681818171876702
Loading...

VOCÊ ACHA QUE SER CRISTÃO É FÁCIL?




Se você é um cristão (acredita na Salvação através de Jesus) e segue os caminhos do Pai, cumprindo a Sua vontade e buscando aprender da Palavra, então por que pensa que pregar o Evangelho do Reino é moleza? Quem foi que te disse que servir a Deus é fácil?

E quanto às renúncias? E quanto às pressões daqueles que não creem em Jesus? Você realmente acha fácil? Aonde você leu na Bíblia que todo cristão tem que ser curado? Aonde você leu na Bíblia que todo cristão tem que ficar rico ou ter uma vida folgada (financeiramente)? Lembra do que Jesus nos ensinou em João, capítulo 18:36? “Respondeu Jesus: O Meu reino não é deste mundo. Se o Meu reino fosse deste mundo, os Meus ministros se empenhariam por Mim, mas agora o Meu reino não é daqui.”

Todos os apóstolos que andavam com Jesus morreram como mártires, com exceção de dois: Judas Iscariotes, que traiu Jesus e acabou se enforcando, e João, que após ser exilado na Ilha de Patmos, obteve a liberdade e morreu de morte natural.

Com os demais apóstolos ocorreu o seguinte:

Paulo - não era apóstolo, oficialmente, foi considerado apóstolo dos gentios por causa da sua grande obra missionária nos países gentílicos. Foi decapitado em Roma por ordem de Nero.

Matias - Ficou no lugar de Judas Iscariotes, foi matirizado na Etiópia.

Simão - O zelote, foi crucificado.

Judas Tadeu – morreu como mártir pregando o Evangelho na Síria e na Pérsia.

Tiago (o mais jovem) – pregou na Palestina e no Egito, sendo ali crucificado.

Tiago (o mais velho) – pregou em Jerusalém e na Judéia. Foi decapitado por Herodes.

Mateus – morreu como mártir na Etiópia

Tomé – pregou na Pérsia e na Índia, sendo martirizado perto de Madras no monte de São Tomé.

Bartolomeu – Serviu como missionário na Armênia, sendo golpeado até a morte.

Filipe – pregou na Frigia e morreu como mártir em Hierápolis.

André – pregou na Grécia e Ásia Menor. Foi crucificado.

Simão Pedro – pregou entre os judeus chegando até a Babilônia, esteve em Roma, onde foi crucificado com a cabeça para baixo.

“Se perseveramos, também com Ele reinaremos; se O negamos, Ele, por sua vez, nos negará; se somos infiéis, Ele permanece fiel, pois de maneira nenhuma pode negar-se a Si mesmo”. (2 Tm 2:12-13)


***
Fonte: Jornal Sal da Terra (julho/08) vi em Missões Chama Viva


Teologia 1412861047496101806

Postar um comentário

  1. Olá Varão, que o Senhor o continue usando através deste rico espaço para fazer chegar ao coração e conhecimentos de todos os teus seguidores (e aqui também já estou eu) e também à aqueles que sempre passam e ainda que tudo vêem, nada comentam, a verdadeira vontade do Senhor.

    ResponderExcluir
  2. PAZ DO SENHOR!

    AMEI O SITE.. AMEI SUA PAGINA PARABÉNS

    AMEI O TEXTO REALMENTE ANUNCIAR O REINO DE DEUS NÃO É FÁCIL MAS É ALGO QUE NOS TRARÁ COISAS MAIORES FUTURAMENTE COMO A VIDA ETERNA.. PARABÉNS DEUS ABENÇOE!

    ResponderExcluir
  3. Assim eu creio! Em fim evangelho de verdade na internet. Parabéns pelo post. http://luzparaseudia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Enquanto isso, na sala da injustiça...

    Falsos apóstolos, falsos mestres, falsos doutores e falsos profetas estão a dizer que o sofrimento não é coisa para um filho de Deus experimentar. Bem, se isso for levado a sério... eles estão efetivamente negando que Jesus é o Filho de Deus.

    Enquanto Paulo ensinou que se participarmos da cruz de Cristo (através aniquiliação do ego — não mais vivo eu, Cristo vive em mim — sofrimentos, humilhações, perseguições etc, tudo por causa do nome e do evangelho de Jesus) seremos participantes da sua glória, e reinaremos com ele. Essa corja, que anda deturpando o evangelho, ensina que o sofrimento fica para os filhos da perdição, e que nós não só estamos isentos dele como também já temos aqui nossa glória e já podemos reinar...

    Eu ainda prefiro tomar a minha cruz a cada dia e seguir o Mestre.

    Que Deus tenha misericórdia de nós.

    Que a graça e paz do Senhor Jesus sejam abundantes sobre a vida de vocês.

    ResponderExcluir
  5. Eu sabia que SER CRISTÃO não era fácil, mas não pensei que fosse completamente impossível.

    Como é possível alguém conhecer o evangelho da salvação do Senhor JESUS e sair vendendo indulgências a sete reais, ou Bíblias para enriquecimento a novecentos reais?

    Como é possível alguém receber JESUS como Senhor e Salvador e só abrir a boca para falar de demônios?

    Como é possível JESUS ser o autor e consumador da FÉ e milhares de pessoas fazerem pedidos para serem queimados na fogueira santa de Israel?

    Como é possível esperar JESUS voltar habitando em palácios, tomando banho de piscina de água mineral, enquanto há tanta gente que não tem onde morar, nem água para beber?

    Para mim, Gláucia, é impossível ser crente; e até os demônios são, e o inferno se abala.

    ResponderExcluir
  6. Pensei que era só frequentar as correntes e pagar 10% todo mês...
    Acho que assim não quero nada com esse jesus não!!

    ResponderExcluir
  7. Às vezes eu fico até meio triste em ver que a minha vida anda até tranquila demais. Ao ver esses verdadeiros homens de Deus, me dá uma certa preocupação, pois estou longe de morrer por causa do evangelho onde vivo.

    E não podemos dizer que isso só acontecia no início da igreja, mas até poucos anos, temos conhecimento de heróis da fé que deram a vida pelo evangelho e morreram (literalmente) pelo Senhor.

    ResponderExcluir
  8. (Paulo - não era apóstolo, oficialmente, foi considerado apóstolo dos gentios por causa da sua grande obra missionária nos países gentílicos. Foi decapitado em Roma por ordem de Nero).

    PAULO não era apostolo oficial de quem???
    Foi considerado apostolo dos gentios por quem???
    Obra missionaria???



    ResponderExcluir
  9. Excelente texto. Só pra incrementar, uma definição de apóstolo do Dr Russell Shedd: "Apóstolo é todo aquele comissionado diretamnte por Jesus. Paulo entra nessa lista por seu encontro com o Senhor no caminho de Damasco". Esses que se autointitulam apóstolos são tão fakes quanto seu evangelho podero$o.

    ResponderExcluir
  10. Desculpe, mas um texto como este só tem valor se for escrito por um cristão que viveu em um país perseguido, senão são palavras jogadas ao vento... É a mesma coisa que um alcoólatra dizer para outros que beber faz mal e que eles devem para, mas continuar a ir ao bar, entende o paralelo? É difícil engolir um texto desse de alguém que escreveu confortavelmente em sua cadeira almofadada de escritório... Tente colocar mais coisas de sua própria vivência como cristão. E se esse tipo de coisa fala muito ao seu coração, tente juntar uma grana e passar um tempo em um país perseguido. (Não sei, só uma dica). Abraços.

    ResponderExcluir

ATENÇÃO: Comente usando a sua conta Google ou use a outra aba e comente com o perfil do Facebook

emo-but-icon

Página inicial item