681818171876702
Loading...

Estudo liga preconceito a pessoas de baixo QI

Fundamentalistas religiosos, neo nazistas e outros grupos - Estudo aponta que estes teriam QI Baixo.


O estudo revela que crianças com baixo QI estão mais dispostas a realizar atitudes preconceituosas quando se tornarem adultas


Diogo Max


São Paulo - Um estudo feito pela Universidade de Ontario, no Canadá, parece ser bastante provocador. A pesquisa chegou à conclusão de que pessoas menos inteligentes - sim, isso é um eufemismo - são mais conservadoras, preconceituosas e racistas.

O estudo revela que crianças com baixo QI estão mais dispostas a realizar atitudes preconceituosas quando se tornarem adultas. A pesquisa foi publicada na revista Psychological Science.

A descoberta aponta para um ciclo vicioso, em que esses adultos com pouca inteligência ‘orbitam’ em torno de ideologias socialmente conservadoras, resistentes à mudança e que, por sua vez, geram o preconceito.

As pessoas menos inteligentes seriam atraídas por ideologias conservadoras, segundo o estudo, porque oferecem ‘estrutura e ordem’, o que dá um certo ‘conforto’ para entender um mundo cada vez mais complicado.

"Infelizmente, muitos desses recursos também podem contribuir para o preconceito", disse Gordon Hodson, pesquisador chefe do estudo, ao site Live Science.

Ele salientou ainda que, apesar da conclusão, o resultado não significa que todos os liberais são ‘brilhantes’ e nem que todos os conservadores são ‘estúpidos’. A pesquisa é um estudo de médias de grandes grupos, disse Gordon Hodson.








 

política 981545997412915991

Postar um comentário

  1. Na verdade, não é o primeiro estudo a esse respeito. Mas o resultado confirma estudos anteriores.
    No Brasil não é diferente. Basta acompanhar as declarações e práticas de racismo, homofobia,intolerância às outras religiões, violência contra a mulher. Absurdos que alguns fundamentam na Palavra de Deus e se sentem ofendidos quando são contestados.

    ResponderExcluir
  2. Na verdade, não é o primeiro estudo a esse respeito. Mas o resultado confirma estudos anteriores.
    No Brasil não é diferente. Basta acompanhar as declarações e práticas de racismo, homofobia,intolerância às outras religiões, violência contra a mulher. Absurdos que alguns fundamentam na Palavra de Deus e se sentem ofendidos quando são contestados.

    ResponderExcluir

ATENÇÃO: Comente usando a sua conta Google ou use a outra aba e comente com o perfil do Facebook

emo-but-icon

Página inicial item