681818171876702
Loading...

Cristo Concreto

André Pessoa
Gostaria de acreditar em certas coisas que um dia acreditei, mas isto não é mais possível. Alguém já disse em algum lugar que a fé é semelhante a uma escada cujo degrau de baixo desaparece quando tocamos o de cima.



Foi exatamente isto que aconteceu comigo: coloquei os pés no degrau de cima e o de baixo desapareceu. Agora nada mais resta de hoje para trás, nem mesmo as experiências que um dia julguei espirituais.



Não encontrei espiritualidade na igreja e nem no cristianismo, e jamais poderia tê-la encontrado. Li a Bíblia diversas vezes (de Gênesis à Apocalipse) e não consigo encontrar uma relação de compatibilidade entre o que ela diz e aquilo que a igreja ensina e pratica.



Entre as grandes falácias da igreja cristã, sobretudo a protestante, a maior é a histórica transformação do Jesus Cristo homem concreto em um arquétipo platônico separado das ações reais dos cristãos e das práticas da igreja.



É muito comum dentro da igreja alguém dizer a você para “olhar para Cristo e não para os homens”. Essa frase abjeta e evasiva é muito conveniente para explicar o inexplicável e justificar a atitude dos cristãos que em nada se parecem com aquele de quem dizem ser o seu Senhor e mestre.



Dizer para as pessoas olharem para Cristo e não para os homens (cristãos) é algo semelhante ao conselho hipócrita de um pai que diz para o seu filho não fumar e ele mesmo, sacando um maço de cigarros do bolso, acende um e começa a fumá-lo e soltar cinicamente a fumaça em forma de espirais.



Esse Cristo transcendente, arquetípico, para quem devemos olhar ao mesmo tempo em que ignoramos os homens é uma abstração teórica que jamais poderá ser conhecida pelas pessoas. O Cristo que as pessoas querem conhecer deveria revelar-se nos seus seguidores, naqueles que se dizem seus discípulos.



O Cristo para o qual dizem que eu preciso olhar ao mesmo tempo em que ignoro as barbaridades e falsidades cometidas pelos seus pseudo-seguidores, não passa de uma idéia no melhor estilo platônico. Ele é só um conceito eclesiástico, uma abstração criada por uma instituição falida!



Esse Cristo metafísico, afastado do mundo, com nojo de tudo e de todos, não passa de uma anomalia teológica, de uma criação monstruosa com cara de bom samaritano. O Jesus Cristo de quem fala a Bíblia nos evangelhos não é um “ghost”, como deseja a igreja.



Os discípulos citados na primeira epístola de João “viam, tocavam e apalpavam” o Cristo, o verbo da vida. Entretanto, o Cristo da igreja contemporânea é muito rarefeito para ser visto nas ações dos cristãos, para ser tocado; ele é um fantasma, uma aparição, um conceito e não um ser real passível de materialização.



A igreja citada no livro dos Atos dos Apóstolos “caiu na graça” do povo porque vivia de forma comunitária e manifestava o amor em atitudes concretas ao invés de ensinar conceitos vazios criados para justificar o injustificável. O Cristo só está vivo quando se materializa nos seus discípulos!



O Jesus Cristo da igreja é o messias da superestrutura, é o senhor invisível deslocado do cotidiano, ausente do dia-a-dia, alheio aos maus exemplos dos seus falsos seguidores. Esse Cristo eu desprezo, não tenho e nem quero ter qualquer relação com ele!



Contudo, tenham certeza de que não pronuncio estas palavras objetivando proferir um discurso moralista ou pseudo-espiritual. O problema é que não acredito mais nesses jargões vazios que não passam de desculpa para justificar a maledicência que os verdadeiros discípulos do Cristo há muito já deixaram para trás!

André Pessoa via Século XXI
Artigos 7990359681806899545

Postar um comentário

  1. Concordo com o seu pensamento, mas saber que não é bom julgar superficialmente essas pessoas que conhecemos como cristãos mas em teoria não são, e também devemos levar em conta que o comportamento da igreja atual (em sua maioria) , tem influência históricas tanto culturais quanto psicológica, e quando digo psicológica quero relacionar isso ao papel do líderes que muitas vezes caem em abismos teológicos e se corrompem ou por dinheiro ou por fama.
    Hoje em dia, vemos pessoas nas igrejas com o caráter conturbado, com problemas psicológicos... e usam o nome de um falso jesus ou de uma falsa doutrina para se esconderem de todos... isso é uma prática de farisaismo clara. Devemos então orar por esses.

    ResponderExcluir
  2. afinal onde vc quer chegar com este discurso...

    ResponderExcluir
  3. O teu texto é claro e coerente. Sei que não será o bastante te dizer que em mim encontrarás este discípulo que deveria ser lugar comum. Ainda que eu seja o mais idiota, aquele que traiu o seu mestre, estou pronto para começar a minha missão. Fui rejeitado no meu emprego, abandonado pela mulher, renunciei às minhas posses. Mas eu garanto, tornei a ver, era morto e voltei à vida. Embora sozinho, estou me sentindo amplamente recompensado. Quando ainda estava longe de casa, meu Pai veio ao meu encontro, acolheu-me em sua casa, vestiu-me com as melhores roupas, pediu que me colocassem um anel no dedo e os preparativos para a festa já começaram.
    O meu irmão, aquele que sempre esteve com o Pai, ao contrário do que está escrito, teria ficado emburrado, ele mesmo colocou-me o anel no dedo.
    Esta sensação de ser perdoado, de enfim estar com ele e com todos que o seguiram, é indescritível. Sinto-me um idiota tentando explicar alguma coisa, mas nada consigo. Compreendo hoje porque eles foram capazes de ir para a cruz, perder a vida nos coliseus etc.
    Não guardo mágoas de ninguém. Pelo contrário, quando se entra no mundo de Cristo, a perspectiva muda, o teu amor por cada ser humano torna-se infinito e você percebe que não é culpa deles. Simplesmente eles não estão em condições de entender, pois não há quem ensine. Tudo o que desejo é que o meu exemplo de vida possa ser uma luz e inspirar outros a fazerem o mesmo. Então as portas irão novamente se abrir. Basta que apenas um consiga romper esta escuridão infinita. A força é tão grande, a experiência é tão profunda, que é impossível que os que estão à volta não sejam também tragados.

    ResponderExcluir

  4. (...)
    Estas palavras fortes convidam-nos a responder generosamente ao convite a "ser Cristo" para aqueles que nos circundam. Nós somos o seu corpo agora na terra. Parafraseando uma célebre expressão atribuída a Santa Teresa de Ávila,

    nós somos os olhos com os quais a sua compaixão olha para aqueles que se encontram em necessidade,

    somos as mãos que Ele estende para abençoar e para curar,

    somos os pés dos quais Ele se serve para ir fazer o bem

    e somos os lábios com os quais o seu Evangelho é proclamado.

    Por conseguinte, é importante saber que quando nós participamos na sua obra de salvação, não fazemos memória de um herói morto, prolongando o que Ele realizou: pelo contrário, Cristo está vivo em nós, seu corpo, a Igreja, seu povo sacerdotal.

    Nutrindo-nos dele na Eucaristia e acolhendo o Espírito Santo nos nossos corações, tornamo-nos verdadeiramente o corpo de Cristo que recebemos, entramos verdadeiramente em comunhão com Ele, e uns com os outros, e tornamo-nos autenticamente seus instrumentos, dando testemunho dele perante o mundo.
    (...)

    HOMILIA DO PAPA BENTO XVI - Palácio de Desportos Elefteria - Nicosia

    Anônimo Católico

    ResponderExcluir
  5. Depois de ler este post - e os comentários - já não me sinto tão raro ou solitário nessa visão.

    Mais uma vez, valeu, Danilo!

    ResponderExcluir
  6. Jesus foi tão humano, mas tão humano, que só poderia ser DIVINO (L. Boff). Finalmente um texto que traduz o que sinto: o "jesus" desses que se dizem protestantes é um "jesus" importado dos Estados Unidos, um ghost, fora da realidade. Parabéns pelo belo texto.

    ResponderExcluir
  7. ONG: Tomai e cuidaI! "Eu vim para salvar o mundo e não para condená-lo". Jo 3,17

    EU QUERO SER UM DOS "doze sócios efetivos para lançar oficialmente os fundamentos desta ONG"!!!!!

    brincadeira, quero não.

    Anônimo Católico da série "Assim nasce uma nova denominação/igreja/ong evangélica", com humor porém respeitosamente.

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pelo texto!

    Hoje os nossos olhos não vêem e nem as nossa mãos apalpam o Verbo da Vida, mas se queremos anunciar a Jesus é preciso que Ele seja uma realidade dentro de nossas vidas ou, do contrário, estaremos transmitindo apenas mais uma história assimilada pela mente que não passaria de mera tradição cristã.

    A igreja institucional parece perdida, mas continuo acreditando numa proposta de construção coletiva e comunitária quanto ao Evangelho. Logo, é preciso que o grupo se disponha a caminhar com transparência, entrega, arrependimento, busca incessante de Deus e amor. Uma construção que ao mesmo tempo requer uma desconstrução de valores contrários à Palavra.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  9. Mandou quase bem anônimo católico.

    Sou grande admirador de Teresa D'Avila. Vida de oração está na minha estante. Nota 100 até ... bom você sabe onde, risos.

    Graça e Paz!

    ResponderExcluir
  10. Paz querido, Gilberto Diniz
    Lamento por voce, nunca ter encontrado espiritualidade na Igreja e nem no cristianismo... Gracas a Deus eu Creio no Deus da Igreja e na Igreja nque ele formou e no cristianismo que ele deixou, com suas falhas e seus erros, até porque a Igreja nao é formada por pessoas tao perfeita como voce, mas eu quero dizer que eu louvo a Deus pelo Cristo que conheci, pela Igreja onde le me levo e o cristianismo que vivo.
    Lamento por voce, ter lido a biblia varias vezes e nao encontrar nenhuma compatibilidade no que ela ensina e o que a Igreja apresenta, fico pensando em que raios de Igreja voce se meteu, ou talvez que raios de biblia voce leu, é interessante que este bendito quer dizer que ta todo mundo errado com uma fé falsa, em Igrejas que nao se compatibilizam com a Biblia, ccom um Cristianismo falso, por favor meu filho busca um lugar que te possam ensinar, existe muito, e muitas igrejas, talvez voce esta com sindrome de Elias na caverna, mas quero dizer que ainda ha Igrejas, homens de Deus e Cristianismo que nao se renderam a Baal, sai da Caverna meu filho.
    Me ensinaram sim que devo olhar para Jesus sim que é o autor e consumador de minha fé, en no qual nunca serei decepcionado, mas com isso nao queriam me dizer, que tenho que fechar os olhos para os erros, e nem tao pouco ser complacente com o tal, mas me ensinaram a entender que estamos em mundo de pessoas, pessoas e nao Etes como voce, quando me ensinaram que devo olhar a Jesus, eles me queriam dizer que minha fé nao deve estar basada, na Justica Humana, nos ïdolos humanos de perfeicao, ou na exclusividade de uma Igreja, mas minha fé devia estar basada nele.
    Minha biblia me ensina em Hebreus que nao devo deixar minha congregacao como alguns, ou me exorta a nao abandonar a Igreja como fizeram no tempo de Ageu. Eu louvo a Deus pela Igreja e sei que as portas do Inferno nao prevaleceram contra Ela, se ela necessita ser renovada, exortada, corrigida, o Senhor da Igreja o fara e usara homens que a amem, e nao pessoas negativas, quero le dizer que a Igreja nao é uma instituicao Falida, podem sim pessoas esta com a sua Fé falida, mas a Igreja apesar de Voce, ela ira continuar, com seus acertos e Erros, mas meu Jesus que tinha uma pequena Igreja de 12 apostolos lo qual 1 le traiu, 1 le nego e 10 le abandonaram na hora que ele mais precisava, o Maestro nao desistiu dela, nem disse que aquela pequena Igreja era uma instituicao Falida, mas lutou por todos eles, e eles formaram a Igreja Primitiva que apesar dos seus elogios, tinha Ananias e Safira, Demetrio, Alexandre Latoeiro,los Nicolaitas, a Jezabel da Igreja de Asia, os falsos irmaos que Paulo citou, tinha o Pedro Hipócrita que Paulo reprendeu, abriga de paulo e Barnabe por Marcos o que causo uma divisao entre os dois, Talvez se voce vivesse la me diria que era uma instituicao falida, mas agradeco que foi atraves do Sacrificio de Cristo, e a boa porta que ele me Abriu que foi a Igreja e o Cristianosmo que recibi e vivo, que posso le dizer, tenho certeza da minha tao grande Salvacao.
    Viva a meu Deus e Salvador, Viva a Igreja que ele abriu e la qual faco Parte, viva ao Cristianismo que esta vivo e Aceso.
    Paz do Senhor

    ResponderExcluir
  11. Gostei do Texto e com a devida permissão vou posta-los em meu blog.
    Agora, o ANONIMO ACIMA, não entendeu nada! O cara ainda está formatado com o evangelho dos evangélicos e não com o Evangelho da Palavra!
    Acredita na Matrix chamada "igreja" instituição sem conseguir discernir o seu texto e nem a "Igreja" ( O corpo de Cristo) da "igreja" ( instituição, denominação, fenômeno histórico religioso; cristianismo constantiniano.)

    Vai orar e estudar um pouco!

    Não julgamos as pessoas da "igreja" mas discernimos o sistema que foi introduzido nessa "igreja" que esta cada vez mais distante do Evangelho de Cristo!.

    Reinaldo de Almeida

    ResponderExcluir
  12. Realmente o cenário atual é o mesmo até dos discipulos que andavam com Jesus.Mesmo andando com Cristo, apalpando, não haviam tido uma experiência com o seu Espirito. Eram ensiandos diretamente por Jesus, viam curas, ressurreições e milagres como nos dias de hoje - até receberam poder para expulsar demonios e curar enfermos. Porém não souberam lidar com a morte de Cristo, nem a obra da Cruz, e se viram perdidos e dispersos como a caminho de Emaus, voltando a vida anterior ao chamado de Cristo.
    Não esperaram na Sua Palavra de ressurreição e voltaram atrás. Mesmo depois de terem visto a Cristo ressuscitado ainda estavam preocupados em receber coisas materiais como a libertação de Israel.
    Assim, muitos hoje estão esperando e buscando somente coisas no Reino material e portanto não discernem as coisas do espirito. Só se fala em ter, promover, receber ou trocar. Não é atrativo para a "plateia evangelica" pregação sobre a obra da cruz, nossa morte e ressurreição juntamente com Cristo, santificação, comunhão com Deus e com os homens, libertação do pecado - e mais grave ainda - não se vive mais na expectativa da volta de Cristo. Porisso o tal "povo de Deus" acabou se transformando no povo mais miserável da terra, como está escrito: "Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens. "
    1 Coríntios 15:19

    Portanto o desafio hoje para os púlpitos e para todos os cristãos é: CRESCER NA GRAÇA E NO CONHECIMENTO DE NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO. (2Pedro 3.18)

    NO amor de Cristo e em temor
    http://gospeleactual.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Amei o texto é mais pura realidade, não tem como vc ir a igreja e olhar para Cristo e não olhar para o homem,mesmo a igreja sendo falha as pessoas estão ali por que estão tentando ser melhores é dificil agir como Cristo agiu, mais se Ele disse que coisas maiores somos capazes de fazer então pq não fazemos? Realmente o evangelho de hoje é diferente do que esta na biblia. Temos que buscar sempre amadurecimento espiritual para que com isso Cristo comece a se revelar em nós.

    ResponderExcluir
  14. Sinceramente, as pessoas aqui deveriam ser mais simples nas palavras. rs
    As vezes penso que estou lendo um livro de estudo ciêntifico da lingua portuguesa.
    Paz e Graça!

    ResponderExcluir
  15. Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome. Nesse tempo, muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se odiarão. E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará." [Mateus 24:9-12].

    Pq hj em dia deixamos de acreditar no Cristo Biblico e na palavra que Ele veio trazer para salvação de muitos? Pq estamos nos distanciando tanto de Deus? Esfriando na caminhada? Fácil de responder, Pq isso é bíblico. Esse seu texto só me faz acreditar mais ainda em Cristo, pois tudo que ele disse que ia acontecer nesse tempo em que vivemos está acontecendo. Pq eu deveria ficar triste e sair do meio da igreja que freqüento, onde sei que existe pessoas sérias e comprometidas com o verdadeiro evangelho, mas que sei que tem pessoas que não correspondem a isso? Eu fico feliz por saber que essa profecia está se cumprindo e que meu Jesus está voltando. Será q Cristo encontrará fé na terra? Eu creio que sim. Pois Deus sabe de todas as coisas e não enviou seu filho ao mundo para que ninguém alcançasse a vitoria e o premio da coroa no final da jornada. O que lamento hj em dia é ver pessoas que estão adiquirindo tanta sabedoria, buscando tantos teologias e esfriando na fé, na leitura da palavra que é pura e simples. Olhemos para o alvo, Cristo e jamais desviaremos e nos esconderemos em cavernas por não acreditar mais em algo que biblicamente vai ter que acontecer.

    Na paz de Cristo Cristina Ávila.

    ResponderExcluir
  16. Noto que de fato há muitos falsos profetas, falsos mestres, tenho visto suas postagens, de algumas até concordo, mas outras questiono a voce e a mim mesmo, será que sabemos todas maneiras que o Espírito Santo trabalha? Não! Somos muito limitados para tal. Assim sendo fica dificil a nós julgar com exatidão o que vem do Espírito Santo ou não! Deus nos concedeu o direito de julgar as Profecias e não os Profetas, quando julgamos os profetas se falsos ou verdadeiros estamos nos preparando para ser julgados como nós julgamos. Como amigo e irmão de modo respeitoso a voce e sua equipe, aconselho a examinar e julgar as profecias e não os profetas. Porque os Profetas pode ser falsos hoje, mas amanhã pode se tornar verdadeiros e vice versa. Tem muitos ungidos emaranhados em movimentos esquisistos, os quais não estamos acostumados e não compreendemos.Mas os Fariseus assim como muitos de nós julgaram Cristo por ver ele fazer coisas que ninguém nunca tinha visto e Blasfemaram contra o Espírito Santo, será que nós não estamos blasfemando contra o Espírito Santo, achando que certos movimentos são diabólicos ou humanos, quando são de Deus? Se estivermos certo nosso galardão será grande, mas se estivermos errados onde vamos parar? Abraços a toda equipe a qual estimo e respeito, estou seguindo vosso blog.

    ResponderExcluir
  17. Paz querido - Miss. Gilberto Diniz - Santa fe - Argentina.Eu gostaria de responder ao irmao Reinaldo.
    1- Nao escrevi no anonimato até porque coloquei meu nome, talvez o senhor nao observou, seu olhar foi tao critico que nao o deixou ver.
    2- Nao me acho nem um pouco inferior ao senhor, mesmo sendo formatado neste evangelho dos evangelicos, é o grande problema dos autosuficiente e soberbos colocar todo mundo na mesma bolsa.
    3. Eu creio na igreja chamada (pessoa), eu creio na Igreja chamada familia, eu creio na igreja chamada instituicao, e eu creio na igreja invisivel e universal que sera conhecida quando estivermos diante do Pai e espero que voce tambem esteja.
    4- Eu creio nestas 4 performace de Igreja, primeiro porque fui salvo, segundo porque minha familia é uma Igreja, terceiro como Pastor e Missionario, enviado por Deus atraves da Igreja instituicao, cuidado, mantido e assistido no aspecto pastoral, espiritual e sentimental, Deus me ajudou em 8 anos de missao, formar Igrejas(nos 4 aspectos) o qual tenho muito orgulho e alegria, talvez tenha que estudar mais e orar mais, talvez nao chegue aos seus pes en conhecimento, oracao, talvez esteja eu acreditando muito na "Matrix chamada Igreja", mas nao me arrependo porque sei que um dia poderei ver as pessoas que Deus nos tem dado, e ajudado como Pastor inclusive de (Instituicao)e posso ver transformacao e a vida de Cristo neles.
    5- Disse em meu comentario que nao estou alheio aos erros, limitacoes e até fracassos, mais "falida nunca companheiro", sei que vivemos um tempo dificil, mas nao misture pessoas sem compromisso, colocando todas as instituicoes no mesmo nivel, eu compreendo o senhor, talvez o senhor ja fez muito para a causa do mestre.
    Um dia eu ouvi de um Pastor dizendo que os melhores Pastores sao aqueles, que nunca fundaram Igrejas, que nunca sentiram dores de Parto, que nunca sofreram por ela, sabem de tudo, estudam muito e oram muito, mas practica.........
    Eu vou seguir seu conselho vou orar mais e estudar mais quem sabe possa chegar a Altura de tantos como voce e outros.
    Mas seguo dizendo que creio na IGREJA em todos os seus aspectos, porque vivi, vivo e viverei nela, até o dia que esteja diante do Pai.
    Paz

    ResponderExcluir
  18. E eu percebi que voce continua não entendendo o texto! Não só o que foi escrito mas o que foi dito!

    Reinaldo de Almeida.

    ResponderExcluir

ATENÇÃO: Comente usando a sua conta Google ou use a outra aba e comente com o perfil do Facebook

emo-but-icon

Página inicial item