681818171876702
Loading...

Discursos de religiosos "desligam" o raciocínio, afirmam cientistas.


O que faz com que alguns líderes religiosos tenham tanta influência sobre os fiéis? Um estudo recente da Universidade de Aarhus, na Dinamarca, encontrou a explicação em um mecanismo cerebral. Os pesquisadores descobriram que duas áreas do cérebro (relacionadas à crítica e cautela) ficam menos ativas quando ouvimos o discurso de religiosos com supostos poderes divinos de cura – e isso vale tanto para os fiéis como para os céticos.

Os pesquisadores avaliaram a atividade cerebral de 20 pessoas religiosas que acreditavam em curas divinas e 20 pessoas não-religiosas. Através de ressonância magnética, a pesquisa estudou esse comportamento enquanto os voluntários ouviram orações gravadas anteriormente. Foi dito a eles que seis das orações foram lidas por não-cristãos, seis por cristãos que supostamente tinham o poder da cura divina e outras seis por cristãos “comuns”. Na verdade, todas elas haviam sido gravadas por cristãos “comuns”.

Nos voluntários crentes, o estudo observou que a atividade cerebral do córtex pré-frontal e cingulado anterior (áreas responsáveis pela vigilância e ceticismo ao julgar aquilo que ouvimos) foi desativada enquanto eles ouviam as orações de quem tinha supostos dons divinos de cura. A atividade foi diminuída em menor medida quando quem falava era um cristão “normal” . O estudo constatou ainda que as orações de religiosos também afetava os descrentes: os voluntários não-religiosos também apresentaram uma mudança na percepção, mas em menor escala.

Para os pesquisadores, essa força ou dom conferido por graça divina que esses religiosos possuem apontam que a influência de uma pessoa sobre a outra está relacionada a noções preconcebidas de autoridade e confiabilidade. E mais: esse mecanismo pode estar presente em outras interações interpessoais, como quando ouvimos a fala de médicos, pais e líderes políticos.



Vai cumendo Romildo...
Comportamento 8513401004672724127

Postar um comentário

  1. Achei meio confuso, primeiramente, essa pesquisa está falando de pastores com poderes, no caso, a pessoa fica ca cabeça oca quando vê um pastor falando que tem poder.

    Por que se for isso, não estou na lista, pra mim, pastor nenhum tem poder, mas Jesus!!!

    ResponderExcluir
  2. otimo esse tipo de curiosidade!q pode trazer termos cientifico!e até mesmo mais fé, aos fiéis!
    -sem milagre só teria mais uma religião!e q sem duvida mais dificil é=explicar o milagre!q por isso são milagres!q se crê,só pela fé!
    -os registros mostra q toda vida dele(Jesus) foi de milagre,desde o nascimento!
    q mostra o plano q é: deus aperfeiçoou seu poder na carne!(cristo encarnado)!
    -isso mostra q tem forma de obter um milagre,e o maior deles(novo nascimento)sem a experiencia religiosa,ou msm sem qualquer lider,etc..
    edificante a materia!gostei!

    ResponderExcluir
  3. Isso mostra como os líderes religioso exercem influência sobre os fiés. Nada de fé, atos divinos, experiências. É pura ciência: diminui-se a capacidade mental das pessoas, a fim de quê elas aceitem qualquer abobrinha como verdade absoluta. Depois é um custo danado para convencê-las do contrário.

    ResponderExcluir
  4. Atenção Catarinenses, estou procurando pessoas que não têm condições financeiras para comprar uma bíblia, para maiores informações: http://doandobiblia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Por isso o Apostolo (com A MAISCULO) PAULO alertou e deixou como uma espécie de seguro real da Verdade das Escrituras que se até ELE MESMO ou UM ANJO VINDO DO CÉU lhes pregasse OUTRO EVANGELHO deveriam considerar (no meu entender tanto o OUTRO EVANGELHO COMO O PREGADOR, SEJA QUEM FOR) MALDITO (ANÁTEMA).

    ResponderExcluir
  6. Não descaracterizo a pesquisa, mas deixaram de considerar o ouvinte, ou seja devem ter apenas pesquisado crentes sem entendimento, estes sim tem a mente bem no jeitinho que esses espertalhões com um evangelho maldito gostam.
    Percebo em nossas congregações uma massa muito grande desse "tipo de crente mente oca" e é justamente esses que são os "patos da hora". Eles tem uma imensa dificuldade em cruzar informações de relevância espiritual quando ouvem essas pérolas inventadas por esses servos de mamom. Realmente a mente trava, pois não tem o conhecimento mínimo das Escrituras para confrontar mentalmente algumas das afirmações dos lobos travestidos de pastores com "unção inquestionável". É justamente aí que o conselho de Paulo (o Apóstolo) deve ser aplicado. Se é outro evangelho que não traz as marcas da cruz de Cristo (que é loucura para os que se perdem) seja ANATEMA (MALDITO).

    ResponderExcluir
  7. Isto explica porque tanta gente inteligente ainda acredita nestes pai$tore$ e paipó$Tolo$.

    Danilo, o Infeliciano ainda está no teu pé?

    Postei uma nova propaganda dele no meu blog:
    http://evaldocristao.blogspot.com/2010/05/tempo-de-avivaumento.html

    Abraços,

    Evaldo Wolkers.

    ResponderExcluir
  8. Isso explica o que ouvi certa vez de um pastor, do qual eu discordava frequentemente: "crente velho é difícil pra aprender coisas novas"... É que "crente velho" lê a Bíblia e não vai na onde desses caras. Por isso é difícil acreditar que o bispo e o apóstolo têm poderes, têm autoridade, unção e o escambau, quando falam fora da Palavra...

    ResponderExcluir
  9. Por estas e outras o cessacionismo é o remedio pra essas heresias.

    ResponderExcluir

ATENÇÃO: Comente usando a sua conta Google ou use a outra aba e comente com o perfil do Facebook

emo-but-icon

Página inicial item