. Paulo então passou a desempenhar as sua tarefas do lado de cá.. (oposto ao que foi instruído e ensinado pelos homens sabios" e entendidos" na letra e na lei. (etc..). Mas pela vontade de Deus o apóstolo Paulo precisava conhecer a Verdade.
    Vamos ler um trecho da carta dele aos Efesios 5:
    Sede pois imitadores de Deus, como filhos amados, e andai em amor como Cristo também vos amou e se entregou a si mesmo por nós, como oferta e sacrifício a Deus em cheiro suave. Mas a prostituição e toda sorte de impureza ou cobiça, nem sequer se nomeie entre vós como convém a santos. Nem baixeza, nem conversa tola, nem gracejos indecentes, coisas essas que não convém; mas ante ações de graça; Porque bem sabeis isto: que nenhum devasso, ou impuro ou avarento o qual é idolatra tem herança no reino de Cristo e de Deus. Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência .Portanto não sejais participantes com eles , Pois outrora éres trevas mas agora sois luz no Senhor, andai como filhos da luz. Pois o fruto da luz está em toda a bondade e justiça e verdade, provando o que é agradável ao Senhor. E não vos Associeis as obras infrutuosas das trevas , antes, porém , condenai-as . Porque as coisas feitas por eles em oculto até o dizê-la é vergonhoso. Mas todas estas coisas sendo condenadas se manifestam pela luz, pois tudo o que se manifesta é luz. Pelo que diz: Desperta tu que dormes e levanta-te dentre os mortos e Cristo te iluminará.
    Deus abençoe a Todos.

    ResponderExcluir
  189. Meu caro Djalma.
    O que o seu comentário tem a ver com o artigo aqui publicado?
    Abraços. Frazão

    ResponderExcluir
  190. Djalma.
    Meus queridos. Gostaria que todos lêssem o capítulo do Evangelho de 1ª Coríntios 15:
    A RESSURREIÇÃO. (O PRÓPRIO AUTOR TAMBÉM FOI TESTEMUNHA DA RESSURREIÇÃO DO NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO (NÃO É HISTÓRIA) FOI VISTO POR MUITOS. VEJAM O PLANO DE DEUS PARA RESGATAR O HOMEM DO SEU PECADO E PELA SUA DESOBEDIÊNCIA.)
    ABRAÇOS.

    ResponderExcluir
  191. Sr. Djalma, o sr. tem alguma informação que prove a veracidade deste artigo sobre Chico Xavier?

    Sobre seus comentários: Digo para o sr. ler meus comentários postados.

    ResponderExcluir
  192. Caro Djalma.
    Aqui é um local de debates e não uma tribuna de proselitismo.

    ResponderExcluir
  193. Consta neste artigo: “David Nasser, da revista “O Cruzeiro”, com a ajuda de seu fotógrafo estrangeiro, Jean Manzon, convenceu Chico de que eles tinham vindo de muito longe, de Paris. Chico decidiu então dar a primeira entrevista internacional de sua vida e pousou para fotos nas situações mais extravagantes. Até dentro de uma banheira ele apareceu em fotos de página inteira na revista “O Cruzeiro””.
    Vejam o que o próprio David Nasser fala sobre a tal matéria: http://www.youtube.com/watch?v=sUdHI1UsZ-g

    QUERO VER AS TAIS FOTOS ESTRAVAGANTES. ONDE ESTÃO ESTAS FOTOS COM O CHICO EM SITUAÇÕES ESTRAVAGANTES???

    Também consta neste artigo: “Mal acabou de se recuperar, o médium sofreu um novo revés. A pedido do repórter Hamilton Ribeiro, Chico Xavier “psicografou” uma mensagem do “espírito” da mãe do sr. João Guignone, presidente da Federação Espírita do Paraná. Acontece que tudo não passou de uma artimanha de Ribeiro – a senhora “comunicante” estava viva em Curitiba”.
    MENTIRA TEM PERNAS CURTAS!!!
    MATÉRIA COMPLETA DA REVISTA REALIDADE: http://www.imagick.org.br/pagmag/turma2/xavier5.html

    Um pequeno testemunho sobre Chico Xavier: http://www.sidneyrezende.com/noticia/80279+100+anos+de+chico+xavier+ele+e+um+enigma+conta+biografo+do+medium

    100 anos de Chico Xavier: Amigo do médium fala sobre ajuda da psicografia: http://www.sidneyrezende.com/noticia/80401+100+anos+de+chico+xavier+amigo+do+medium+fala+sobre+ajuda+da+psicografia

    Documentário “As Cartas Psicografadas por Chico Xavier”: http://www.quiosqueazul.com.br/2010/11/as-cartas-psicografadas-por-chico.html

    Para saber mais: http://www.youtube.com/watch?v=0r3b2Rvj2HQ

    Desde o meu primeiro comentário estou esperando as provas! ONDES ESTÃO AS PROVAS DAS ALEGAÇÕES DESTE ARTIGO?????

    ResponderExcluir
  194. Como diria Capitão Nascimento: Nunca as terá, nunca...nuca...

    ResponderExcluir
  195. Oi, pessoal.
    Após minha mensagem de teor:
    “Caro Emerson.
    Não entendo essa sua atitude...
    Você fez a publicação de um artigo “colhido” na internet, informando a sua fonte e, ao que parece, não verificou a veracidade dos fatos nele descritos, principalmente considerando que alguns trechos de seu texto contêm palavras preconceituosas, o que, por uma questão de consideração para com um ser humano, deveria ser analisado com mais rigor quanto à veracidade dos fatos nele abordados.
    No entanto, quando citei fontes demonstrando que tal artigo contém mentiras, vem você com essa de investigar a veracidade dos fatos, desviando para a incompatibilidade do espiritismo com o cristianismo e a inveracidade da reencarnação e das ideias de Kardec, hipóteses essas não abordadas no artigo sob comentário.
    Com essa sua atitude a impressão que passa é que, independente de ser verdade ou não o que está no artigo publicado originariamente no Genizah, ele continua aqui exposto simplesmente porque é contrário a uma das figuras proeminentes da Doutrina Espírita, o Chico Xavier.
    São atitudes como essa que estão levando o povo a cada dia mais se afastar, se não da religião em si, pelo menos dos dirigentes religiosos inescrupulosos, que não mais sabem o que fazer para manter seus seguidores como verdadeiras ovelhas, no sentido literal da palavra, pretendendo fazer com que deixem simplesmente de raciocinar por si próprios e passarem a segui-los e que, na maioria das vezes são indivíduos mais despreparados moralmente do que as pessoas que pretendem arregimentar como seus fiéis seguidores.
    Logo, meu caro, o mínimo que era de se esperar era que você fosse conferir o que eu disse no meu primeiro comentário e informar aos leitores sobre a veracidade ou não do referido comentário.”,
    dirigida a http://extestemunhasdejeova.net/forum/viewtopic.php?f=20&t=7065, o artigo do Johnny aqui comentado, foi de lá retirado sem qualquer explicação por parte do coordenador.
    Logo, já que o Johnny não vai ter argumentos para contestar os nossos demonstrando a mentira dos fatos relativos à reportagem do José Hamilton, na revista Realidade de novembro de 1971, o melhor é partir para os sites que reproduziram o artigo do Johnny, informando a mentira nele contida e pedir para ele ser retirado, sob pena do site ser considerado como divulgador de mentiras, por não conferir as informações com as fontes bibliográficas citadas.
    Abraços. Frazão

    ResponderExcluir
  196. Achei a foto da banheira \o/
    http://www.memoriaviva.com.br/ocruzeiro/12081944/chico3.jpg

    http://www.memoriaviva.com.br/ocruzeiro/12081944/chico2.jpg

    http://www.memoriaviva.com.br/ocruzeiro/12081944/chico.htm

    ResponderExcluir
  197. Está escrito neste artigo: “Chico decidiu então dar a primeira entrevista internacional de sua vida e pousou para fotos nas SITUAÇÕES MAIS EXTRAVAGANTES”

    Eu quero ver as fotos em situações extravagantes. Esta foto com o Chico Xavier na banheira não tem coisa alguma de extravagante (http://www.memoriaviva.com.br/ocruzeiro/12081944/chico3.jpg). Esta foto aparece neste artigo, inclusive. Só gente destrambelhada enxerga alguma extravagância nesta foto!

    Esta foto com o Chico Xavier lendo e escrevendo também não tem nada de extravagante e não prova coisa alguma contra ele (http://www.memoriaviva.com.br/ocruzeiro/12081944/chico2.jpg).

    Esta outra foto da matéria da revista Cruzeiro também não tem nada de extravagante (http://www.memoriaviva.com.br/ocruzeiro/12081944/chico.htm) . E por falar nesta matéria: Vejam o depoimento do próprio David Nasser sobre esta capciosa matéria, onde ele confirma a mediunidade de Chico Xavier e demonstra arrependimento: http://www.youtube.com/watch?v=sUdHI1UsZ-g

    Sr. Anônimo, qual é o seu problema? O sr. não entendeu? O artigo fala de fotos em situações EXTRAVAGANTES. Eu pedi pra ver tais fotos em situações EXTRAVAGANTES. Onde estão tais fotos com o Chico Xavier em situações EXTRAVAGANTES? As fotos que o sr. postou não têm nada de EXTRAVAGANTES.

    Reiterando:
    ONDE ESTÃO ESTAS FOTOS COM O CHICO NAS SITUAÇÕES MAIS EXTRAVAGANTES???

    Também consta neste artigo: “Mal acabou de se recuperar, o médium sofreu um novo revés. A pedido do repórter Hamilton Ribeiro, Chico Xavier “psicografou” uma mensagem do “espírito” da mãe do sr. João Guignone, presidente da Federação Espírita do Paraná. Acontece que tudo não passou de uma artimanha de Ribeiro – a senhora “comunicante” estava viva em Curitiba”.
    MENTIRA TEM PERNAS CURTAS!!!
    Primeiro: O repórter Hamilton Ribeiro não pediu ao Chico Xavier psicografar mensagem alguma da mãe do sr. João Guignone, presidente da Federação Espírita do Paraná;
    Segundo: O autor do artigo MENTE DESCARADAMENTE ao afirmar: “Acontece que tudo não passou de uma artimanha de Ribeiro – a senhora “comunicante” estava viva em Curitiba”. 1) Como eu já tinha dito, o repórter não teve nada a ver com isso, ele só contou o que lhe foi contado. 2) A mãe do sr. João Guignone estava morta.
    O trecho real desta matéria diz o seguinte:
    “sr. João Guignone, presidente da Federação Espírita do Paraná. Ao chegar a sua vez de abraçar o médium, ouviu-o dizer:
    - Sabe quem está aqui do meu lado, cheia de emoção e querendo abraçá-lo? Sua mãe!
    O sr. João fingiu alegria, manteve a aparência e depois comentou com um companheiro:
    - Acho que o Chico não está regulando bem. Disse que viu ao seu lado o espírito, de minha mãe, e mamãe está viva em Curitiba!
    Bem, foi ele chegar ao hotel e um interurbano do Paraná lhe dava a notícia”.
    Como se pode constatar, ao chegar ao hotel, o sr. Guignone soube que a sua mãe havia falecido, e este artigo mentiroso fala que ela estava viva em Curitiba.
    MATÉRIA COMPLETA DA REVISTA REALIDADE: http://www.imagick.org.br/pagmag/turma2/xavier5.html

    CONTINUO AGUARDANDO AS PROVAS DAS ALEGAÇÕES DESTE ARTIGO (quero provas de verdade, não falácias e sofismas).

    ResponderExcluir
  198. Oi, Nestor.
    Você acredita que eles vão reconhecer que o Johnny, com relação às duas reportagens (O Cruzeiro e a Realidade), mentiu? Em relação a “O Cruzeiro”, ao afirmar que os dois repórteres enganaram Chico, e em referência à revista “Realidade” que o Chico caiu na artimanha do José Hamilton Ribeiro... Por que faço essa indagação? Simplesmente porque o senhor coordenador sequer se dignou a responder meu questionamento a respeito das divergências apontadas em minha mensagem de 31/03/2011, repetida na de 17 de abril de 2011.
    Mas, agora, com relação às fotos, o Danilo imediatamente agradeceu ao “anônimo” pela remessa das “provas” que não provam nada da alegada adjetivação de extravagante.
    O que se vai pretender é “levar com a barriga” até o quanto puderem, a fim de permanecer com a exposição das mentiras aqui divulgadas; nada mais do que isso, pois está mais do que provado tratar-se de um plágio de uma das costumeiras mentiras do padre Quevedo, publicada em
    http://www.usinadeletras.com.br/exibelotexto.phtml?cod=17786&cat=Artigos&vinda=S.
    Frazão

    ResponderExcluir
  199. Concordo contigo Frazão.

    Vivem sob mentiras e mentem para se manterem. Caluniar e difamar é o que mais sabem fazer.

    Isso não é Cristianismo! Que tipo de cristão precisa mentir para sustentar a sua fé? Que tipo de cristão precisa se esconder por trás de mentiras? Que tipo de cristão teme a Verdade?

    Esse Cristianismo é uma farsa!

    ResponderExcluir

ATENÇÃO: Comente usando a sua conta Google ou use a outra aba e comente com o perfil do Facebook

emo-but-icon

Página inicial item