681818171876702
Loading...

Pesquisa revela: O número crescente de ateus se dá por danos causados por igreja



O apologista cristão Dr. Alex McFarland concluiu, após entrevistar diversos céticos para seu novo livro, 10 respostas para céticos, que a maioria desenvolveu ceticismo devido à sua má experiência pessoal com a religião organizada.

"Através de quase um ano de pesquisas e numerosas entrevistas pessoais, meu objetivo era realmente entrar dentro da mente cética ", disse McFarland em entrevista ao The Christian Post.

"O tipo mais comum de céticos que encontro são pessoas feridas. Muitos foram atingidos pela igreja, religião, ou por outro cristão ", acrescentou McFarland, que explicou que" praticamente todos os céticos que conversou neste livro surgiram de um fundo religioso.

Em seu livro, McFarland identifica dez tipos diferentes de ateus. Nestes, estão incluidos "O Educado", que é alguém que tem objeções intelectuais ao cristianismo, "O Tolerante", que pensa em todas as crenças religiosas como sendo verdadeiras e não aceitam conversas sérias sobre a religião, e "O Ferido", que é alguém que rejeita o cristianismo porque teve uma má experiência com a igreja.

"Me compadeço com muito dos céticos que encontro. Dúvida intelectual é muitas vezes precedida por dor emocional", disse McFarland, que é presidente da Southern Evangelical Seminary na Carolina do Norte.

A situação espiritual nos Estados Unidos descrita pelo reconhecido orador cristão em seu livro pode ser angustiante. Muitas vezes ele descreve como uma mistura de laicidade no ensino público e más experiências pessoais tem levado muitos a rejeitar a crença cristã.

"Circunstâncias pessoais, feridas emocionais, experiências danosas na igreja - para não mencionar ensino público - tudo conspira para levar as pessoas longe da crença em um Deus benevolente, sábio e poderoso."

McFarland considera a ascensão do ceticismo anti-religioso nos Estados Unidos possa ter ocorrido em parte por causa do "recuo" da igreja provocado pela cultura popular durante o século 20.

"A igreja norte-americana, em grande parte, abdicou de seu papel como líder na sala de aula, a mídia, o Judiciário, o mercado, as artes, as ciências", disse ele.

"Nas mentes de muitos cristãos, tornou-se evidente que" religião e política não se misturam. "Imagino que essa dicotomia é exatamente o que os inimigos de Deus e da democracia querem os cristãos acreditam".

Apesar da situação melancólica geral descrito, McFarland, no entanto, inclui várias histórias promissor: Um homem que desiste de uma vida cheia de drogas para um relacionamento com Cristo, outro cujo sentimento de aceitação em uma igreja a levou a converter.

McFarland destaca em seu livro que construir relacionamentos é fundamental, independentemente do tipo de cético. Ele escreve em um ponto que "evangelismo eficaz para os céticos é provavelmente cerca de 80 relações por cento e 20 por cento evidência persuasiva".

"A importância de estabelecer e nutrir um relacionamento real é de vital importância se o diálogo significativo com um cético se vai realizar", escreve McFarland.

O livro é dividido em três seções com uma frente escrito pelo apologista do companheiro e autor best-seller Dinesh D'Souza. Seção I, intitulada "Dentro da Mente de um Cético", dá uma visão geral dos vários tipos de céticos e as experiências de vários apologistas que evangelizam e intelectualmente defender a fé. Seção II, intitulado "Respondendo a céticos", é dividido em dez capítulos, cada um descrevendo as dez categorias de céticos e depois termina com um capítulo conclusão. A última seção é um conjunto de apêndices sobre vários temas, inclusive respondendo equívocos comuns sobre o cristianismo e informações sobre as crenças de outras grandes religiões.

Além de livros de autoria diversas e sendo o presidente de um seminário, McFarland também hospeda um talk show na rede do Broadcaster Religioso Nacional, e participa de passeios falando sobre religião e cultura.

10 Respostas para Céticos foi lançado em outubro, e é um dos vários livros escritos por McFarland lançado este ano.

Fonte:Christian Post 


religião 7767038643395962448

Postar um comentário

  1. O livro é bem interessante e retrata o que vejo quase sempre. Os ateus que conheço são, na maioria, pessoas que já foram "crentes" e saíram.

    Na maioria das igrejas, uma pessoa que tem uma forma de pensar diferente, que gosta de polemizar, discutir, questionar, é meio que aprisionada, afastada.

    Estou lutando pra mudar isso na minha congregação. Quero ajudar a formar cristãos verdadeiros.

    Que Deus nos ajude a ajudar nossos irmãos.

    ResponderExcluir
  2. Eu sou uma dessas pessoas. Hoje em dia creio apenas em mim mesma! E só!

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente é isto que está acontecendo, quando saímos para evangelizar ou conversamos com alguem sobre o evangelho de Cristo, sentimos que as pessoas nos olham com certa reserva, com desconfiança,será que não estamos sendo o "Sal da Terra e Luz do mundo?".O testemunho dos cristão e cristãs deixam a desejar. Muitos são crentes na igreja, as mulheres de cabelos compridos, saias um pouco acima do joelho etc, mas dando em cima de jovens comprometidos na maior cara de pau como se isto fosse" normal", os homens por sua vez tambem não ficam atrás, rapazes com "cara de bom moço" na igreja, cantam, louvam,ministram mas lá fora são verdadeiros lobos mentirosos, com relacionamentos promiscuo,enganadores, lacivos,se escondem atrás de placa de igreja e não na verdade da Salvação em Jesus Cristo, sou jovem nasci no berço evangelico como dizem, mas confesso se fosse por "testemunho" de pessoas que conheço jamais seria evangelica porque são um povo que está deixando a desejar no quesito testemunho e carater cristão,por isso não me escandaliza se está crescendo o número de ateus, lamentavel porque a decepção que já tive em minha vida com ditos crentes me trazem sequelas até hoje, porque falar de Jesus, gritar aleluias, levantar as mãos para o alto, pular e tantas outras coisas que já presenciei mas, não dar testemunho de uma vida verdadeira com Cristo infelizmente esta estatistica aumentará mais ainda.

    ResponderExcluir
  4. Não entendi Danilo, mas o cara do livro sugere que a Igreja deveria interferir no Estado e na educação de não-cristãos??? Sério mesmo??? Porque pra mim esse tipo de interferência que justamente gerou muitos céticos e ateus: as panacéias e corrupções da igreja institucional no Estado.

    ResponderExcluir
  5. Legal! Vou usar as agreções da igreja pra justificar meu ceticismo.

    Ou seja: um time que ganha não é o melhor porque sua torcida é violenta.

    Isso pode Arnaldo?

    ResponderExcluir
  6. Segundo o renomado teólogo anglicano Alister McGrath, a Reforma Protestante é quem mais contribuiu para a ascensão do ateísmo nos últimos tempos, ele diz:

    "Um dos "erros" do catolicismo teria sido substituir a palavra de Deus com o ritual e iconografia.(sic)

    Um adorador católico típico tem pouco conhecimento das verdades de Deus,(sic) mas teria um rico conjunto de impressões a respeito de Deus, com base na arte da Igreja, nos mistérios da missa, e uma série de outros simbolismos.

    A Reforma, por sua vez, foi um fracasso de imaginação, e o protestantismo, simplesmente tornou-se desinteressante, em grande parte pela falta de arte e outras formas de expressão".

    ResponderExcluir
  7. Cansei deste católico falando asneiras,tirando versículos de seu contexto.Alexandre,O único que deve ser adorado é o Senhor Jesus Cristo que é o ÚNICO mediador entre Deus e o homem.Só Ele.Na questão do protestantismo ter ajudado o ateísmo a aumentar,você estar completamente errado.Os apologistas cristãos americanos,como Norman Geisler,William Craig e Ralph Muncaster e ingleses como C.S.Lewis tem sido responsáveis pela conversão de ateus à fé cristã .Nós não precisamos de arte para termos impressões de Deus,pois temos a Sagrada escritura,a revelação do Rei dos Reis à humanidade.

    ResponderExcluir
  8. A SOLUÇÃO DO ARTICULISTA(ALEX MCFARLAND) É TRANSFORMAR O CRISTIANISMO NUMA RELIGIÃO DE MORALIDADE, O QUE COM CERTEZA VAI MULTIPLICAR AINDA MAIS O NÚMERO DE ATEUS E CORROMPER AINDA MAIS A IGREJA.É PELO JEITO O GENIZAH APOIA ESTA PROPOSTA BIZARRA.

    ResponderExcluir
  9. Mesmo no Genizah, pessoas com pequeno entendimento. É só interpretar o texto. A ideia não é seguir o "modelo" supostamente proposto por ele. Ele mostrou o que realmente acontece, baseado em uma pesquisa. Não é que a culpa total seja da igreja, mas ela ajuda bastante.

    ResponderExcluir
  10. Os protestantes combatem os católicos por crerem em mais Escrituras do que eles, os ateus combatem a ambos por crerem em Escrituras.

    Católicos acreditam na Sagrada Tradição, os protestantes e os ateus acusam a Sagrada Tradição de ser invenção de católicos.

    Católicos têm uma espiritualidade bastante ampla e variada, protestantes combatem a espiritualidade católica, ateus combatem a espiritualidade de ambos.

    A espiritualidade católica evolue para a mística, a espiritualidade protestante resume-se a orar para Deus em nome de Jesus e cantar hinos, ateus não têm espiritualidade alguma.

    Ateus e protestantes sempre foram inimigos históricos do catolicismo, ambos protestam contra a Igreja Católica mais do que contra qualquer outra igreja ou religião,

    católicos se reunem ao redor do altar, ateus e protestantes se reunem ao redor de um púlpito,

    protestantes tem heróis ateus, como Max Weber,

    ateus e protestantes concordam que a Igreja Católica é um grande mal, o papa é uma personificação da maldade, a Igreja Católica resume-se em inquisição, pedofilia, cruzadas.

    Ateus e protestantes concordam que quem é católico não deveria ser, está no erro e deveria deixar a Igreja.

    Ateus e protestantes não possuem símbolos religiosos em geral e pra eles os símbolos do catolicismo não deveriam existir, bem como feriados de santos e padroeiros.

    O protestantismo é uma reação contra a religião católica, o ateísmo é uma reação contra qualquer religião.

    O protestantismo é o meio do caminho entre o catolicismo e o ateísmo.

    ResponderExcluir
  11. Ao anônimo Cansado: admita, meu caro, esse Alexandre tem razão... ateísmo e protestantismo têm relação.
    Primeiro passo: negar o valor da Igreja. É um tal de "placa de igreja não salva", etc etc. Coisa de quem vive dentro de pulverização de seitas.
    Segundo, como consequência, nega-se a Cristo como Deus - Tipo TJs, Adventistas, etc.
    Finalmente, se chegará a negar Deus!!! Ateísmo!

    ResponderExcluir
  12. Meu caro Alexandre, em todos os posts seus só vejo destilar veneno, típico de pessoa que não conhece verdadeiramente a Cristo.

    TIAGO 3:2-12

    2 – Porque todos tropeçamos em muitas coisas. Se alguém não tropeça em palavra, o tal varão é perfeito e poderoso para também refrear todo o corpo.
    3 – Ora nós pomos freio nas bocas dos cavalos, para que nos obedeçam; e conseguimos dirigir todo o seu corpo.
    4 – Vede também as naus que, sendo tão grandes, e levadas de impetuosos ventos, se viram com um bem pequeno leme para onde quer a vontade daquele que as governa.
    5 – Assim também a língua é um pequeno membro, e gloria-se de grandes coisas. Vede quão grande bosque um pequeno fogo incendeia.
    6 – A língua também é um fogo; como mundo de iniqüidade, a língua está posta entre os nossos membros, e contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, e é inflamada pelo inferno.
    7 – Porque toda a natureza, tanto de bestas feras como de aves, tanto de répteis como de animais do mar, se amansa e foi domada pela natureza humana;
    8 – Mas nenhum homem pode domar a língua. É um mal que não se pode refrear; está cheia de peçonha mortal.
    9 – Com ela bendizemos a Deus e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus.
    10 – De uma mesma boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não convém que isso se faça assim.
    11 – Porventura deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e amargosa?
    12 – Meus irmãos, pode também a figueira produzir azeitonas, ou a videira figos? Assim tão pouco uma fonte dar água salgada e doce.

    Provérbios 18:21
    “A morte e a vida estão no poder da língua”.

    Mateus 15:11
    “Não é o que entra pela boca que contamina o homem; mas o que sai da boca, isso é o que contamina.”

    Em Provérbios 25:15 diz:
    “A língua branda quebranta ossos”.

    Seja lá o que aconteceu com você dentro da igreja evangélica, perdoe, pois o que consigo ver é que você carrega muito ódio dentro do seu coração, perdoe como Cristo ordenou.

    Outra coisa, eu sou evangélica, tenho muitos amigos e colegas de trabalho que são católicos, e são eles os católicos que mais me procuram para desabafar, ter uma palavra de ânimo, de fé e fico muito feliz por isso e dou graças a Deus, pois sou barro nas mãos do Oleiro e Ele me molda e usa conforme a vontade dEle.

    Deixa Jesus limpar o seu coração, tirar dai tudo o que te impede de adorar a Deus verdadeira e unicamente.

    Fica na Paz.

    Walquiria

    ResponderExcluir
  13. No meu caso não foi por danos causados por igreja. E sim por faltas de prova mesmo. Acho que qualquer um que se diz apologista, deveria começar tentando refutar os argumentos deste texto:

    http://ceticismo.net/religiao/analise-das-fontes-externas-que-mencionam-jesus/

    ResponderExcluir
  14. No meu caso não foi por danos causados por igrejas. E sim por faltas de prova mesmo.

    Acho que qualquer um que se diz apologista, deveria começar tentando refutar os argumentos deste texto:

    http://ceticismo.net/religiao/analise-das-fontes-externas-que-mencionam-jesus/

    E na minha opinião, cristãos deveriam se preocupar mais em tentar provar os acontecimentos cristãos aos céticos do que tentarem catalogá-los, como se fossem uma tribo.

    ResponderExcluir
  15. Pessoas que dão bom exemplos temos aos montes,mas a nossa tendência é só olhar para aquilo que é negativo,apontar a falha do outro e se justificar nela para o erro é apenas uma forma de encontrar um respaldo para nossa própria iniquidade!

    ResponderExcluir
  16. Tá quaaaase me acontecendo isso,nunca vi gente mais sem amor do que pessoas religiosas

    ResponderExcluir
  17. Rafael Ferraz Rodrigues25 de novembro de 2011 13:30

    Os protestantes combatem os católicos por crerem em mais Escrituras do que eles, os ateus combatem a ambos por crerem em Escrituras.

    -é consequencial ja que fomos mais restritos em relaçao as categorias que formam o processo canonico , digamos que nosso pente é mais fino

    Católicos acreditam na Sagrada Tradição, os protestantes e os ateus acusam a Sagrada Tradição de ser invenção de católicos.

    -isso n se tem como evitar já que nós cremos na biblia como autoridade ultima,e os textos biblicos que supostamente defendem a ''tradiçao'' nao encaixam no modelo de tradiçao sagrada apostolica romana(digamos que vem da tradiçao aceitar a tradiçao)

    Católicos têm uma espiritualidade bastante ampla e variada, protestantes combatem a espiritualidade católica, ateus combatem a espiritualidade de ambos.

    -n A espiritualidade em si...alguns pontos

    A espiritualidade católica evolue para a mística, a espiritualidade protestante resume-se a orar para Deus em nome de Jesus e cantar hinos, ateus não têm espiritualidade alguma.

    -e orar a Deus n é mistico? eu n vejo o cristianismo antigo fazendo muito mais que isso n O.o,e ainda temos os pentecostais que sao mais misticos q catolicos diga-se de passagem

    Ateus e protestantes sempre foram inimigos históricos do catolicismo, ambos protestam contra a Igreja Católica mais do que contra qualquer outra igreja ou religião,

    -os reformadores como o propio nome diz n queriam a extinçao da catolica,só uma transformaçao de dogmas como a proposta n foi aceita ai se viu a necessidade de dissociaçao

    católicos se reunem ao redor do altar, ateus e protestantes se reunem ao redor de um púlpito,

    -sim mas protestantes dao valor diferente a pulpito de que ateus,e no puplpito existe adoraçao entao se vc quiser chamar de altar fica a vontade

    protestantes tem heróis ateus, como Max Weber,

    -max weber é heroi de protestante? pensei que era heroi de sociologo

    ateus e protestantes concordam que a Igreja Católica é um grande mal, o papa é uma personificação da maldade, a Igreja Católica resume-se em inquisição, pedofilia, cruzadas.

    -vc ta falando de um criticismo ''popular'' n é todo protestante que pensa isso,o que nós n aceitamos é a divinizaçao do papa como se fosse uma linhagem mistica descendente de pedro o que n tem respaldo biblico nenhum(e como nos n acreditamos em tradiçao segue por tabela q acreditamos nesse carater mistico do papa),e no protestantismo ''periferico'' há casos de pedofilia e coisas do tipo tb...

    Ateus e protestantes concordam que quem é católico não deveria ser, está no erro e deveria deixar a Igreja.

    -nem todos eu tenho amigos catolicos que acredito que serao salvos e que sao cristaos de vedade(até mais do que muito protestante por ai),a salvaçao é de carater pessoal,mas agora o seu papa disse explicitamente em documento que n há salvaçao fora da igreja catolica(n lembro se foi o joao paulo II ou bento XVI)

    Ateus e protestantes não possuem símbolos religiosos em geral e pra eles os símbolos do catolicismo não deveriam existir, bem como feriados de santos e padroeiros.

    -quem disse que a gente n usa simbolo? a gente só n confere valores misticos a eles , feriado de santo é irrelevante e ateu n tem simbolo religioso

    O protestantismo é uma reação contra a religião católica, o ateísmo é uma reação contra qualquer religião.

    -religiao catolica APOSTOLICA ROMANA, e nem vem que o contrario é verdade tb o propio papa ja disse que n ha salvaçao fora da igreja catolica apostolica romana....

    O protestantismo é o meio do caminho entre o catolicismo e o ateísmo.

    -engraçado q vc lendo sobre piscologia do ateismo tem muito catolico q vira ateu sem nem pisar numa igreja protestante....

    obs: ja vi ótimas pregaçoes de padres..e tb é uma tosqueira protestante dizer que catolico vai pro inferno e catolico dizer que protestante vai pro inferno, o ''buraco'' é mais embaixo do que uma denominaçao religiosa

    ResponderExcluir
  18. Rafael Ferraz Rodrigues25 de novembro de 2011 13:47

    sir arthur...engraçado que esse site n tem UMA FONTE sequer de onde ele tirou isso,se vc for comparar com o resto dos historiadores(independente da religiao) a maioria ESMAGADORA vai afirmar a existencia historica de Jesus...da proxima vez traz algo com fontes pra poder ser analisado...

    ResponderExcluir
  19. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAFFF!Ninguém merece esse pós evangélico!!De onde vc copiou esses textos hein?Que cara chato vai caçar sua turma e criar um blog pra vc ficar divagando entre a sua pouca revelação e mediocridade!O que vc fica fazendo aqui em um site de pessoas que vc odeia?Vai procurar um site católico ou anti-evangélico pra vc futricar!Paciência tem limite!

    ResponderExcluir
  20. Estou com a Vanda. Saí de igreja evangélica e não acredito em religião nenhuma, só em mim mesmo. Esse site mostra tanta coisa podre ( que eu ja vi pessoalmente na igreja), não sei como tem gente burra que continua acreditando em religião evangélica.

    ResponderExcluir
  21. Eu não creio em religião alguma porque ela é fruto da ignorância do homem que constrói um Deus segundo ele mesmo e isso só podia dar em m...Eu creio em Jesus Cristo que por amor padeceu por todos os homens e nos reconciliou com o Pai,tirando todo escrito de dívida que era contra nós,que é o bom pastor que deu a vida pelos seus amigos,que iluminou minha vida e me tirou do império das trevas,que me transformou e me apresentou uma amor tão lindo e suave e ao mesmo tempo tão marcante e constrangedor que me sinto tão grande e tão pequena ao mesmo tempo.Obrigada Jesus por me amar assim como sou e por me conduzir com paciência para que eu possa crescer em Ti todos os dias!

    ResponderExcluir
  22. Esse alexandre mariolatra é um pé no saco que cara chato vai te converter cidadão,aposto que na ICAR ninguém quer ouvir suas babaquices aí ele vem pro genizah que por sinal é um site democratico pra mostrar seus pensamentos sem fundamento algum, nos poupe de sem comentários meu caro.
    e pra quem disse que confia em si mesmo lembrem-se que um dia vcs prestaram contas a Deus!
    horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivo.

    ResponderExcluir
  23. No meu caso, os erros da igreja me foram fazendo tomar atitudes questionativas: -Se doutrina X, que sempre me foi ensinada desde criança, não está correta, o que impede de várias outras também não estarem? Fui indo atrás de fatos históricos, pq uma das coisas que mais me encomodam é que a igreja, seja católica ou protestante, parou no tempo, e praticamente ignora achados e descoberta arqueológicas. Tentam pradronizar o mundo inteiro tentando fazer tudo se encaixar com seus próprios escritos. Levam a acreditar a custa do medo, medo de morrer, medo de ir para um lugar de dor, medo disso, medo daquilo. Fora o contraste de um deus sanguinário com um deus paz e amor. Jesus pra mim existiu, mas sua história, pra mim, esconde muito mais coisas do que sabemos. Uma pergunta que fiz é que, se não existe o inferno, estariamos nessa religião? Por livre prazer e vontade, fariamos tudo o que fazemos, seguiriamos tudo que seguimos, deixariamos de fazer o que deixamos? Só consigo enchergar um terrivel medo da morte que o homem possui desde sempre, e uma solução que acreditamos que exista: céu. Somos culpados dos pecados que já nasceram dentro de nós. É a mesma coisa que matar um alejado de nascença por ter nascido alejado. Quando comecei a pensar nisso, seja errado ou não pensar assim, vi que os problemas da igreja são simples babaquice humana, não me entristece mais. Ainda tem gente morrendo, o mundo ainda é cheio de misterios, e a respostas que recebemos: deus quis assim. Pra mim não deu mais para acreditar quando entendi que a fé não lida com a verdade, mas eu sim.

    ResponderExcluir
  24. fala serio não sei o que é pior o fato de muitos, postar, contra o catolicismo ou a favor estamos falando de protestantes que protestarão contra os desmando romano, não tentamos ao menos arrumar a nossa casa e queremos limpar a que sabemos que esta suja, por esta ração temos nossa casa, denominada casa evangelica .

    ResponderExcluir

ATENÇÃO: Comente usando a sua conta Google ou use a outra aba e comente com o perfil do Facebook

emo-but-icon

Página inicial item